O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
A vida está dificil, e temos o habito de nos queixar do que ela nos dá, nascemos, aprendemos a gatinhar, damos os primeiros passos, começamos a andar, a escolher os nossos caminhos, enfrentamos por vezes momentos complicados. A vida tem encruzilhadas, prega-nos partidas e temos de saber viver a vida da melhor maneira. Queixamo-nos da vida que temos e não nos lembramos que por mais complicada que seja a nossa, existe sempre alguém que a têm mais complicada ainda. Mas temos também uma expressão que habitualmente usamos "Com a vida dos outros posso eu bem". Há no entanto histórias de vida que emocionam e que são grandes exemplos de coragem no meio das lutas e dificuldades que muitos passam acreditando que um dia vencerão pela firmeza e serenidade que desenvolvem na sua luta por uma vida melhor. O exemplo que vos vou deixar é o de um jovem coreano de 22 anos, Choi Sung-Bong, foi abandonado pelos pais num orfanato aos 3 anos e desde os 5 que vive nas ruas depois de ter fugido da instituição por ser maltratado.
Para sobreviver vendia chicletes e bebidas nas ruas e dormia ao relento em escadas e sanitários públicos, vivendo “como um insecto”, como explica na presença dos jurados do "Korea´s Got Talent" onde cantou e encantou desprendendo lágrimas de emoção a todos que estavam presentes e aos membros do próprio juri que ouviam extasiados a sua voz apesar dele dizer que não era um bom cantor mas gostava de cantar.
Vale a pena conhecer esta história como uma grande lição que nos faz acreditar que ainda é possivel mudar o mundo e acreditar no amanhã.
PUBLICADO digitalblueradio às 13:39 | LINK DO POST
tags:
A vida está dificil, e temos o habito de nos queixar do que ela nos dá, nascemos, aprendemos a gatinhar, damos os primeiros passos, começamos a andar, a escolher os nossos caminhos, enfrentamos por vezes momentos complicados. A vida tem encruzilhadas, prega-nos partidas e temos de saber viver a vida da melhor maneira. Queixamo-nos da vida que temos e não nos lembramos que por mais complicada que seja a nossa, existe sempre alguém que a têm mais complicada ainda. Mas temos também uma expressão que habitualmente usamos "Com a vida dos outros posso eu bem". Há no entanto histórias de vida que emocionam e que são grandes exemplos de coragem no meio das lutas e dificuldades que muitos passam acreditando que um dia vencerão pela firmeza e serenidade que desenvolvem na sua luta por uma vida melhor. O exemplo que vos vou deixar é o de um jovem coreano de 22 anos, Choi Sung-Bong, foi abandonado pelos pais num orfanato aos 3 anos e desde os 5 que vive nas ruas depois de ter fugido da instituição por ser maltratado.
Para sobreviver vendia chicletes e bebidas nas ruas e dormia ao relento em escadas e sanitários públicos, vivendo “como um insecto”, como explica na presença dos jurados do "Korea´s Got Talent" onde cantou e encantou desprendendo lágrimas de emoção a todos que estavam presentes e aos membros do próprio juri que ouviam extasiados a sua voz apesar dele dizer que não era um bom cantor mas gostava de cantar.
Vale a pena conhecer esta história como uma grande lição que nos faz acreditar que ainda é possivel mudar o mundo e acreditar no amanhã.
PUBLICADO digitalblueradio às 13:39 | LINK DO POST
tags:
Maria Fernanda Pereira de Sousa nasceu em Lisboa a 11 de Novembro de 1959, de seu nome artístico Ágata.
Aos catorze anos gravou aquele que foi o seu primeiro trabalho discográfico intitulado "Heróis Trabalhadores". Em 1974 gravou o disco "Já não estou sozinha". Tinha apenas 17 anos quando integrou a formação das "Cocktail" com quem grava vários discos.
Conjuntamente com Tozé Brito, empresta a sua voz ao tema da série "Abelha Maia". Em 1979 gravou o tema "Caso Meu" da telenovela brasileira "Dona Xepa" e interpretou em dueto com Art Sullivan o tema "L'amour à la Française".
Participou no Festival RTP da Canção em 1982, com o tema "Vai mas Vem" e fez espectáculos com as "Doce", onde permaneceu até à extinção do grupo.
Video com imagens de ágata desde menina

Em 1986 é editado o single "Quentinha e boa", e cerca de um ano depois "Amor Latino", seguindo-se "Louca por ti".

Mudou de nome artístico para Ágata. Nesse ano, verificou-se também a mudança de editora e, com a colaboração de Ricardo Landum, gravou o álbum “Perfume de Mulher”
Em 1995 seguiram-se mais alguns sucessos como “Maldito Amor”, “Tudo foi por ciúme”, “Mãe Solteira”, “Foi Contigo” e “Desgostos de Amor”.
Entretanto entraria numa nova etapa da sua vida, uma faceta mais romântica e harmoniosa, com a edição de “Escrito no Céu”, onde se destacam os temas “Comunhão de Bens”, “Não mereço tanta dor” e “Quando as luzes se apagarem”.
Em 1998 iniciou-se um novo capítulo na história e carreira de Ágata, com o nascimento do seu 2º filho (Francisco) a quem dedicou uma música no álbum que nesse ano edita “De hoje em diante”.
Em 2000, “Sozinha” deu nome a um novo trabalho, cujas letras falam de relações acabadas, desilusões e mágoas. Numa retrospectiva da sua carreira, surgiu nos escaparates musicais em 2001 o álbum “20 anos”. Em 2002 é editado "Viver a Dois".
Em 2004 apresenta um álbum duplo e em 2005 surge um novo trabalho, intitulado de “Abençoada”, seguindo-se "Sentimentos" em 2006.  Em 2007 traz ao público português um álbum cheio de emoções , "Anos Luz", com êxitos desde "Juro e Jurarei" e o tema "Anjinhos Inocentes".
Em 2009 Ágata volta, com o álbum "Promessas". Já em 2009 sai o álbum "Romântico" e em 2011 "Ainda te Amo".
Ao longo da sua carreira Ágata primou por levar ao seu publico temas particularmente cheios de emoção. Participou também em vários projectos conjuntos e trouxe ao publico portugues outras vozes "apadrinhadas" por si.

Ágata "Orações Peregrinos de Fátima" 1997
Discografia
     1995- Perfume de Mulher
1995 - Maldito Amor
1995 - Escrito no Céu
Ágata "Mae Solteira"1995

1998 - De Hoje em Diante
2000 - Sozinha
2001 - 20 Anos (Compilação)

Ágata - Loucura e Veneno

2002 - Viver a dois
2004 - O Meu Pequeno Fado
2005 - Abençoada
2005 - Romântico (Compilação)
Ágata - Sozinha 2000


2006 - Sentimentos
2007 - Anos de Luz
2009 - Promessas
Ágata - Abandonada 1997
2010 - romantico
2011 - ainda te amo
Ágata  No Porto
PUBLICADO digitalblueradio às 12:50 | LINK DO POST
Maria Fernanda Pereira de Sousa nasceu em Lisboa a 11 de Novembro de 1959, de seu nome artístico Ágata.
Aos catorze anos gravou aquele que foi o seu primeiro trabalho discográfico intitulado "Heróis Trabalhadores". Em 1974 gravou o disco "Já não estou sozinha". Tinha apenas 17 anos quando integrou a formação das "Cocktail" com quem grava vários discos.
Conjuntamente com Tozé Brito, empresta a sua voz ao tema da série "Abelha Maia". Em 1979 gravou o tema "Caso Meu" da telenovela brasileira "Dona Xepa" e interpretou em dueto com Art Sullivan o tema "L'amour à la Française".
Participou no Festival RTP da Canção em 1982, com o tema "Vai mas Vem" e fez espectáculos com as "Doce", onde permaneceu até à extinção do grupo.
Video com imagens de ágata desde menina

Em 1986 é editado o single "Quentinha e boa", e cerca de um ano depois "Amor Latino", seguindo-se "Louca por ti".

Mudou de nome artístico para Ágata. Nesse ano, verificou-se também a mudança de editora e, com a colaboração de Ricardo Landum, gravou o álbum “Perfume de Mulher”
Em 1995 seguiram-se mais alguns sucessos como “Maldito Amor”, “Tudo foi por ciúme”, “Mãe Solteira”, “Foi Contigo” e “Desgostos de Amor”.
Entretanto entraria numa nova etapa da sua vida, uma faceta mais romântica e harmoniosa, com a edição de “Escrito no Céu”, onde se destacam os temas “Comunhão de Bens”, “Não mereço tanta dor” e “Quando as luzes se apagarem”.
Em 1998 iniciou-se um novo capítulo na história e carreira de Ágata, com o nascimento do seu 2º filho (Francisco) a quem dedicou uma música no álbum que nesse ano edita “De hoje em diante”.
Em 2000, “Sozinha” deu nome a um novo trabalho, cujas letras falam de relações acabadas, desilusões e mágoas. Numa retrospectiva da sua carreira, surgiu nos escaparates musicais em 2001 o álbum “20 anos”. Em 2002 é editado "Viver a Dois".
Em 2004 apresenta um álbum duplo e em 2005 surge um novo trabalho, intitulado de “Abençoada”, seguindo-se "Sentimentos" em 2006.  Em 2007 traz ao público português um álbum cheio de emoções , "Anos Luz", com êxitos desde "Juro e Jurarei" e o tema "Anjinhos Inocentes".
Em 2009 Ágata volta, com o álbum "Promessas". Já em 2009 sai o álbum "Romântico" e em 2011 "Ainda te Amo".
Ao longo da sua carreira Ágata primou por levar ao seu publico temas particularmente cheios de emoção. Participou também em vários projectos conjuntos e trouxe ao publico portugues outras vozes "apadrinhadas" por si.

Ágata "Orações Peregrinos de Fátima" 1997
Discografia
     1995- Perfume de Mulher
1995 - Maldito Amor
1995 - Escrito no Céu
Ágata "Mae Solteira"1995

1998 - De Hoje em Diante
2000 - Sozinha
2001 - 20 Anos (Compilação)

Ágata - Loucura e Veneno

2002 - Viver a dois
2004 - O Meu Pequeno Fado
2005 - Abençoada
2005 - Romântico (Compilação)
Ágata - Sozinha 2000


2006 - Sentimentos
2007 - Anos de Luz
2009 - Promessas
Ágata - Abandonada 1997
2010 - romantico
2011 - ainda te amo
Ágata  No Porto
PUBLICADO digitalblueradio às 12:50 | LINK DO POST
Maria Fernanda Pereira de Sousa nasceu em Lisboa a 11 de Novembro de 1959, de seu nome artístico Ágata.
Aos catorze anos gravou aquele que foi o seu primeiro trabalho discográfico intitulado "Heróis Trabalhadores". Em 1974 gravou o disco "Já não estou sozinha". Tinha apenas 17 anos quando integrou a formação das "Cocktail" com quem grava vários discos.
Conjuntamente com Tozé Brito, empresta a sua voz ao tema da série "Abelha Maia". Em 1979 gravou o tema "Caso Meu" da telenovela brasileira "Dona Xepa" e interpretou em dueto com Art Sullivan o tema "L'amour à la Française".
Participou no Festival RTP da Canção em 1982, com o tema "Vai mas Vem" e fez espectáculos com as "Doce", onde permaneceu até à extinção do grupo.
Video com imagens de ágata desde menina

Em 1986 é editado o single "Quentinha e boa", e cerca de um ano depois "Amor Latino", seguindo-se "Louca por ti".

Mudou de nome artístico para Ágata. Nesse ano, verificou-se também a mudança de editora e, com a colaboração de Ricardo Landum, gravou o álbum “Perfume de Mulher”
Em 1995 seguiram-se mais alguns sucessos como “Maldito Amor”, “Tudo foi por ciúme”, “Mãe Solteira”, “Foi Contigo” e “Desgostos de Amor”.
Entretanto entraria numa nova etapa da sua vida, uma faceta mais romântica e harmoniosa, com a edição de “Escrito no Céu”, onde se destacam os temas “Comunhão de Bens”, “Não mereço tanta dor” e “Quando as luzes se apagarem”.
Em 1998 iniciou-se um novo capítulo na história e carreira de Ágata, com o nascimento do seu 2º filho (Francisco) a quem dedicou uma música no álbum que nesse ano edita “De hoje em diante”.
Em 2000, “Sozinha” deu nome a um novo trabalho, cujas letras falam de relações acabadas, desilusões e mágoas. Numa retrospectiva da sua carreira, surgiu nos escaparates musicais em 2001 o álbum “20 anos”. Em 2002 é editado "Viver a Dois".
Em 2004 apresenta um álbum duplo e em 2005 surge um novo trabalho, intitulado de “Abençoada”, seguindo-se "Sentimentos" em 2006.  Em 2007 traz ao público português um álbum cheio de emoções , "Anos Luz", com êxitos desde "Juro e Jurarei" e o tema "Anjinhos Inocentes".
Em 2009 Ágata volta, com o álbum "Promessas". Já em 2009 sai o álbum "Romântico" e em 2011 "Ainda te Amo".
Ao longo da sua carreira Ágata primou por levar ao seu publico temas particularmente cheios de emoção. Participou também em vários projectos conjuntos e trouxe ao publico portugues outras vozes "apadrinhadas" por si.

Ágata "Orações Peregrinos de Fátima" 1997
Discografia
     1995- Perfume de Mulher
1995 - Maldito Amor
1995 - Escrito no Céu
Ágata "Mae Solteira"1995

1998 - De Hoje em Diante
2000 - Sozinha
2001 - 20 Anos (Compilação)

Ágata - Loucura e Veneno

2002 - Viver a dois
2004 - O Meu Pequeno Fado
2005 - Abençoada
2005 - Romântico (Compilação)
Ágata - Sozinha 2000


2006 - Sentimentos
2007 - Anos de Luz
2009 - Promessas
Ágata - Abandonada 1997
2010 - romantico
2011 - ainda te amo
Ágata  No Porto
PUBLICADO digitalblueradio às 12:50 | LINK DO POST
Hoje em dia vemos, assistimos na televisão a noticias que  por vezes nos levam a pensar sériamente na velha máxima 
"Quem têm dinheiro safa-se!!"
Nos ultimos anos teem sido vários os escândalos a envolver determinadas figuras públicas dos mais variados setores envolvidas em polémicas, do mundo da politica e da televisão, da moda, enfim figuras de relevo do mundo social envolvidas em determinados escandalos. É certo que são noticiados, é verdade que são chamados á justiça (alguns) mas depois "fica tudo em águas de bacalhau". O Zé Povinho parece já estar habituado a que isso aconteça (devemos habituar-nos???). Falemos do famoso caso da "Casa Pia", Silvino está "dentro" os outros estão fora.
Entrevista a Carlos Silvino
Parte I

Parte II

Os ultimos desenvolvimentos deste caso passados tantos anos , dão que pensar!! Os desenvolvimentos recentes serão a prova da verdade ou mais uma manobra para iludir a opinião publica? 
A justiça deixará á solta os restantes envolvidos.
Vai morrer solteira, a "culpa" ?
Um dos envolvidos neste processo que ficou conhecido como João A., muitos se lembrarão dele pelo facto de ter aparecido na TVI, entrevistado por Manuela Moura Guedes, ostentando uma máscara branca idêntica à da peça musical e do filme "O Fantasma da Ópera". Resolveu segundo diz "contar a verdade". Porquê agora? Diz ele que tanto ele como os colegas mentiram á PJ e no Tribunal. Numa entrevista concedida ao jornalista Carlos Tomás, faz revelações que mesmo só ouvindo.
Aqui estão os videos que baixámos do YouTube
(Parte I)
(Parte II)
(Parte III)
Este processo nasceu a 25 de Agosto de 2001, o seu fim parece estar próximo, ou não! Para piorar a situação, o Código do Processo Penal foi alterado e os pedófilos portugueses podem agora abusar à vontade as vezes que quiserem das crianças, a condenação em caso de existir será apenas a de um crime e nada mais. Isto é o que se chama de verdadeira justiça!
No fim deste julgamento saberemos nós realmente a verdade? Alguns nomes não constam do processo, outros deixaram de constar, alguns alegam inocência (naturalmente), outros afirmam que mentiram, e alguns que dizem a verdade.
Afinal parece não haver culpados, provávelmente não exitiu nada, ninguém fez nada!!!  
Carlos Cruz continua a alegar inocência. Agora pergunto: E se realmente este "homem" estiver inocente? A sua vida acabou quando o acusaram, todos lhe apontaram o dedo, a sua carreira teve fim, e se estiver inocente?
Deixo um excerto do programa “Histórias Devidas”, um programa de entrevistas biográficas com Aurélio Gomes. No "Histórias Devidas", a vida de uma personalidade põe-se em paralelo com outras vidas, ilustres e anónimas, entrelaçando-se com as histórias de uma mão cheia de gente. Carlos Cruz fala do mítico programa de rádio, o "Pão com manteiga" e da ansiedade pela leitura da sentença.
 "Nunca Cometi Crime Nenhum"
"Havia muitos interesses em jogo"
O "Zip Zip" e outras glórias
Como Nasceu o "Pão com Manteiga"
Neste processo que mais parece um filme, uma longa metragem, mais uma testemunha surge agora a dizer que foi ameaçada.
Outra das testemunhas deste processo decide falar!|
Uns dizem que foram pressionados, outros dizem que é mentira,...Oiça esta entrevista a uma das testemunhas consideradas fulcrais no Processo Casa Pia.
I Parte
II Parte
III Parte
Este é um caso mediático envolveu figuras publicas, mas muitos outros casos existem que envolve o comum cidadão e que não são do conhecimento publico.
Deixámos aqui testemunhos, reportagens, fatos, a opinião é sua. Cada um de nós tem a sua opinião própria, naturalmente que existem outros desenvolvimentos e ocorrências relativamente a este processo, para saber mais terão de procurar na internet, no entanto aqui no blog podem ainda ver o filme feito reportagem "Casa Pia - Como os poderosos se safaram da justiça", procure em reportagens. 

PUBLICADO digitalblueradio às 14:12 | LINK DO POST
Hoje em dia vemos, assistimos na televisão a noticias que  por vezes nos levam a pensar sériamente na velha máxima 
"Quem têm dinheiro safa-se!!"
Nos ultimos anos teem sido vários os escândalos a envolver determinadas figuras públicas dos mais variados setores envolvidas em polémicas, do mundo da politica e da televisão, da moda, enfim figuras de relevo do mundo social envolvidas em determinados escandalos. É certo que são noticiados, é verdade que são chamados á justiça (alguns) mas depois "fica tudo em águas de bacalhau". O Zé Povinho parece já estar habituado a que isso aconteça (devemos habituar-nos???). Falemos do famoso caso da "Casa Pia", Silvino está "dentro" os outros estão fora.
Entrevista a Carlos Silvino
Parte I

Parte II

Os ultimos desenvolvimentos deste caso passados tantos anos , dão que pensar!! Os desenvolvimentos recentes serão a prova da verdade ou mais uma manobra para iludir a opinião publica? 
A justiça deixará á solta os restantes envolvidos.
Vai morrer solteira, a "culpa" ?
Um dos envolvidos neste processo que ficou conhecido como João A., muitos se lembrarão dele pelo facto de ter aparecido na TVI, entrevistado por Manuela Moura Guedes, ostentando uma máscara branca idêntica à da peça musical e do filme "O Fantasma da Ópera". Resolveu segundo diz "contar a verdade". Porquê agora? Diz ele que tanto ele como os colegas mentiram á PJ e no Tribunal. Numa entrevista concedida ao jornalista Carlos Tomás, faz revelações que mesmo só ouvindo.
Aqui estão os videos que baixámos do YouTube
(Parte I)
(Parte II)
(Parte III)
Este processo nasceu a 25 de Agosto de 2001, o seu fim parece estar próximo, ou não! Para piorar a situação, o Código do Processo Penal foi alterado e os pedófilos portugueses podem agora abusar à vontade as vezes que quiserem das crianças, a condenação em caso de existir será apenas a de um crime e nada mais. Isto é o que se chama de verdadeira justiça!
No fim deste julgamento saberemos nós realmente a verdade? Alguns nomes não constam do processo, outros deixaram de constar, alguns alegam inocência (naturalmente), outros afirmam que mentiram, e alguns que dizem a verdade.
Afinal parece não haver culpados, provávelmente não exitiu nada, ninguém fez nada!!!  
Carlos Cruz continua a alegar inocência. Agora pergunto: E se realmente este "homem" estiver inocente? A sua vida acabou quando o acusaram, todos lhe apontaram o dedo, a sua carreira teve fim, e se estiver inocente?
Deixo um excerto do programa “Histórias Devidas”, um programa de entrevistas biográficas com Aurélio Gomes. No "Histórias Devidas", a vida de uma personalidade põe-se em paralelo com outras vidas, ilustres e anónimas, entrelaçando-se com as histórias de uma mão cheia de gente. Carlos Cruz fala do mítico programa de rádio, o "Pão com manteiga" e da ansiedade pela leitura da sentença.
 "Nunca Cometi Crime Nenhum"
"Havia muitos interesses em jogo"
O "Zip Zip" e outras glórias
Como Nasceu o "Pão com Manteiga"
Neste processo que mais parece um filme, uma longa metragem, mais uma testemunha surge agora a dizer que foi ameaçada.
Outra das testemunhas deste processo decide falar!|
Uns dizem que foram pressionados, outros dizem que é mentira,...Oiça esta entrevista a uma das testemunhas consideradas fulcrais no Processo Casa Pia.
I Parte
II Parte
III Parte
Este é um caso mediático envolveu figuras publicas, mas muitos outros casos existem que envolve o comum cidadão e que não são do conhecimento publico.
Deixámos aqui testemunhos, reportagens, fatos, a opinião é sua. Cada um de nós tem a sua opinião própria, naturalmente que existem outros desenvolvimentos e ocorrências relativamente a este processo, para saber mais terão de procurar na internet, no entanto aqui no blog podem ainda ver o filme feito reportagem "Casa Pia - Como os poderosos se safaram da justiça", procure em reportagens. 

PUBLICADO digitalblueradio às 14:12 | LINK DO POST
Por vezes há histórias na vida que ainda nos fazem acreditar num mundo melhor. Todos nós temos sonhos, todos queremos ser felizes, construir uma vida. Mas ainda existem felizmente neste nosso planeta pessoas que têm sonhos, que fazem tudo para os concretizar, mas não são sonhos simples,... existe quem sonhe para os outros. O que é que eu quero dizer com isto? Eu vou contar.
Esta história é real, comovente e digna de ser conhecida no mundo inteiro onde infelizmente ainda existe miséria e desigualdade no seio da Humanidade, num planeta que é de todos, onde alguns têm demais pouco se importando que outros tenham menos. O jovem de quem vos quero falar chama-se Ryan Hreljac, nasceu no Canadá em 1991, era um menino de 6 anos quando um dia na escola onde andava ouviu a professora falar sobre África, como viviam as crianças, as dificuldades que tinham para sobreviver, soube que muitas morriam de sede porque não tinham água suficiente para beber devido a secas e falta de poços. 
Ryan perguntou à professora quanto é que custava levar água a esses meninos que viviam longe,...a professora respondeu-lhe e disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares, pensando talvez que satisfazia assim a curiosidade do menino.
Aquele menino não queria acreditar, como é que era possivel? A ele bastava abrir uma torneira,...decidiu então realizar algum dinheiro a fim de poder ajudar os outros meninos que não conhecia, que moravam longe mas que tinham sede. Todas as semanas ia ganhando e juntando alguns dólares. Quando conseguiu realizar a quantia de que a professora tinha falado, sabendo que existia uma empresa especializada em abrir poços, pediu á mãe que o levasse lá a fim de poder mandar abrir o poço para os meninos de África. A mãe fez-lhe a vontade, foi então que ele soube que o custo real não era aquele e sim 2.000 dólares, o preço da perfuração, a mãe tentou explicar-lhe que era um sonho impossivel de realizar.
Ryan não se rendeu, continuou a sonhar, acreditou que era possivel. A história do menino ficou conhecida no bairro onde morava e viam-no todos os dias a recados para ganhar algum dinheiro. A familia, os amigos e vizinhos ficaram sensibilizados com a determinação de uma criança de 6 anos que tinha o desejo de arranjar 2.000 dólares para mandar abrir um poço em África para matar a sede a outras crianças e juntaram-se no mesmo objectivo. 
Assim, em janeiro de 1999 foi perfurado um poço numa vila ao norte do Uganda. A partir daí começa a lenda de Ryan que não parou de arrecadar fundos e de viajar em busca de apoios.
Quando o poço de Angola estava pronto, o colégio onde andava começou a ter correspondência frequente com as crianças do colégio da região onde ficava o poço e deste modo Ryan conheceu Akana, um jovem que tinha escapado das garras dos exércitos de meninos e que lutava agora para estudar no dia a dia. Ryan sentiu-se cativado com o seu novo amigo e pediu aos pais para ir vê-lo. Com grande esforço econômico os pais pagaram a viagem ao Uganda e Ryan, no ano 2000, chegou ao povoado onde perfuraram o seu poço. Centenas de meninos dos arredores formavam um corredor e gritavam o seu nome.
Hoje Ryan tem a sua própria fundação e conseguiu abrir mais de 400 poços em África e continua a recolher doações.
São pessoas como Ryan que merecem o nosso reconhecimento, acreditou que era possivel, sonhou e concretizou o seu sonho.
O sonho do menino tranformou-se em esperança, em VIDA.
Parafraseando o poeta, "Quando o homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida entre as mãos de uma criança."
                                      António Gedeão.
PUBLICADO digitalblueradio às 16:45 | LINK DO POST
tags:
Por vezes há histórias na vida que ainda nos fazem acreditar num mundo melhor. Todos nós temos sonhos, todos queremos ser felizes, construir uma vida. Mas ainda existem felizmente neste nosso planeta pessoas que têm sonhos, que fazem tudo para os concretizar, mas não são sonhos simples,... existe quem sonhe para os outros. O que é que eu quero dizer com isto? Eu vou contar.
Esta história é real, comovente e digna de ser conhecida no mundo inteiro onde infelizmente ainda existe miséria e desigualdade no seio da Humanidade, num planeta que é de todos, onde alguns têm demais pouco se importando que outros tenham menos. O jovem de quem vos quero falar chama-se Ryan Hreljac, nasceu no Canadá em 1991, era um menino de 6 anos quando um dia na escola onde andava ouviu a professora falar sobre África, como viviam as crianças, as dificuldades que tinham para sobreviver, soube que muitas morriam de sede porque não tinham água suficiente para beber devido a secas e falta de poços. 
Ryan perguntou à professora quanto é que custava levar água a esses meninos que viviam longe,...a professora respondeu-lhe e disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares, pensando talvez que satisfazia assim a curiosidade do menino.
Aquele menino não queria acreditar, como é que era possivel? A ele bastava abrir uma torneira,...decidiu então realizar algum dinheiro a fim de poder ajudar os outros meninos que não conhecia, que moravam longe mas que tinham sede. Todas as semanas ia ganhando e juntando alguns dólares. Quando conseguiu realizar a quantia de que a professora tinha falado, sabendo que existia uma empresa especializada em abrir poços, pediu á mãe que o levasse lá a fim de poder mandar abrir o poço para os meninos de África. A mãe fez-lhe a vontade, foi então que ele soube que o custo real não era aquele e sim 2.000 dólares, o preço da perfuração, a mãe tentou explicar-lhe que era um sonho impossivel de realizar.
Ryan não se rendeu, continuou a sonhar, acreditou que era possivel. A história do menino ficou conhecida no bairro onde morava e viam-no todos os dias a recados para ganhar algum dinheiro. A familia, os amigos e vizinhos ficaram sensibilizados com a determinação de uma criança de 6 anos que tinha o desejo de arranjar 2.000 dólares para mandar abrir um poço em África para matar a sede a outras crianças e juntaram-se no mesmo objectivo. 
Assim, em janeiro de 1999 foi perfurado um poço numa vila ao norte do Uganda. A partir daí começa a lenda de Ryan que não parou de arrecadar fundos e de viajar em busca de apoios.
Quando o poço de Angola estava pronto, o colégio onde andava começou a ter correspondência frequente com as crianças do colégio da região onde ficava o poço e deste modo Ryan conheceu Akana, um jovem que tinha escapado das garras dos exércitos de meninos e que lutava agora para estudar no dia a dia. Ryan sentiu-se cativado com o seu novo amigo e pediu aos pais para ir vê-lo. Com grande esforço econômico os pais pagaram a viagem ao Uganda e Ryan, no ano 2000, chegou ao povoado onde perfuraram o seu poço. Centenas de meninos dos arredores formavam um corredor e gritavam o seu nome.
Hoje Ryan tem a sua própria fundação e conseguiu abrir mais de 400 poços em África e continua a recolher doações.
São pessoas como Ryan que merecem o nosso reconhecimento, acreditou que era possivel, sonhou e concretizou o seu sonho.
O sonho do menino tranformou-se em esperança, em VIDA.
Parafraseando o poeta, "Quando o homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida entre as mãos de uma criança."
                                      António Gedeão.
PUBLICADO digitalblueradio às 16:45 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
blogs SAPO