O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Madalena Iglésias de nome completo Madalena Lucília Iglésias do Vale nasceu em Lisboa, no bairro de Santa Catarina, a 24 de Outubro de 1939. Estudou no Conservatório e na Escola do Canto e, com apenas 15 anos, entrou para o Centro de Preparação de Artistas da Rádio da Emissora Nacional. 
No ano de 1954 estreia-se em simultâneo na televisão e na Emissora Nacional. A sua carreira internacional começa em 1959 com uma actuação na televisão espanhola. Em 1960 recebe os títulos de Rainha da Rádio e da Televisão. Por intermédio da Emissora Nacional representou Portugal, em 1962, no Festival de Benidorm.
Em 1964 participa no "I Grande Prémio TV da Canção Portuguesa" com "Balada Das Palavras Perdidas" e "Na Tua Carta". Nesse ano vence o "Festival Hispano-Português" de Aranda del Duero. Nesse ano estreia-se no cinema, ao lado de António Calvário, em "Uma Hora de Amor", de Augusto Fraga. Participa também no filme "Canção da Saudade", de Henrique Campos.

Em 1965 canta "Poema de Nós Dois", tema do filme "Passagem de Nível" de Américo Leite Rosa. 
Vence o "Festival RTP da Canção" de 1966 com "Ele e Ela", um tema da autoria de Carlos Canelhas, canta ainda os temas "Rebeldia" e "Caminhos Perdidos". No Festival Eurovisão da Canção (1966) obtém grande sucesso e "Él Y Ella", a versão em espanhol, é editada em Espanha, França e Holanda.

Ainda em 1966 obtém o segundo lugar no "Festival do Mediterrâneo", com a canção "Setembro". Vence também o "Prémio da Hispanidade" com "Vuelo 502". Volta a participar no cinema no filme "Sarilho de Fraldas", de Constantino Esteves, onde volta a contracenar com Calvário, é um enorme sucesso e são editados dois EPs com temas desse filme.
 
A par de Simone de Oliveira tornou-se numa das vozes mais importantes do chamado nacional-cançonetismo que dominou na década de 1960.
Participa no Festival RTP da Canção de 1969 com "Canção Para um Poeta". Casou em 1972, abandonou a carreira artística e foi viver para a Venezuela. Grávida de oito meses ainda fez um programa no Canal 4 da televisão venezuelana mas deixou de actuar até os filhos terem cinco anos de idade. Depois voltou a actuar esporádicamente na televisão venezuelana. Em 1987 mudou-se para Barcelona. Em 2008 é lançada uma fotobiografia.
Curiosidades
Em 1960 recebeu sucessivamente os títulos de "Rainha da Rádio e da Televisão". Voltaria a receber o título de "Rainha da Rádio" em 1964 e o da "Televisão" em 1962 e 1965.
Na Venezuela chegou a ter um programa na televisão e mais tarde recebeu um "Bolívar de Ouro"
PUBLICADO digitalblueradio às 12:44 | LINK DO POST
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
blogs SAPO