O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Muito se fala dos poderes do oculto, no entanto muito poucos sabem o verdadeiro significado da palavra. Ocultismo é um conjunto de teorias e práticas cujo objetivo é desvendar os segredos da natureza, do Universo e da própria Humanidade. O ocultismo trata de um tipo de conhecimento que está além da esfera do conhecimento empírico, o que é sobrenatural e secreto.
Por norma está relacionado aos fenômenos sobrenaturais. 

Nas ciências ocultas, a palavra "oculto" refere-se a um "conhecimento não revelado" ou "conhecimento secreto", daí a existência de Sociedades e fraternidades secretas cuja admissão ocorre por meio de uma escolha e iniciação, que é um ritual de aceitação. Esse ritual tem como fundamento uma suposta "nova vida" que a pessoa deverá alcançar com a iniciação, ela morre simbolicamente e renasce para a vida que passará a ter.
A capacidade humana de questionar-se é uma das suas maiores virtudes ao longo da história. O simples ato de procurar o auto-conhecimento, compreender a própria origem e o significado da sua existência na Terra, conduziu o destino de civilizações, desenvolveu conceitos que se estenderam por vários séculos e gerou um infinito e crescente ciclo ideológico. A espiritualidade é o combustível desta incessante busca. É quem santifica o homem e consagra a terra. É quem desenvolve o conhecimento e o direciona ao próprio benefício. É neste momento que nasce o conceito de um deus responsável pela criação do universo, de forças e seres superiores que conduzem a existência humana. A fé, oriunda no espírito humano, e o dogma, são as principais colunas que sustentam as religiões e doutrinas espalhadas ao longo do globo terrestre.
Se toda religião é formada basicamente de fé e misticismo, podemos compreender que religião e ocultismo estão interconectados. Desta forma, concluímos que ocultismo é o conhecimento secreto das religiões, que pode ser acessível apenas aos membros mais elevados na hierarquia de determinadas ordens. Na sociedade contemporânea, ocultismo também designa temas sobrenaturais. Não existem bases confiáveis para se estabelecer um ponto de partida comum das crenças. Mas pode ser na cultura dos babilônios e egípcios do período pré-cristão, que está a raiz do ocultismo ocidental. 
Ao longo dos tempos, a humanidade divinizou alguns dos seus filhos, que se tornaram profetas e imortais no coração e na crença de tantos outros. O homem sagrou terras, erigiu templos e monumentos, louvou a vida e entoou cânticos em nome das suas divindades e da própria fé. Mas a fé combinada com a vaidade e a ganância promoveu guerras, escravizou, segregou e retardou a evolução do espírito.

No entanto este tema não se esgota por aqui, o oculto e o ocultismo pode levar-nos a outros caminhos.
Astrologia

O "Oráculo" é uma resposta dada por um deus ou espírito a uma questão que lhe é colocada. A resposta de um oráculo traduz-se em revelações sobre o que vai suceder de forma a que um fim seja atingido, e a essas dá-se o nome de "profecia". Uma religião é um conjunto de preceitos ou práticas por via das quais se comunica com um deus, seres celestes ou divindades. A astrologia, é um meio de produzir oráculos. Segundo a religião sibilina e de acordo com as tradições babilónicas e hebraicas, a astrologia é um processo de astromancia, ou seja: uma forma de ler nos corpos celestes a manifestação de entidades espirituais ou forças celestes.

Ocultismo (ou ciência oculta) 
O ocultismo afinal não será mais do que a junção de varias artes e a crença na existência de realidades ocultas e sobrenaturais. As artes e ciências ocultas mais nobres, são: "Magia", "Adivinhação", "Astrologia" e "Espiritismo". O ocultismo é constituído por um vasto corpo de conhecimentos esotéricos, que estão para alem da esfera do que é visível e que procura desvendar os "segredos" do mundo espiritual ou invisível.
Misticismo 
O "misticismo" é a crença na possibilidade de comunicação com o divino, com o mundo espiritual, ou com uma divindade. O misticismo concede prioridade a um tipo de conhecimento ocultista e esotérico, que garante revelações inacessíveis ao conhecimento racional sobre o mundo invisível, espiritual ou sobrenatural.
 Magia
Etimologicamente advêm da palavra grega  «Mageía», que significa «religião dos magos»; Religião mística e esotérica que professa a crença em espíritos e forças sobrenaturais , assim como a possibilidade de contacto com essas entidades ou poderes; O "Saber secreto" é constituído por um conjunto de conhecimentos, ritos e formulas ocultistas que se destinam a agir sobre o mundo natural, produzindo nele resultados contrários ás suas leis. A mais conhecida, forte e temida forma de magia, é a "magia negra", por via da qual se apela á intervenção de demónios ou espíritos para causar a produção de certos eventos neste mundo.                                             
O "Esoterismo" é a "Doutrina espiritual" ocultista e secreta, apenas transmitida aos iniciados ou discípulos de um culto religioso.
O "Gnosticismo" é a doutrina cristã nascida entre os Sec I e III d.C. que defende a evolução espiritual através da sabedoria ou a «gnose». A «gnose» é constituída por um saber secreto á luz do qual é possível extrair das escrituras verdades ocultas reveladoras sobre o divino e a divindade. A "doutrina gnóstica", constitui a vertente mística do Cristianismo. 
A "Kabalah" é a ciência esotérica hebraica, constituída por um conjunto de métodos e conhecimentos por via dos quais é possível extrair dos textos sagrados mensagens ou saberes que neles se encontram ocultamente encerrados e apenas acessíveis aos iniciados que detêm esta ciência esotérica. A doutrina "Kabalística", constitui a vertente mística do Judaísmo. 
A "Teologia" é o estudo filosófico do divino, baseado na analise das "sagradas escrituras", ou dos saberes religiosos de um certo sistema. 
A "Teosofia" é a doutrina que professa não só o conhecimento filosófico e teórico das coisas divinas, como a a aplicação prática das regras espirituais do mundo divino ao mundo terreno, de forma a se produzirem certos fins. A vertente "teosófica" mais conceituada do judaísmo é a "Kabalah", assim como a vertente teosófica mais conhecida do cristianismo é o «Gnosticismo».
A "Bruxaria" é o efeito ou facto que não se consegue explicar pela racionalidade nem pela lógica do mundo natural, o acontecimento é atribuído á acção sobrenatural resultante de um bruxedo; acto de empregar bruxedos para atingir uma certa finalidade; sortilegios produzidos por um bruxo(a) 
A "Feitiçaria" é o acto de empregar feitiços para alcançar um certo fim; sortilégios advindos de feiticeiros(as)                             
Os "Trabalhos de Magia" é o serviço espiritual prestado a troco de um pagamento, e que consiste na produção de uma bruxaria ou de uma feitiçaria. O trabalho espiritual destina-se a causar certos efeitos no mundo natural, que de outra forma e sem a intervenção das entidades espirituais invocadas, não sucederiam. Um trabalho de magia resulta na produção de uma série de eventos e acontecimentos, que constituem oportunidades favoráveis para que quem encomendou o trabalho possa alcançar os seus desejos. O trabalho de magia, destina-se por isso a oferecer oportunidades onde elas antes não existiam, a abrir as portas que antes estavam fechadas, a desbloquear caminhos aos desejos de quem o encomenda. 
O "Bruxo" é aquele(a), que faz bruxaria, um praticante de ocultismo. Nas doutrinas professadas pelo Malleus Maleficarum, julga-se que o bruxo(a) ou nasce bruxo por via de uma maldição hereditária, ou se torna bruxo através de um pacto realizado com entidades espirituais. Acredita-se que o pacto com essas forças espirituais é geralmente confirmado por sangue, sendo que no caso das mulheres o pacto será selado por um acto de relações sexuais um "anjo das trevas", ao passo que no caso dos homens é alcançado angariando e entregando belas mulheres a um demónio, para satisfação da luxúria infernal do mesmo. Acredita-se também que a alma do bruxo(a), fica por via desse pacto favorecida pelos favores dos espíritos de bruxaria, adquirindo assim um poder sobrenatural que diverge de pessoa para pessoa, poder esse a que se chama um dos «dons das trevas», que advêm do «poder das trevas». Acredita-se porem, que por esse mesmo pacto a alma do bruxo também fica condenada a metamorfosear-se num espírito de bruxaria para toda a eternidade. 
O "Feiticeiro" é aquele(a), que conhecendo as artes esotéricas dos feitiços, os realiza. Um feiticeiro(a) é apenas uma pessoa possuidora de conhecimentos esotéricos e místicos, não tem de ser um bruxo(a), pois não tem que possuir um pacto com entidades espirituais. 
A "Amarração" é um processo místico por via do qual se lança uma maldição para a vida de uma pessoa, de forma a uni-la a outra. Numa amarração, os espíritos são convidados a entrar na pessoa amarrada, alterando-lhe o rumo da vida através de uma série de eventos que unirão o caminho dela com a pessoa que encomendou a maldição de amarração. A amarração, ou une as vidas das duas pessoas previstas pelos encantamentos invocatórios, ou amaldiçoa a vida da pessoa amarrada de forma a que ela jamais seja feliz ao lado de outrem. Desta forma, unem-se para sempre os caminhos de vida das pessoas amarradas. 
O "Enguiço" é um conjunto de empecilhos, infortúnios, revezes, contratempos, que desarranjam a vida de uma pessoa, família ou instituição, causando transtornos sucessivos, bloqueando caminhos e fechando portas. Enquanto que o quebranto é normalmente resultado de um mal involuntariamente transmitido por uma pessoas invejosa, ressentida ou mal-intencionada, o enguiço normalmente resulta de um malefício produzido com recurso a sortilégios de bruxaria ou feitiçaria. O Enguiço tende a fazer permanecer na vida da vítima um forte   «mau agouro» 
A "Infestação" sucede quando forças espirituais muito negativas foram lançadas, através de uma maldição, contra uma pessoa ou algum local, como uma casa, um lar, etc. A "infestação" toma conta de uma pessoa ou de um local. Quando infestada por espíritos negativos, a própria pessoa infestada, (ou que esta em contacto com um local que foi infestado), começa a actuar de forma contrária aos seus interesses, gerando-se assim caos e ruina a todos os níveis da sua vida. Conjuntamente, tudo o que é mau tende a aproximar-se da pessoa, como se a própria pessoa atraísse irresistivelmente tudo o que é negativo para junto de si. Quando uma infestação se entranha fortemente numa pessoa, eventos negativos começam inesperadamente a ocorrer e sucedem-se vez apos vez, sem parar. Passado um certo tempo, a pessoa nem se apercebe de como caiu num rumo de tamanha desgraça. 
Para completar este "post", trago-vos um documentário sobre as ciências ocultas, deixando claro que a ciência atual deve muito aos antigos "Magos" e "Bruxos" do passado.




PUBLICADO digitalblueradio às 15:32 | LINK DO POST
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
SAPO Blogs