O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Por vezes há histórias na vida que ainda nos fazem acreditar num mundo melhor. Todos nós temos sonhos, todos queremos ser felizes, construir uma vida. Mas ainda existem felizmente neste nosso planeta pessoas que têm sonhos, que fazem tudo para os concretizar, mas não são sonhos simples,... existe quem sonhe para os outros. O que é que eu quero dizer com isto? Eu vou contar.
Esta história é real, comovente e digna de ser conhecida no mundo inteiro onde infelizmente ainda existe miséria e desigualdade no seio da Humanidade, num planeta que é de todos, onde alguns têm demais pouco se importando que outros tenham menos. O jovem de quem vos quero falar chama-se Ryan Hreljac, nasceu no Canadá em 1991, era um menino de 6 anos quando um dia na escola onde andava ouviu a professora falar sobre África, como viviam as crianças, as dificuldades que tinham para sobreviver, soube que muitas morriam de sede porque não tinham água suficiente para beber devido a secas e falta de poços. 
Ryan perguntou à professora quanto é que custava levar água a esses meninos que viviam longe,...a professora respondeu-lhe e disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares, pensando talvez que satisfazia assim a curiosidade do menino.
Aquele menino não queria acreditar, como é que era possivel? A ele bastava abrir uma torneira,...decidiu então realizar algum dinheiro a fim de poder ajudar os outros meninos que não conhecia, que moravam longe mas que tinham sede. Todas as semanas ia ganhando e juntando alguns dólares. Quando conseguiu realizar a quantia de que a professora tinha falado, sabendo que existia uma empresa especializada em abrir poços, pediu á mãe que o levasse lá a fim de poder mandar abrir o poço para os meninos de África. A mãe fez-lhe a vontade, foi então que ele soube que o custo real não era aquele e sim 2.000 dólares, o preço da perfuração, a mãe tentou explicar-lhe que era um sonho impossivel de realizar.
Ryan não se rendeu, continuou a sonhar, acreditou que era possivel. A história do menino ficou conhecida no bairro onde morava e viam-no todos os dias a recados para ganhar algum dinheiro. A familia, os amigos e vizinhos ficaram sensibilizados com a determinação de uma criança de 6 anos que tinha o desejo de arranjar 2.000 dólares para mandar abrir um poço em África para matar a sede a outras crianças e juntaram-se no mesmo objectivo. 
Assim, em janeiro de 1999 foi perfurado um poço numa vila ao norte do Uganda. A partir daí começa a lenda de Ryan que não parou de arrecadar fundos e de viajar em busca de apoios.
Quando o poço de Angola estava pronto, o colégio onde andava começou a ter correspondência frequente com as crianças do colégio da região onde ficava o poço e deste modo Ryan conheceu Akana, um jovem que tinha escapado das garras dos exércitos de meninos e que lutava agora para estudar no dia a dia. Ryan sentiu-se cativado com o seu novo amigo e pediu aos pais para ir vê-lo. Com grande esforço econômico os pais pagaram a viagem ao Uganda e Ryan, no ano 2000, chegou ao povoado onde perfuraram o seu poço. Centenas de meninos dos arredores formavam um corredor e gritavam o seu nome.
Hoje Ryan tem a sua própria fundação e conseguiu abrir mais de 400 poços em África e continua a recolher doações.
São pessoas como Ryan que merecem o nosso reconhecimento, acreditou que era possivel, sonhou e concretizou o seu sonho.
O sonho do menino tranformou-se em esperança, em VIDA.
Parafraseando o poeta, "Quando o homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida entre as mãos de uma criança."
                                      António Gedeão.
PUBLICADO digitalblueradio às 16:45 | LINK DO POST
tags:
Por vezes há histórias na vida que ainda nos fazem acreditar num mundo melhor. Todos nós temos sonhos, todos queremos ser felizes, construir uma vida. Mas ainda existem felizmente neste nosso planeta pessoas que têm sonhos, que fazem tudo para os concretizar, mas não são sonhos simples,... existe quem sonhe para os outros. O que é que eu quero dizer com isto? Eu vou contar.
Esta história é real, comovente e digna de ser conhecida no mundo inteiro onde infelizmente ainda existe miséria e desigualdade no seio da Humanidade, num planeta que é de todos, onde alguns têm demais pouco se importando que outros tenham menos. O jovem de quem vos quero falar chama-se Ryan Hreljac, nasceu no Canadá em 1991, era um menino de 6 anos quando um dia na escola onde andava ouviu a professora falar sobre África, como viviam as crianças, as dificuldades que tinham para sobreviver, soube que muitas morriam de sede porque não tinham água suficiente para beber devido a secas e falta de poços. 
Ryan perguntou à professora quanto é que custava levar água a esses meninos que viviam longe,...a professora respondeu-lhe e disse que um pequeno poço poderia custar cerca de 70 dólares, pensando talvez que satisfazia assim a curiosidade do menino.
Aquele menino não queria acreditar, como é que era possivel? A ele bastava abrir uma torneira,...decidiu então realizar algum dinheiro a fim de poder ajudar os outros meninos que não conhecia, que moravam longe mas que tinham sede. Todas as semanas ia ganhando e juntando alguns dólares. Quando conseguiu realizar a quantia de que a professora tinha falado, sabendo que existia uma empresa especializada em abrir poços, pediu á mãe que o levasse lá a fim de poder mandar abrir o poço para os meninos de África. A mãe fez-lhe a vontade, foi então que ele soube que o custo real não era aquele e sim 2.000 dólares, o preço da perfuração, a mãe tentou explicar-lhe que era um sonho impossivel de realizar.
Ryan não se rendeu, continuou a sonhar, acreditou que era possivel. A história do menino ficou conhecida no bairro onde morava e viam-no todos os dias a recados para ganhar algum dinheiro. A familia, os amigos e vizinhos ficaram sensibilizados com a determinação de uma criança de 6 anos que tinha o desejo de arranjar 2.000 dólares para mandar abrir um poço em África para matar a sede a outras crianças e juntaram-se no mesmo objectivo. 
Assim, em janeiro de 1999 foi perfurado um poço numa vila ao norte do Uganda. A partir daí começa a lenda de Ryan que não parou de arrecadar fundos e de viajar em busca de apoios.
Quando o poço de Angola estava pronto, o colégio onde andava começou a ter correspondência frequente com as crianças do colégio da região onde ficava o poço e deste modo Ryan conheceu Akana, um jovem que tinha escapado das garras dos exércitos de meninos e que lutava agora para estudar no dia a dia. Ryan sentiu-se cativado com o seu novo amigo e pediu aos pais para ir vê-lo. Com grande esforço econômico os pais pagaram a viagem ao Uganda e Ryan, no ano 2000, chegou ao povoado onde perfuraram o seu poço. Centenas de meninos dos arredores formavam um corredor e gritavam o seu nome.
Hoje Ryan tem a sua própria fundação e conseguiu abrir mais de 400 poços em África e continua a recolher doações.
São pessoas como Ryan que merecem o nosso reconhecimento, acreditou que era possivel, sonhou e concretizou o seu sonho.
O sonho do menino tranformou-se em esperança, em VIDA.
Parafraseando o poeta, "Quando o homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida entre as mãos de uma criança."
                                      António Gedeão.
PUBLICADO digitalblueradio às 16:45 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs