O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
David foi o segundo monarca do reino unificado de Israel, de acordo com a Bíblia hebraica. Foi retratado como um rei bondoso, músico e poeta. A sua data de nascimento terá sido por volta de 1040 a.C., e a sua morte em 970 a.C., tendo reinado sobre Judá e sobre o reino unificado de Israel. Os livros bíblicos de Samuel, são a única fonte de informação disponível sobre a sua vida e o seu reinado, embora se saiba da existência, em meados do século IX a.C., de uma dinastia real judaica chamada de "Casa de David".

A vida de David é particularmente importante para a cultura judaica, cristã e islâmica. No judaísmo David, é o Rei de Israel e do povo judaico; um descendente directo seu será o Messias judaico. No cristianismo David é mencionado como um ancestral do pai adoptivo de Jesus, José, e no islamismo é conhecido como um profeta e rei de uma nação. Filho de Jessé, da tribo de Judá, teria nascido na cidade de Belém e se destacado na luta dos israelitas contra os filisteus. Tornou-se rei, sucedendo a Saul e conquistou Jerusalém, que transformou em capital do Reino Unido de Israel.
Como acontece com vários outros personagens do antigo Israel, é relativamente difícil questionar a existência histórica de David. Embora não existam inscrições contemporâneas que façam referência ao rei, textos achados na Palestina parecem mencionar o seu nome. Um desses artefatos é a chamada "estela de Tel Dan", descoberta ao norte da Galiléia. A "estela de Tel Dan", traz um texto com a menção ao nome de David. Também foram descobertas minas de cobre na Jordânia que podem ser uma indicação da existência do personagem bíblico Rei Salomão, filho e sucessor do Rei David.
David foi o oitavo e o mais novo filho de Jessé, um habitante de Belém. O seu pai parece ter sido um homem de situação modesta. O nome da sua mãe não se encontra registrado, mas alguns pensam que ela era Nahash. Quanto à sua aparência pessoal, sabe-se apenas que ele tinha cabelos ruivos. Na narrativa bíblica ele aparece inicialmente como tocador de harpa na corte de Saul e ganha notoriedade ao matar em combate o gigante guerreiro filisteu Golias, ganhando o direito de casar com a filha do rei Saul e a isenção de impostos. 
Depois da morte de Saul, David governou a tribo de Judá, enquanto o filho de Saul, Isboset, governou o resto de Israel. Com a morte de Isboset, David foi escolhido como rei de toda a Israel e o seu reinado marca uma mudança na realidade dos judeus: de uma confederação de tribos, transformou-se numa nação estabelecida. Ele transferiu a capital de Hebron para Jerusalém, após conquistá-la e tornou-a o centro religioso dos israelitas, trazendo consigo a Arca Sagrada. 
David expandiu os territórios sobre os quais governou e trouxe prosperidade a Israel. Os seus últimos anos foram abalados por rebeliões lideradas pelos seus filhos e rivalidades familiares na corte. O Judaísmo Ortodoxo acredita que o Messias será um descendente do Rei David. O Novo Testamento qualifica Jesus como descendente de David. Porém é certo que José esposo de Maria era descendente de David, porém como a historia diz Maria ficou gravida do Espirito Santo, logo Jesus não descende de David. Segundo a tradição Judaica, o genro tornava-se filho do sogro, sendo assim Jesus descende de David. Maria também é descendente de David, portanto Jesus descende de David.
Samuel, instruído por Deus vai secretamente até a casa de Jessé para ungir um novo rei para Israel. Apesar de David ser o mais novo dos seus sete irmãos foi ele o escolhido por Deus para ser ungido. Mais tarde quando o exército filisteu se reuniu para enfrentar os israelitas, um gigante chamado Golias desafiou o exército israelita a enviar um homem para enfrentá-lo, no entanto, os israelitas tiveram medo do gigante. David, indignando-se da vergonha que Golias trazia a Deus e a todo exército de Israel com as suas palavras, decidiu enfrentá-lo. 
David enfrentou Golias munido apenas de uma funda e algumas pedras. Após a vitória David foi colocado como líder de um grupo de soldados sendo David bem sucedido em todas as suas missões e ganhando fama entre o povo, o rei Saul passou a invejá-lo e temeu perder o poder para David. A partir daí Saul tentou por inúmeras vezes matar David, que teve de fugir.

David fugiu para o deserto, a Bíblia fala que ladrões e assassinos começaram a procurá-lo, formando um pequeno contigente bélico, que o ajudava a defender-se das investidas do rei Saul. Quando rei Saul morreu David governou a tribo de Judá. E Isboset, filho de Saul, governou o restante de Israel. Quando Isboset morreu David foi escolhido por Deus para governar toda a Israel. 
  Verdade ou lenda... Seja o que for, as antigas escrituras afirmam que, contra todas as probabilidades, o jovem David derrotou o gigante Golias com uma pedra lançada com a sua poderosa funda, mudando com a sua vitória todo o futuro do povo israelita. 
PUBLICADO digitalblueradio às 22:48 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
blogs SAPO