O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Edith Giovanna Gassion nasceu em Paris a 19 de dezembro de 1915 e morreu a 10 de outubro de 1963. A sua forma de cantar expressava claramente a sua trágica história de vida.
Alguns dos seus maiores sucessos 
"La vie en rose" (1946), "Hymne à l'amour" (1949)
"Milord" (1959) e "Non, je ne regrette rien" (1960)
Piaf participou em várias peças de teatro e filmes. 
Em 2007 foi lançado um filme biográfico com o título "Piaf, Um Hino Ao Amor" 
Édith Piaf está sepultada na mais célebre necrópole parisiense, o cemitério do Père-Lachaise. O seu funeral foi acompanhado por uma multidão poucas vezes vista na capital francesa. 
Ela nasceu como Edith Giovanna Gassion em Belleville, um distrito de imigrantes em Paris, recebeu o nome de Édith em homenagem a uma enfermeira britânica da Primeira Guerra Mundial que foi executada por ajudar soldados franceses a escapar dos alemães. Piaf é um nome dado a um tipo de pardal, um apelido que lhe foi dado vinte anos depois. A sua mãe, Annetta Giovanna Maillard era de ascendência franco-italiana e trabalhava como cantora num café com o pseudônimo de Line Marsa. Louis-Alphonse Gassion, o pai de Édith, era normando e acrobata de rua com um passado no teatro. Os pais de Edith abandonaram-na cedo, e ela viveu por um curto período de tempo com a sua avó materna, Emma Saïd ben Mohammed.
Piaf ficou 18 meses com a avó, o pai mais tarde leva-a para junto da mãe que trabalhava num bordel em Bernay, na Normandia. Lá eram as prostitutas que tomavam conta da pequena Édith.
Dos três aos sete anos, Piaf ficou supostamente cega, de acordo com uma das suas biografias curou-se depois que as prostitutas a levaram a orar no túmulo de Santa Teresa de Lisieux (conhecida popularmente como Santa Teresinha). Devido a esse episódio, Édith conservou devoção a Santa Teresinha por toda a sua vida.
Em 1922, o pai de Piaf levou-a para viver na sua companhia, enquanto trabalhava em pequenos circos itinerantes e em 1929, aos 14 anos, enquanto o pai fazia performances acrobáticas nas ruas de  França, Édith cantou pela primeira vez em público.
Com 15 anos, deixou o pai e foi viver num quarto no Grand Hôtel de Clermont (na Rua Veron, 18 de Paris), começando a cantar em algumas casas parisienses. Piaf com 16 anos apaixonou-se por Louis Dupont e aos 18, teve a sua única filha, Marcelle, que morreu de meningite com 2 anos de idade em 1935. O namorado seguinte de Piaf foi Albert, que em troca de não forçá-la a prostituir-se, cobrava comissões sobre o dinheiro que ela ganhava a cantar. Ela terminou o namoro quando uma das suas amigas, Nadia, se suicidou para não se tornar prostituta.
Em 1935, Piaf foi descoberta a cantar na rua por Louis Leplée, dono do cabaré Le Gerny's em Paris. Foi ele quem a iniciou na vida artística e a batizou de "la Môme Piaf", uma expressão francesa que significa "pequeno pardal". Lepleé, vendo o quão nervosa Piaf ficava ao cantar, começou a ensinar-lhe como se portar no palco e disse-lhe para começar a usar um vestido preto quando se apresentasse, vestuário que mais tarde se tornou a sua marca registrada. 
Em 1936, Piaf assina contrato com a Polydor e lança o seu primeiro disco "Les Mômes de la Cloche", que se torna sucesso imediato. Mas pouco tempo depois Leplée é assassinado. 
Piaf é interrogada e acusada de cúmplice, mas acabou por ser absolvida. Segundo consta ele foi morto por bandidos que tiveram num passado não muito distante, laços com Piaf, o que gerou uma atenção negativa sobre ela por parte dos mídia, ameaçando, assim a sua carreira. Para reerguer a sua imagem, ela retoma contato com Raymond Asso, com quem mais tarde viria a envolver-se romanticamente. Raymond passou a ser o seu novo mentor e foi ele quem mudou o seu nome artístico de "La Môme Piaf" para "Édith Piaf".
Durante a ocupação alemã em França, Piaf continua a fazer os seus shows. Muitos consideravam-na traidora, mas depois da guerra terminar, ela declarou que trabalhou a favor da resistência francesa. Na primavera de 1944, Piaf conheceu o jovem cantor Yves Montand e passa a ser sua mentora e amante.
Em 1945, Piaf escreveu uma das suas primeiras canções: "La Vie en rose", a sua canção mais célebre e  o seu grande clássico.
Em 1946, Montand estréia-se no cinema ao lado de Piaf em "Étoile sans lumière". Neste ano também o romance terminaria para os dois. Piaf fazia entretanto muito sucesso, após a guerra, tornou-se famosa internacionalmente, excursionando pela Europa, Estados Unidos e América do Sul. Em 1947, faz os seus primeiros shows nos Estados Unidos e é lá que conhece o grande amor da sua vida, o pugilista Marcel Cerdan.
De nacionalidade francesa, mas nascido na Algéria, Marcel era casado ao começar o tórrido romance com Édith Piaf. Pouco tempo depois de os dois se conhecerem, Marcel tornou-se campeão mundial de boxe. Em 1949, Marcel morreu num acidente de avião num vôo de Paris para Nova York, onde a iria reencontrar. Arrasada pelo sofrimento Piaf começa a tomar fortes doses de morfina. O seu grande sucesso "Hymne à l'amour" e "Mon Dieu" foram cantadas por Édith em memória de Marcel.
Em 1951, o jovem cantor Charles Aznavour converte-se em seu secretário, assistente, chofer e confidente. Ela ajudou-o a lançar a sua carreira. Em 1952 casa-se com o célebre cantor francês Jacques Pills, do qual se divorcia em 1956 e começa uma história de amor com Georges Moustaki, que Édith lança para a música. Ao seu lado sofre um grave acidente automobilístico em 1958, que piora o seu já deteriorado estado de saúde e a sua dependência à morfina. Edith grava o seu novo sucesso, a canção "Millord", da qual Moustaki é o autor. Em 1962, Piaf casa com Théo Sarapo (Theophanis Lamboukas), cabeleireiro grego que se tornou posteriormente cantor e ator, 20 anos mais novo do que ela.
Edith Piaf morreu a 10 de outubro de 1963 em Plascassier aos 47 anos e com a saúde abalada pelos excessos, pela morfina e todo o sofrimento de uma vida. Ela alugara uma mansão perto da praia, onde passou dois meses de descanso com amigos e com o marido, pouco tempo depois transferiu-se para uma herdade em Plascassier. O transporte do seu corpo para Paris foi feito clandestina e ilegalmente e o seu falecimento foi anunciado oficialmente a 11 de outubro. 

PUBLICADO digitalblueradio às 16:03 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
blogs SAPO