O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Aviões do Forró 2011
1. ABERTURA
2. DÁ BEIJINHO QUE PASSA
3. PEGADINHA DO INGLÊS
4. BOATE DO AVIÃO
5. DA ÁGUA PRO VINHO
6. DEITA NA BR
7. CORRA CORRA
8. MULHER NÃO TRAI, MULHER SE VINGA
9. PEQUENO CELULAR
10. NOVO NAMORADO
11. SE NÃO VALORIZAR (UMBRELLA)
12. POT-POURRI: PÁGINA VIRADA / JEITO DE AMAR (JÁ TOMEI PORRES POR VOCÊ)
13. POT-POURRI - Part. Esp.: Dorgival Dantas: PAIXÃO ERRADA / DESTA / VALEU
14. 'D' DA DISTÂNCIA
15. SEM FRONTEIRAS
16. CHOVER CANIVETE - Part. Esp.: Ivete Sangalo
17. SINTONIA E DESEJO - Part. Esp.: Ivete Sangalo
18. AGORA CHORA
19. ALTA ESTAÇÃO
20. SE LIVRA DELA
21. NOSSA HISTÓRIA
22. HISTÓRIA DE AMOR
23. PRIMEIRO PASSO
24. O LANCE
25. SE DEU MAL
26. CHUPA QUE É DE UVA
27. PEGA E NÃO SE APEGA
28. COMENDO ÁGUA (ALÔ, TÔ NO BAR)
29. WE ARE THE WORLD OF CARNAVAL
PUBLICADO digitalblueradio às 16:10 | LINK DO POST
tags:
Aviões do Forró 2011
1. ABERTURA
2. DÁ BEIJINHO QUE PASSA
3. PEGADINHA DO INGLÊS
4. BOATE DO AVIÃO
5. DA ÁGUA PRO VINHO
6. DEITA NA BR
7. CORRA CORRA
8. MULHER NÃO TRAI, MULHER SE VINGA
9. PEQUENO CELULAR
10. NOVO NAMORADO
11. SE NÃO VALORIZAR (UMBRELLA)
12. POT-POURRI: PÁGINA VIRADA / JEITO DE AMAR (JÁ TOMEI PORRES POR VOCÊ)
13. POT-POURRI - Part. Esp.: Dorgival Dantas: PAIXÃO ERRADA / DESTA / VALEU
14. 'D' DA DISTÂNCIA
15. SEM FRONTEIRAS
16. CHOVER CANIVETE - Part. Esp.: Ivete Sangalo
17. SINTONIA E DESEJO - Part. Esp.: Ivete Sangalo
18. AGORA CHORA
19. ALTA ESTAÇÃO
20. SE LIVRA DELA
21. NOSSA HISTÓRIA
22. HISTÓRIA DE AMOR
23. PRIMEIRO PASSO
24. O LANCE
25. SE DEU MAL
26. CHUPA QUE É DE UVA
27. PEGA E NÃO SE APEGA
28. COMENDO ÁGUA (ALÔ, TÔ NO BAR)
29. WE ARE THE WORLD OF CARNAVAL
PUBLICADO digitalblueradio às 16:10 | LINK DO POST
tags:
Aviões do Forró 2011
1. ABERTURA
2. DÁ BEIJINHO QUE PASSA
3. PEGADINHA DO INGLÊS
4. BOATE DO AVIÃO
5. DA ÁGUA PRO VINHO
6. DEITA NA BR
7. CORRA CORRA
8. MULHER NÃO TRAI, MULHER SE VINGA
9. PEQUENO CELULAR
10. NOVO NAMORADO
11. SE NÃO VALORIZAR (UMBRELLA)
12. POT-POURRI: PÁGINA VIRADA / JEITO DE AMAR (JÁ TOMEI PORRES POR VOCÊ)
13. POT-POURRI - Part. Esp.: Dorgival Dantas: PAIXÃO ERRADA / DESTA / VALEU
14. 'D' DA DISTÂNCIA
15. SEM FRONTEIRAS
16. CHOVER CANIVETE - Part. Esp.: Ivete Sangalo
17. SINTONIA E DESEJO - Part. Esp.: Ivete Sangalo
18. AGORA CHORA
19. ALTA ESTAÇÃO
20. SE LIVRA DELA
21. NOSSA HISTÓRIA
22. HISTÓRIA DE AMOR
23. PRIMEIRO PASSO
24. O LANCE
25. SE DEU MAL
26. CHUPA QUE É DE UVA
27. PEGA E NÃO SE APEGA
28. COMENDO ÁGUA (ALÔ, TÔ NO BAR)
29. WE ARE THE WORLD OF CARNAVAL
PUBLICADO digitalblueradio às 16:10 | LINK DO POST
tags:
Humphrey DeForest Bogart, actor de cinema e de teatro norte-americano, morreu em Los Angeles no dia 14 de Janeiro de 1957, vítima de doença oncológica. Nasceu em Nova Iorque a 25 de Dezembro de 1899. Entre os seus melhores filmes estão “Relíquia Macabra”, “O Tesouro de Sierra Madre” e “Casablanca”.
Bogart alistou-se na Marinha na altura da Primeira Guerra Mundial, em 1918, o seu barco foi atacado por submarinos e um fragmento de madeira rasgou-lhe a boca, deixando-lhe uma cicatriz e afectando o seu modo de falar para o resto da vida.
Começou a sua carreira de actor nos palcos de Brooklyn em 1921, sem nunca ter tido aulas de teatro. Só entre 1922 e 1925, participou em mais de vinte produções na Broadway.
Humphrey Bogart começou a actuar no cinema na década de 1930, sobretudo em filmes de gangsters, de polícias e de ladrões. O seu primeiro filme romântico foi “Casablanca”.
"Casablanca" foi lançado em 1942, foi considerado o melhor filme do ano e é um dos maiores clássicos do cinema mundial. Neste filme Bogart contracenou com Ingrid Bergman, ao longo da sua carreira contracenpu ao lado de grandes nomes do cinema como Katharine Hepburn, Audrey Hepburn e Ava Gardner, tem uma estrela no célebre "Passeio da Fama" em Hollywood. 
Bogart teve quatro casamentos, o último e o mais feliz com Lauren Bacall, 25 anos mais nova do que ele. Em 1951 ganhou o Oscar de “Melhor Actor”. “Casablanca” é correntemente indicado como um dos cinco melhores filmes da história do cinema. Bogart bebia e fumava muito, tendo contraído a terrível doença no esófago, nos anos 1950. Em 1956 ainda foi operado, mas era já tarde demais.
PUBLICADO digitalblueradio às 13:09 | LINK DO POST
tags:
António Manuel Sala Mira Gomes nasceu em Vilar de Andorinho, Vila Nova de Gaia a 14 de janeiro de 1949. Veio viver para Lisboa aos dez anos e entrou para a rádio em 1966. Tendo-se estreado aos microfones dos Emissores Associados de Lisboa, onde também era sonorizador e técnico de som, candidatou-se a um concurso da "Rádio Ribatejo", onde veio a apresentar o programa "Caravana das Cinco".
António exerceu diversas atividades ao longo da sua vida, nomeadamente as de cantor, produtor e compositor musical, jornalista, realizador de rádio, apresentador de televisão e vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica. Sala cantou em coros de igreja e forma os seus primeiros grupos, primeiro "Os Fachos", depois "Argonautas". Torna-se locutor profissional nos Emissores Associados de Lisboa, onde apresentou o programa da manhã com Paulo Medeiros e Carlos Pereira da Silva. Quando foi chamado a cumprir o serviço militar, também o fez como radialista, no programa "Alerta Está", da Região Militar de Lisboa.
É como cantor que surgirá na televisão, no "Canal 13", de Mário Dias Ramos. A carreira dos "Maranata", agrupamento saído de um coro de igreja, inicia-se em 1971. A sua estreia como apresentador de TV, em 1972, acontece com "Música Maestro", após o 25 de Abril, grava o primeiro disco a solo, "Recados de Telex". Em 1978 apresenta o concurso "Ou vai ou taxa", na RTP1. 
Transfere-se para a Rádio Renascença em 1979, onde obtém sucesso no programa matinal "Despertar" da Rádio Renascença, que esteve no ar 18 anos . O programa durante muito tempo foi apresentado a meias com Olga Cardoso. Algumas emissões tornaram-se históricas, como as realizadas em Viena (Áustria), Estugarda (Alemanha), Sevilha (Espanha), Macau e Expo'98 (Lisboa), ou a bordo de aviões, barcos e submarinos. Mas a atividade de António Sala não se limitava à rádio e Sala compôs a música "Zé Brasileiro Português de Braga", em parceria com Vasco Lima Couto, que foi interpretada por Alexandra no "Festival da Canção" da RTP e interpreta com esta um dueto, no Festival RTP da Canção de 1980. No mesmo ano publica "Dicionário de Anedotas".
Em 1983 junta-se a Carlos Paião e Luís Arriaga e protagoniza "O Foguete" na RTP1.
Lança "Anedotas de Sala" em 1984. Nesse ano regressa ao Festival RTP da Canção com "Uma Canção Amiga"
Em 1985 lança com o seu filho Miguel o disco "Parabéns a Você". Em 1989 lança "Microfone e Voz", dedicado a Carlos Paião. Em 1990 começa a apresentar, na RTP2, o concurso "Palavra Puxa Palavra". A partir de 1992 assume o cargo de director de programas da Rádio Renascença, em simultâneo com a apresentação do "Despertar". Em 1993 apresenta o programa "Você Decide" e a nova versão do concurso "1,2,3". Ainda na RTP apresenta, em 1995, o concurso "Quem é o quê?". Em 1996 comemora trinta anos de carreira, com a edição de um disco.
António Sala experimentou, em 1995 e 1996, uma outra atividade, a de professor nas áreas de Jornalismo e Comunicação Social e Cultural na Universidade Católica de Lisboa. Também em 1996, ainda regressou à escrita, mas desta vez para publicar um livro de poesia intitulado "Palavras Despidas de Música". Na ficção, apresentou o romance "Império de Brandos Costumes". Entre 1997 e 2000, ainda desempenhou o cargo de vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica.
António Sala o "Comunicador"
PUBLICADO digitalblueradio às 13:09 | LINK DO POST
António Manuel Sala Mira Gomes nasceu em Vilar de Andorinho, Vila Nova de Gaia a 14 de janeiro de 1949. Veio viver para Lisboa aos dez anos e entrou para a rádio em 1966. Tendo-se estreado aos microfones dos Emissores Associados de Lisboa, onde também era sonorizador e técnico de som, candidatou-se a um concurso da "Rádio Ribatejo", onde veio a apresentar o programa "Caravana das Cinco".
António exerceu diversas atividades ao longo da sua vida, nomeadamente as de cantor, produtor e compositor musical, jornalista, realizador de rádio, apresentador de televisão e vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica. Sala cantou em coros de igreja e forma os seus primeiros grupos, primeiro "Os Fachos", depois "Argonautas". Torna-se locutor profissional nos Emissores Associados de Lisboa, onde apresentou o programa da manhã com Paulo Medeiros e Carlos Pereira da Silva. Quando foi chamado a cumprir o serviço militar, também o fez como radialista, no programa "Alerta Está", da Região Militar de Lisboa.
É como cantor que surgirá na televisão, no "Canal 13", de Mário Dias Ramos. A carreira dos "Maranata", agrupamento saído de um coro de igreja, inicia-se em 1971. A sua estreia como apresentador de TV, em 1972, acontece com "Música Maestro", após o 25 de Abril, grava o primeiro disco a solo, "Recados de Telex". Em 1978 apresenta o concurso "Ou vai ou taxa", na RTP1. 
Transfere-se para a Rádio Renascença em 1979, onde obtém sucesso no programa matinal "Despertar" da Rádio Renascença, que esteve no ar 18 anos . O programa durante muito tempo foi apresentado a meias com Olga Cardoso. Algumas emissões tornaram-se históricas, como as realizadas em Viena (Áustria), Estugarda (Alemanha), Sevilha (Espanha), Macau e Expo'98 (Lisboa), ou a bordo de aviões, barcos e submarinos. Mas a atividade de António Sala não se limitava à rádio e Sala compôs a música "Zé Brasileiro Português de Braga", em parceria com Vasco Lima Couto, que foi interpretada por Alexandra no "Festival da Canção" da RTP e interpreta com esta um dueto, no Festival RTP da Canção de 1980. No mesmo ano publica "Dicionário de Anedotas".
Em 1983 junta-se a Carlos Paião e Luís Arriaga e protagoniza "O Foguete" na RTP1.
Lança "Anedotas de Sala" em 1984. Nesse ano regressa ao Festival RTP da Canção com "Uma Canção Amiga"
Em 1985 lança com o seu filho Miguel o disco "Parabéns a Você". Em 1989 lança "Microfone e Voz", dedicado a Carlos Paião. Em 1990 começa a apresentar, na RTP2, o concurso "Palavra Puxa Palavra". A partir de 1992 assume o cargo de director de programas da Rádio Renascença, em simultâneo com a apresentação do "Despertar". Em 1993 apresenta o programa "Você Decide" e a nova versão do concurso "1,2,3". Ainda na RTP apresenta, em 1995, o concurso "Quem é o quê?". Em 1996 comemora trinta anos de carreira, com a edição de um disco.
António Sala experimentou, em 1995 e 1996, uma outra atividade, a de professor nas áreas de Jornalismo e Comunicação Social e Cultural na Universidade Católica de Lisboa. Também em 1996, ainda regressou à escrita, mas desta vez para publicar um livro de poesia intitulado "Palavras Despidas de Música". Na ficção, apresentou o romance "Império de Brandos Costumes". Entre 1997 e 2000, ainda desempenhou o cargo de vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica.
António Sala o "Comunicador"
PUBLICADO digitalblueradio às 13:09 | LINK DO POST
António Manuel Sala Mira Gomes nasceu em Vilar de Andorinho, Vila Nova de Gaia a 14 de janeiro de 1949. Veio viver para Lisboa aos dez anos e entrou para a rádio em 1966. Tendo-se estreado aos microfones dos Emissores Associados de Lisboa, onde também era sonorizador e técnico de som, candidatou-se a um concurso da "Rádio Ribatejo", onde veio a apresentar o programa "Caravana das Cinco".
António exerceu diversas atividades ao longo da sua vida, nomeadamente as de cantor, produtor e compositor musical, jornalista, realizador de rádio, apresentador de televisão e vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica. Sala cantou em coros de igreja e forma os seus primeiros grupos, primeiro "Os Fachos", depois "Argonautas". Torna-se locutor profissional nos Emissores Associados de Lisboa, onde apresentou o programa da manhã com Paulo Medeiros e Carlos Pereira da Silva. Quando foi chamado a cumprir o serviço militar, também o fez como radialista, no programa "Alerta Está", da Região Militar de Lisboa.
É como cantor que surgirá na televisão, no "Canal 13", de Mário Dias Ramos. A carreira dos "Maranata", agrupamento saído de um coro de igreja, inicia-se em 1971. A sua estreia como apresentador de TV, em 1972, acontece com "Música Maestro", após o 25 de Abril, grava o primeiro disco a solo, "Recados de Telex". Em 1978 apresenta o concurso "Ou vai ou taxa", na RTP1. 
Transfere-se para a Rádio Renascença em 1979, onde obtém sucesso no programa matinal "Despertar" da Rádio Renascença, que esteve no ar 18 anos . O programa durante muito tempo foi apresentado a meias com Olga Cardoso. Algumas emissões tornaram-se históricas, como as realizadas em Viena (Áustria), Estugarda (Alemanha), Sevilha (Espanha), Macau e Expo'98 (Lisboa), ou a bordo de aviões, barcos e submarinos. Mas a atividade de António Sala não se limitava à rádio e Sala compôs a música "Zé Brasileiro Português de Braga", em parceria com Vasco Lima Couto, que foi interpretada por Alexandra no "Festival da Canção" da RTP e interpreta com esta um dueto, no Festival RTP da Canção de 1980. No mesmo ano publica "Dicionário de Anedotas".
Em 1983 junta-se a Carlos Paião e Luís Arriaga e protagoniza "O Foguete" na RTP1.
Lança "Anedotas de Sala" em 1984. Nesse ano regressa ao Festival RTP da Canção com "Uma Canção Amiga"
Em 1985 lança com o seu filho Miguel o disco "Parabéns a Você". Em 1989 lança "Microfone e Voz", dedicado a Carlos Paião. Em 1990 começa a apresentar, na RTP2, o concurso "Palavra Puxa Palavra". A partir de 1992 assume o cargo de director de programas da Rádio Renascença, em simultâneo com a apresentação do "Despertar". Em 1993 apresenta o programa "Você Decide" e a nova versão do concurso "1,2,3". Ainda na RTP apresenta, em 1995, o concurso "Quem é o quê?". Em 1996 comemora trinta anos de carreira, com a edição de um disco.
António Sala experimentou, em 1995 e 1996, uma outra atividade, a de professor nas áreas de Jornalismo e Comunicação Social e Cultural na Universidade Católica de Lisboa. Também em 1996, ainda regressou à escrita, mas desta vez para publicar um livro de poesia intitulado "Palavras Despidas de Música". Na ficção, apresentou o romance "Império de Brandos Costumes". Entre 1997 e 2000, ainda desempenhou o cargo de vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica.
António Sala o "Comunicador"
PUBLICADO digitalblueradio às 13:09 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs