O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Aníbal, filho de Amílcar Barca nasceu em Cartago, 248 a.C. e morreu em Bitínia, 183a.C., foi um general e estadista cartaginês considerado por muitos como um dos maiores tácticos militares da história. O seu pai foi o principal comandante cartaginês durante a Primeira Guerra Púnica, travada contra Roma; os seus irmãos mais novos foram Magão e Asdrúbal, e o seu cunhado foi Asdrúbal, o Belo.
Ele foi um dos generais mais activos da Segunda Guerra Púnica, quando levou a cabo uma das façanhas militares mais audazes da Antiguidade: Aníbal e o seu exército, onde se incluíam elefantes de guerra, partiram da Hispânia e atravessaram os Pirineus e os Alpes com o objectivo de conquistar o norte de Itália. Ali derrotou os romanos em grandes batalhas campais como a do "lago Trasimeno" ou a de "Canas", no entanto não chegou a capturar Roma, mas conseguiu manter um exército em Itália durante mais de uma década. 
Por causa da invasão de África foi chamado de volta a Cartago, onde foi derrotado na Batalha de Zama.
Em meados do século III a.C., a cidade de Cartago, onde nasceu Aníbal, estava fortemente influenciada pela cultura helenística derivada dos vestígios do império de Alexandre Magno. A outra potência da época era Roma, com a qual Cartago entrou em guerra durante vinte anos num conflito conhecido como a Primeira Guerra Púnica. Sobre a educação de Aníbal sabemos muito pouco apenas que aprendeu de um preceptor espartano as letras gregas, a história de Alexandre Magno e a arte da guerra.
A "batalha do Ticinus", travada em 218 a.C., foi uma batalha da Segunda Guerra Púnica, na qual Aníbal derrotou os Romanos numa luta de cavalaria, a "batalha do Trébia" deu-se junto das margens do rio Trébia, a "batalha do Lago Trasimeno", foi uma batalha na qual Aníbal destruiu o exército romano de Caio Flamínio numa emboscada, matando-o e que deixou Roma à mercê de Aníbal. Esperava-se que o cartaginês, investisse contra a cidade para tomá-la e terminar, vitoriosamente, a guerra. Diante dessa séria ameaça, o senado romano decidiu nomear um ditador para dirigir a defesa, a escolha recaiu sobre Fábio Máximo.
Supondo que Aníbal marcharia contra Roma, Fábio concentrou os seus esforços em preparar a cidade para a resistência ao invasor. Mas o exército cartaginês não aparecia. E Fábio decidiu não procurar o inimigo, preferindo evitar uma batalha campal, optou por outra tactica, ordenou que todas as pessoas residentes na linha de marcha de Aníbal abandonassem as suas casas e fazendas, queimassem todas as propriedades e destruíssem as colheitas, para privar os invasores de quaisquer meios de manutenção. As tropas de Anibal estavam esgotadas por tão longa distância percorrida e de obstáculos que tiveram de enfrentar p´lo caminho, assim esperavam que não encontrando em especial mantimentos estes desistiriam, renderiam ou esperando o melhor momento de fraqueza os pudessem atacar e dizimar.
Aníbal começou a movimentar-se, os suprimentos estavam quase esgotados e não havia mais nada a ser tirado da terra conquistada. Aníbal era forçado a capturar algum rico depósito ou a deixar o país, marchou para sul e cruzando o rio desceu sobre a cidade de Canas. Apesar de ser um lugar sem importância, era um dos principais depósitos de grãos que os romanos usavam para abastecer o exército. Apoderando-se de Canas, Aníbal privara o exército romano de uma importante fonte de suprimentos, assegurando alimentação mais do que suficiente para o seu próprio exército. Roma tinha de agir, nenhum império pode sobreviver se não consegue lidar com os invasores da sua própria terra. Era essencial que o invasor fosse aniquilado, determinados, decidiram em avançar para uma decisiva batalha. Os romanos teriam o dobro dos homens, mas apesar da desproporção numérica é absolutamente improvável que Aníbal tenha ficado mais intranqüilo do que qualquer general que estivesse prestes a mandar seu exército para a batalha.
Anibal optou por dividir as suas tropas em duas partes, uma ficaria na planicie e a outra junto ao rio de forma a que quando as tropas romanas decidissem abastecer-se de água não o pudessem fazer. No dia em que os dois exércitos, pela primeira vez, ficaram à vista um do outro, era junho. O verão quente; a água era importantíssima, os romanos não tiveram alternativa senão posicionaram-se em formação de batalha, o trote de milhares de homens e cavalos, o alarido de armaduras e espadas, o relincho dos cavalos e os brados de comando de oficiais e centuriões, os dois exércitos defrontaram-se. Por toda aquela tarde quente, a planície  e o rio transformaram-se num matadouro. A vitória de Anibal. Naquele momento de triunfo, quando parecia que os seus inimigos estavam irreversivelmente derrotados, dificilmente haveria surpresa se alguns dentre os cartagineses sentissem ter chegado a hora de marchar sobre Roma. Mas Aníbal não tinha opção. O seu exército não era grande o bastante para investir sobre uma cidade do tamanho de Roma e cercá-la. Os cartagineses, com essa acção (em Canas), tornaram-se, de uma vez por todas, senhores de quase todo o resto da costa. Os romanos, por seu lado, devido a essa derrota, estavam apreensivos na expectativa de que Aníbal aparecesse a qualquer momento. 


As razões pelas quais ele não o fez são conhecidas, mas naquele momento parecia inconcebível para os romanos que ele não seguisse adiante com o seu triunfo. Mas as guerras e conflitos não ficava por aqui, superando com acréscimos os mais extraordinários relatos de ficção épica, Aníbal, de Cartago, que jurou com sangue a seu pai que apagaria da face da terra o império romano, executou a proeza impensável: conduzir uma tropa de 40 elefantes de guerra ao longo dos Alpes para confundir o inimigo com o elemento surpresa. Combinando seu lendário senso de intimidação e vontade de ferro, ele acabou com a vida de cada soldado inimigo que ousou atravessar seu caminho. Assista ao video que conta a história de Anibal - O conquistador.
PUBLICADO digitalblueradio às 22:45 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
SAPO Blogs