O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Existe na sombra que acentua o contorno da arena do circo, tanta magia como o que existe no centro. Centro onde tudo brilha e aluz desenha uma aura em cada movimento.
Nessa meia penumbra existe o mistério onde os artistas aparecem e desaparecem. Poucos reparam no senhor de meia-idade, que vem anunciar os artistas e os seus números, mas também passa por ele um pouco da magia do circo, ele está ali noite após noite, ele é a alma do espectáculo, sem a sua voz sonante o circo ficaria muito pobre e cinzento.
" Senhoras e senhores, meninos e meninas, vamos assistir a um grande momento de perigo para o artista, muito silêncio, o espectáculo vai começar." 
 Ouvem-se os tambores, e o trapezistta sobe a corda a pulso até chegar ao topo mais alto, onde existem baloiços, traves onde ele se irá lançar como quem desafia o destino. Á medida que ele atinge o cume o tambor vai soando com mais intensidade, depois pára. O silêncio é de cortar a respiração, todos olham para cima com os olhos fitos naquele homem, sem pestanejar.
O artista toma balanço com as mãos no baloiço, atira-se para o abismo, e é salvo por outro baloiço que a sua "partenaire" atira do outro lado. Agarra-se a ele, e salta para o estrado onde ela se encontra. As palmas ecoam, o trapezista curva a cabeça, e faz um gesto como braço, uma vénia para agradecer. A sua "partenaire" de collants brilhantes, fato decotado ebranco, flecte as pernas, e também ela agradece a ovação.

 O espectáculo evolui, aparecem os palhaços, que são anunciados,...as palmas surgem. Quantas vezes não são estes obrigados a fazer rir, muitas vezes com mil motivos para chorar.
Mas a sua magia cativa muidos e graudos. O palhaço rico e palhaço pobre, por instantes toda a plateia vive momentos de magia, todos os problemas ficam lá fora.
 A noite continua com o espectáculo das argolas, os cães obedientes, que saltam e fazem acrobacias ao som da voz, os póneis, e a magia das feras, os animais que toda a criançada gosta de ver, os leões e elefantes, os tigres e os seus domadores.

 Todas estas pessoas que trabalham no circo são pessoas versáteis, profissionais que trabalham arduamente para que tudo corra bem e agrade ao espectador. No circo sonhamos ter na mão o mundo de fantasia, do mistério, e dos sonhos. Pena é que já não existam tantos espectáculos de circo como existia antigamente,...VIVA O CIRCO. 


  
PUBLICADO digitalblueradio às 15:47 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
E um meio de sobrevive
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
blogs SAPO