O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Aqui fica um mega-hit dos anos 80, "Enola Gay", dos Orchestral Manoeuvres in the Dark, também conhecidos como OMD. 
O grupo foi formado em 1978, por Andy McCluskey e Paul Humphreys, até 1989, quando se separaram. No entanto, McCluskey manteve o nome da banda e continuou a gravar com novos músicos. 
"Enola Gay" pertence ao segundo álbum da banda Organisation, de 1980.

A música tem este nome devido ao avião que bombardeou Hiroshima, com a 1ª bomba atómica a ser usada numa guerra, terminando a 2ª Guerra Mundial, em 1945. 
A letra da música ataca a decisão de ter sido usada a bomba e sugere que o bombardeamento era desnecessário.
PUBLICADO digitalblueradio às 15:59 | LINK DO POST
tags:
Aqui fica um mega-hit dos anos 80, "Enola Gay", dos Orchestral Manoeuvres in the Dark, também conhecidos como OMD. 
O grupo foi formado em 1978, por Andy McCluskey e Paul Humphreys, até 1989, quando se separaram. No entanto, McCluskey manteve o nome da banda e continuou a gravar com novos músicos. 
"Enola Gay" pertence ao segundo álbum da banda Organisation, de 1980.

A música tem este nome devido ao avião que bombardeou Hiroshima, com a 1ª bomba atómica a ser usada numa guerra, terminando a 2ª Guerra Mundial, em 1945. 
A letra da música ataca a decisão de ter sido usada a bomba e sugere que o bombardeamento era desnecessário.
PUBLICADO digitalblueradio às 15:59 | LINK DO POST
tags:
Aqui fica um mega-hit dos anos 80, "Enola Gay", dos Orchestral Manoeuvres in the Dark, também conhecidos como OMD. 
O grupo foi formado em 1978, por Andy McCluskey e Paul Humphreys, até 1989, quando se separaram. No entanto, McCluskey manteve o nome da banda e continuou a gravar com novos músicos. 
"Enola Gay" pertence ao segundo álbum da banda Organisation, de 1980.

A música tem este nome devido ao avião que bombardeou Hiroshima, com a 1ª bomba atómica a ser usada numa guerra, terminando a 2ª Guerra Mundial, em 1945. 
A letra da música ataca a decisão de ter sido usada a bomba e sugere que o bombardeamento era desnecessário.
PUBLICADO digitalblueradio às 15:59 | LINK DO POST
tags:
Clemente nasceu em Setúbal a 25 de Maio de 1955, com o rio Sado aos pés, o verde da Serra da Arrábida e o azul do Oceano Atlântico no horizonte. Aos quinze anos desponta para a carreira musical, em meados dos anos 70, primeiro como vocalista do grupo de baile "Antecipação" e logo de seguida encetando uma carreira a solo. 
O seu primeiro disco a solo, lançado em 1973, foi um Ep com 4 versões: "Céu"("Ciel" de Gil Chazal), "Hello Amor" ("Hello, my love" de Theo Van Es, "Meu Bom Jesus" ("Petit Jesus") de J.Renard e Claude François e "Escuta-me" ("Escuchame") de T. Martinez.
Em 1974 lança "Portugal “Fado Tropical”
Em 1975 surge "Á porta do Sol"
Em 1976 lança "C’est un Depart" e um ano depois "Quero", em 1978 lança mais dois EP´s "A ave e a Criança" e "Minha mãe,  Minha mãe", já em 1979 saí para o mercado "A-ba-ni-bi". A década de 1980 traz-lhe os maiores sucessos, algumas das canções do seu repertório estão ainda na memória e nos ouvidos de todos: “Vais Partir” “Canção dos teus cabelos” “Marinheiro” “Amore Mio” “Bolero” “Colmeia do Amor” e muitas outras...
Em 1981 Clemente descontente com o rumo da sua carreira, decide mudar de editora e de produtor, colaborando com o radialista António Sala. Desta nova parceria nasce o tema "Vais Partir"

Ainda em parceria com António Sala edita "Balada dos Caçadores no mesmo ano e em 1982 surge outro sucesso " Canção dos teus Cabelos". No ano seguinte surge "Noites de Praia" e outro dos seus temas de sucesso "Amore Mio"

Em 1984 lança "Cartas de Amor" e "Quem Pensa em Ti", no ano seguinte "A Vida á Minha Frente" e em 1986 lança o tema "Marinheiro". "Fantasia" surge em 1987 e em 1989 "Canção de Recordar". Já na década de 1990 surge um álbum que reune alguns dos seus êxitos "CLEMENTE".
Em 1992 surge o álbum "Juntos Outra Vez" e no ano seguinte volta a fazer uma recolha dos seus temas de sucesso, em 1994 saí "Frente ao Mar".
Em 1995 "Romântico", um ano depois "Pelo meu Caminho" e em 1997 "Os Maiores Êxitos".
Ainda em 1997 lança "Vais Partir" e em 1998 nova colectânea de êxitos, um ano depois surge "Cantigas que o Povo fez" e no ano seguinte "É o Amor, Amor". Já estamos no novo milénio e Clemente lança " Nostalgia", em 2003 "Se Deus não Existisse", já em 2005 "Clemente 30 Anos"
No ano 2008 saí "Concerto Ligeiro" e a comemorar 35 anos de carreira lança "Sinto Amor no Ar" onde aparece um dueto com Alexandra ("Tu, Só Tu").
PUBLICADO digitalblueradio às 13:17 | LINK DO POST
Clemente nasceu em Setúbal a 25 de Maio de 1955, com o rio Sado aos pés, o verde da Serra da Arrábida e o azul do Oceano Atlântico no horizonte. Aos quinze anos desponta para a carreira musical, em meados dos anos 70, primeiro como vocalista do grupo de baile "Antecipação" e logo de seguida encetando uma carreira a solo. 
O seu primeiro disco a solo, lançado em 1973, foi um Ep com 4 versões: "Céu"("Ciel" de Gil Chazal), "Hello Amor" ("Hello, my love" de Theo Van Es, "Meu Bom Jesus" ("Petit Jesus") de J.Renard e Claude François e "Escuta-me" ("Escuchame") de T. Martinez.
Em 1974 lança "Portugal “Fado Tropical”
Em 1975 surge "Á porta do Sol"
Em 1976 lança "C’est un Depart" e um ano depois "Quero", em 1978 lança mais dois EP´s "A ave e a Criança" e "Minha mãe,  Minha mãe", já em 1979 saí para o mercado "A-ba-ni-bi". A década de 1980 traz-lhe os maiores sucessos, algumas das canções do seu repertório estão ainda na memória e nos ouvidos de todos: “Vais Partir” “Canção dos teus cabelos” “Marinheiro” “Amore Mio” “Bolero” “Colmeia do Amor” e muitas outras...
Em 1981 Clemente descontente com o rumo da sua carreira, decide mudar de editora e de produtor, colaborando com o radialista António Sala. Desta nova parceria nasce o tema "Vais Partir"

Ainda em parceria com António Sala edita "Balada dos Caçadores no mesmo ano e em 1982 surge outro sucesso " Canção dos teus Cabelos". No ano seguinte surge "Noites de Praia" e outro dos seus temas de sucesso "Amore Mio"

Em 1984 lança "Cartas de Amor" e "Quem Pensa em Ti", no ano seguinte "A Vida á Minha Frente" e em 1986 lança o tema "Marinheiro". "Fantasia" surge em 1987 e em 1989 "Canção de Recordar". Já na década de 1990 surge um álbum que reune alguns dos seus êxitos "CLEMENTE".
Em 1992 surge o álbum "Juntos Outra Vez" e no ano seguinte volta a fazer uma recolha dos seus temas de sucesso, em 1994 saí "Frente ao Mar".
Em 1995 "Romântico", um ano depois "Pelo meu Caminho" e em 1997 "Os Maiores Êxitos".
Ainda em 1997 lança "Vais Partir" e em 1998 nova colectânea de êxitos, um ano depois surge "Cantigas que o Povo fez" e no ano seguinte "É o Amor, Amor". Já estamos no novo milénio e Clemente lança " Nostalgia", em 2003 "Se Deus não Existisse", já em 2005 "Clemente 30 Anos"
No ano 2008 saí "Concerto Ligeiro" e a comemorar 35 anos de carreira lança "Sinto Amor no Ar" onde aparece um dueto com Alexandra ("Tu, Só Tu").
PUBLICADO digitalblueradio às 13:17 | LINK DO POST
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs