O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
  Brasil: mulher que roubou um pacote de manteiga condenada   a quatro anos de prisão 

São Paulo - A Justiça condenou a empregada doméstica Angélica Aparecida Souza, 19 anos, a quatro anos de prisão em regime semi-aberto por ter tentado roubar um pacote de manteiga. De acordo com o jornal "Diário de S.Paulo", ela afirmou que o ato foi causado por desespero, porque ela não aguentava ver o filho de 2 anos passar fome. Angélica entrou no mercado e foi surpeendida pelo dono, com um pacote de 200 gramas de manteiga escondida no boné. 
A polícia foi acionada e Angélica passou 128 dias na cadeia de Pinheiros. O seu advogado, pediu liberdade provisória por quatro vezes, mas todas foram negadas. Ele recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça, alegando que sua cliente não tinha antecedentes. Depois de quatro meses, Angélica foi libertada. Mas agora, foi condenada a cumprir pena em regime semi-aberto.
PERGUNTA: Uma mulher rouba um pacote de manteiga e é condenada a pena de prisão, um politico rouba milhões e o que lhe acontece?


 
PUBLICADO digitalblueradio às 19:00 | LINK DO POST
  Brasil: mulher que roubou um pacote de manteiga condenada   a quatro anos de prisão 

São Paulo - A Justiça condenou a empregada doméstica Angélica Aparecida Souza, 19 anos, a quatro anos de prisão em regime semi-aberto por ter tentado roubar um pacote de manteiga. De acordo com o jornal "Diário de S.Paulo", ela afirmou que o ato foi causado por desespero, porque ela não aguentava ver o filho de 2 anos passar fome. Angélica entrou no mercado e foi surpeendida pelo dono, com um pacote de 200 gramas de manteiga escondida no boné. 
A polícia foi acionada e Angélica passou 128 dias na cadeia de Pinheiros. O seu advogado, pediu liberdade provisória por quatro vezes, mas todas foram negadas. Ele recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça, alegando que sua cliente não tinha antecedentes. Depois de quatro meses, Angélica foi libertada. Mas agora, foi condenada a cumprir pena em regime semi-aberto.
PERGUNTA: Uma mulher rouba um pacote de manteiga e é condenada a pena de prisão, um politico rouba milhões e o que lhe acontece?


 
PUBLICADO digitalblueradio às 19:00 | LINK DO POST
  Brasil: mulher que roubou um pacote de manteiga condenada   a quatro anos de prisão 

São Paulo - A Justiça condenou a empregada doméstica Angélica Aparecida Souza, 19 anos, a quatro anos de prisão em regime semi-aberto por ter tentado roubar um pacote de manteiga. De acordo com o jornal "Diário de S.Paulo", ela afirmou que o ato foi causado por desespero, porque ela não aguentava ver o filho de 2 anos passar fome. Angélica entrou no mercado e foi surpeendida pelo dono, com um pacote de 200 gramas de manteiga escondida no boné. 
A polícia foi acionada e Angélica passou 128 dias na cadeia de Pinheiros. O seu advogado, pediu liberdade provisória por quatro vezes, mas todas foram negadas. Ele recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça, alegando que sua cliente não tinha antecedentes. Depois de quatro meses, Angélica foi libertada. Mas agora, foi condenada a cumprir pena em regime semi-aberto.
PERGUNTA: Uma mulher rouba um pacote de manteiga e é condenada a pena de prisão, um politico rouba milhões e o que lhe acontece?


 
PUBLICADO digitalblueradio às 19:00 | LINK DO POST
Neste espaço decidi incluir a história de algumas figuras de destaque da sociedade Portuguesa, empresários, actores, musicos, cantores, politicos, etc....personalidades que p´los seus feitos merecem destaque na nossa sociedade.
 Belmiro Mendes de Azevedo nasceu em Tuias, Marco de Canaveses, a 17 de Fevereiro de 1938. Belmiro de Azevedo é o mais velho dos oito filhos de Manuel de Azevedo, carpinteiro e agricultor, e de Adelina Ferreira Mendes, costureira. 
 Depois da instrução primária, foi para o Porto, aos cuidados de um tio. Frequentou o Liceu Nacional Alexandre Herculano, de onde seguiu para a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Entre 1959 e 1960 foi chamado a cumprir o serviço militar obrigatório. Em 1964 licenciou-se em Engenharia Química. Durante os estudos praticou andebol, no Centro Desportivo Universitário do Porto e no Futebol Clube do Porto.

Belmiro começou a trabalhar cedo para poder pagar os seus estudos. Ainda antes de terminar o curso, entrou para a Efanor (Empresa Fabril do Norte), localizada nos arredores do Porto. Pouco depois ingressa na Sonae (Sociedade Nacional de Estratificados), cujo controlo assumirá em 1974. Durante anos, foi polémico o conflito judicial entre Belmiro de Azevedo e a família de Afonso Pinto de Magalhães, fundador da empresa.

Em 1975 vai aos Estados Unidos, onde obtém um diploma de especialização em Gestão de Empresas, na Universidade de Harvard. Sob o seu comando, a Sonae estendeu a sua actividade a novas áreas como a dos hipermercados (Continente e Modelo)
                Comunicações e a das telecomunicações. 
 Posteriormente, o grupo procurou expandir-se internacionalmente e apostou no retalho especializado (Bonjour, Vobis, Worten, Sportzone, etc.). A partir de 1985, a Sonae passou a ser cotada na Bolsa de Valores e Belmiro torna-se accionista maioritário do grupo. Também em 1985 diploma-se no Finantial Management Program da Universidade de Stanford. Em paralelo com a actividade empresarial, criou, em 1991, a Fundação Belmiro de Azevedo, que desenvolve a política de mecenato da empresa, nas áreas da Educação, das Artes, da Cultura e da Solidariedade, em acções de parceria com indivíduos e entidades.
 É adepto do Futebol Clube do Porto e sócio honorário do Futebol Clube Marco de Canaveses. 
PUBLICADO digitalblueradio às 15:03 | LINK DO POST
Neste espaço decidi incluir a história de algumas figuras de destaque da sociedade Portuguesa, empresários, actores, musicos, cantores, politicos, etc....personalidades que p´los seus feitos merecem destaque na nossa sociedade.
 Belmiro Mendes de Azevedo nasceu em Tuias, Marco de Canaveses, a 17 de Fevereiro de 1938. Belmiro de Azevedo é o mais velho dos oito filhos de Manuel de Azevedo, carpinteiro e agricultor, e de Adelina Ferreira Mendes, costureira. 
 Depois da instrução primária, foi para o Porto, aos cuidados de um tio. Frequentou o Liceu Nacional Alexandre Herculano, de onde seguiu para a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Entre 1959 e 1960 foi chamado a cumprir o serviço militar obrigatório. Em 1964 licenciou-se em Engenharia Química. Durante os estudos praticou andebol, no Centro Desportivo Universitário do Porto e no Futebol Clube do Porto.

Belmiro começou a trabalhar cedo para poder pagar os seus estudos. Ainda antes de terminar o curso, entrou para a Efanor (Empresa Fabril do Norte), localizada nos arredores do Porto. Pouco depois ingressa na Sonae (Sociedade Nacional de Estratificados), cujo controlo assumirá em 1974. Durante anos, foi polémico o conflito judicial entre Belmiro de Azevedo e a família de Afonso Pinto de Magalhães, fundador da empresa.

Em 1975 vai aos Estados Unidos, onde obtém um diploma de especialização em Gestão de Empresas, na Universidade de Harvard. Sob o seu comando, a Sonae estendeu a sua actividade a novas áreas como a dos hipermercados (Continente e Modelo)
                Comunicações e a das telecomunicações. 
 Posteriormente, o grupo procurou expandir-se internacionalmente e apostou no retalho especializado (Bonjour, Vobis, Worten, Sportzone, etc.). A partir de 1985, a Sonae passou a ser cotada na Bolsa de Valores e Belmiro torna-se accionista maioritário do grupo. Também em 1985 diploma-se no Finantial Management Program da Universidade de Stanford. Em paralelo com a actividade empresarial, criou, em 1991, a Fundação Belmiro de Azevedo, que desenvolve a política de mecenato da empresa, nas áreas da Educação, das Artes, da Cultura e da Solidariedade, em acções de parceria com indivíduos e entidades.
 É adepto do Futebol Clube do Porto e sócio honorário do Futebol Clube Marco de Canaveses. 
PUBLICADO digitalblueradio às 15:03 | LINK DO POST
Neste espaço decidi incluir a história de algumas figuras de destaque da sociedade Portuguesa, empresários, actores, musicos, cantores, politicos, etc....personalidades que p´los seus feitos merecem destaque na nossa sociedade.
 Belmiro Mendes de Azevedo nasceu em Tuias, Marco de Canaveses, a 17 de Fevereiro de 1938. Belmiro de Azevedo é o mais velho dos oito filhos de Manuel de Azevedo, carpinteiro e agricultor, e de Adelina Ferreira Mendes, costureira. 
 Depois da instrução primária, foi para o Porto, aos cuidados de um tio. Frequentou o Liceu Nacional Alexandre Herculano, de onde seguiu para a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Entre 1959 e 1960 foi chamado a cumprir o serviço militar obrigatório. Em 1964 licenciou-se em Engenharia Química. Durante os estudos praticou andebol, no Centro Desportivo Universitário do Porto e no Futebol Clube do Porto.

Belmiro começou a trabalhar cedo para poder pagar os seus estudos. Ainda antes de terminar o curso, entrou para a Efanor (Empresa Fabril do Norte), localizada nos arredores do Porto. Pouco depois ingressa na Sonae (Sociedade Nacional de Estratificados), cujo controlo assumirá em 1974. Durante anos, foi polémico o conflito judicial entre Belmiro de Azevedo e a família de Afonso Pinto de Magalhães, fundador da empresa.

Em 1975 vai aos Estados Unidos, onde obtém um diploma de especialização em Gestão de Empresas, na Universidade de Harvard. Sob o seu comando, a Sonae estendeu a sua actividade a novas áreas como a dos hipermercados (Continente e Modelo)
                Comunicações e a das telecomunicações. 
 Posteriormente, o grupo procurou expandir-se internacionalmente e apostou no retalho especializado (Bonjour, Vobis, Worten, Sportzone, etc.). A partir de 1985, a Sonae passou a ser cotada na Bolsa de Valores e Belmiro torna-se accionista maioritário do grupo. Também em 1985 diploma-se no Finantial Management Program da Universidade de Stanford. Em paralelo com a actividade empresarial, criou, em 1991, a Fundação Belmiro de Azevedo, que desenvolve a política de mecenato da empresa, nas áreas da Educação, das Artes, da Cultura e da Solidariedade, em acções de parceria com indivíduos e entidades.
 É adepto do Futebol Clube do Porto e sócio honorário do Futebol Clube Marco de Canaveses. 
PUBLICADO digitalblueradio às 15:03 | LINK DO POST
tags:
 Carlos Viegas Gago Coutinho nasceu em Lisboa a 17 de Fevereiro de 1869 e faleceu a 18 de Fevereiro de 1959, foi geógrafo cartógrafo, oficial da Marinha Portuguesa, navegador e historiador. Juntamente com Sacadura Cabral, tornou-se um pioneiro da aviação ao efectuar a Primeira travessia aérea do Atlântico Sul, no hidroavião Lusitânia.
 Gago Coutinho, nasceu em Lisboa, a 17 de Fevereiro de 1869, filho de José Viegas Gago Coutinho e de Fortunata Maria Coutinho. De família humilde, não pode frequentar, como desejava, o curso de Engenharia na Alemanha e ingressou, aos 17 anos, na Marinha Portuguesa, tendo terminado o curso da Escola Naval em 1888. Serviu em vários navios e participou nas operações militares de Tungue em 1891 e em Timor em 1912.

Até 1920 cartografou Timor, Niassa, Congo, Zambézia, Barotze e São Tomé e Príncipe, estabelecendo vértices geodésicos e determinando coordenadas em missões científicas onde conseguia precisões notáveis, devido ao seu rigor e dedicação à missão que lhe fora confiada. Respondeu pela delimitação definitiva da parte norte da fronteira entre Angola e Zaire.

No decurso destes trabalhos fez a pé a travessia de África, onde conheceu Sacadura Cabral. Este incentivou-o a dedicar-se á navegação aérea, o que levou ao desenvolvimento do sextante de bolha artificial, posteriormente comercializado pela empresa alemã Plath com o nome "Sistema Gago Coutinho". Juntos inventaram ainda um "corretor de rumos" para compensar o desvio causado pelo vento. Para testar essas ferramentas de navegação aérea, realizaram em 1921 a travessia aérea Lisboa-Funchal.

Em 1922, no contexto das comemorações do centenário da Independência do Brasil, os dois aviadores realizaram a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, sendo recebidos entusiasticamente em várias cidades do Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Recife), bem como no regresso a Portugal.

Gago Coutinho recebeu largo reconhecimento devido a este feito, tendo sido promovido a contra-almirante e condecorado com as mais altas e prestigiosas distinções do Estado Português, além de ter recebido várias outras condecorações estrangeiras. Retirou-se da vida militar em 1939. Em 1954 a TAP convidou-o para um voo experimental ao Rio de Janeiro num DC-4, antecipando a futura linha regular que se estabeleceria em 1961.

A partir de 1925 dedicou-se à História Náutica, tendo desenvolvido vasta obra de investigação científica, publicando significativa variedade de trabalhos geográficos e históricos, principalmente acerca das navegações portuguesas, como, por exemplo, "O Roteiro da Viagem de Vasco da Gama", vários dos seus trabalhos encontram-se compilados na "Náutica dos Descobrimentos". Por decisão da Assembleia Nacional foi promovido a Almirante em 1958. Faleceu no dia seguinte a completar 90 anos, sendo sepultado no Cemitério da Ajuda em Lisboa.
PUBLICADO digitalblueradio às 14:46 | LINK DO POST
 Carlos Viegas Gago Coutinho nasceu em Lisboa a 17 de Fevereiro de 1869 e faleceu a 18 de Fevereiro de 1959, foi geógrafo cartógrafo, oficial da Marinha Portuguesa, navegador e historiador. Juntamente com Sacadura Cabral, tornou-se um pioneiro da aviação ao efectuar a Primeira travessia aérea do Atlântico Sul, no hidroavião Lusitânia.
 Gago Coutinho, nasceu em Lisboa, a 17 de Fevereiro de 1869, filho de José Viegas Gago Coutinho e de Fortunata Maria Coutinho. De família humilde, não pode frequentar, como desejava, o curso de Engenharia na Alemanha e ingressou, aos 17 anos, na Marinha Portuguesa, tendo terminado o curso da Escola Naval em 1888. Serviu em vários navios e participou nas operações militares de Tungue em 1891 e em Timor em 1912.

Até 1920 cartografou Timor, Niassa, Congo, Zambézia, Barotze e São Tomé e Príncipe, estabelecendo vértices geodésicos e determinando coordenadas em missões científicas onde conseguia precisões notáveis, devido ao seu rigor e dedicação à missão que lhe fora confiada. Respondeu pela delimitação definitiva da parte norte da fronteira entre Angola e Zaire.

No decurso destes trabalhos fez a pé a travessia de África, onde conheceu Sacadura Cabral. Este incentivou-o a dedicar-se á navegação aérea, o que levou ao desenvolvimento do sextante de bolha artificial, posteriormente comercializado pela empresa alemã Plath com o nome "Sistema Gago Coutinho". Juntos inventaram ainda um "corretor de rumos" para compensar o desvio causado pelo vento. Para testar essas ferramentas de navegação aérea, realizaram em 1921 a travessia aérea Lisboa-Funchal.

Em 1922, no contexto das comemorações do centenário da Independência do Brasil, os dois aviadores realizaram a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, sendo recebidos entusiasticamente em várias cidades do Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Recife), bem como no regresso a Portugal.

Gago Coutinho recebeu largo reconhecimento devido a este feito, tendo sido promovido a contra-almirante e condecorado com as mais altas e prestigiosas distinções do Estado Português, além de ter recebido várias outras condecorações estrangeiras. Retirou-se da vida militar em 1939. Em 1954 a TAP convidou-o para um voo experimental ao Rio de Janeiro num DC-4, antecipando a futura linha regular que se estabeleceria em 1961.

A partir de 1925 dedicou-se à História Náutica, tendo desenvolvido vasta obra de investigação científica, publicando significativa variedade de trabalhos geográficos e históricos, principalmente acerca das navegações portuguesas, como, por exemplo, "O Roteiro da Viagem de Vasco da Gama", vários dos seus trabalhos encontram-se compilados na "Náutica dos Descobrimentos". Por decisão da Assembleia Nacional foi promovido a Almirante em 1958. Faleceu no dia seguinte a completar 90 anos, sendo sepultado no Cemitério da Ajuda em Lisboa.
PUBLICADO digitalblueradio às 14:46 | LINK DO POST
 Carlos Viegas Gago Coutinho nasceu em Lisboa a 17 de Fevereiro de 1869 e faleceu a 18 de Fevereiro de 1959, foi geógrafo cartógrafo, oficial da Marinha Portuguesa, navegador e historiador. Juntamente com Sacadura Cabral, tornou-se um pioneiro da aviação ao efectuar a Primeira travessia aérea do Atlântico Sul, no hidroavião Lusitânia.
 Gago Coutinho, nasceu em Lisboa, a 17 de Fevereiro de 1869, filho de José Viegas Gago Coutinho e de Fortunata Maria Coutinho. De família humilde, não pode frequentar, como desejava, o curso de Engenharia na Alemanha e ingressou, aos 17 anos, na Marinha Portuguesa, tendo terminado o curso da Escola Naval em 1888. Serviu em vários navios e participou nas operações militares de Tungue em 1891 e em Timor em 1912.

Até 1920 cartografou Timor, Niassa, Congo, Zambézia, Barotze e São Tomé e Príncipe, estabelecendo vértices geodésicos e determinando coordenadas em missões científicas onde conseguia precisões notáveis, devido ao seu rigor e dedicação à missão que lhe fora confiada. Respondeu pela delimitação definitiva da parte norte da fronteira entre Angola e Zaire.

No decurso destes trabalhos fez a pé a travessia de África, onde conheceu Sacadura Cabral. Este incentivou-o a dedicar-se á navegação aérea, o que levou ao desenvolvimento do sextante de bolha artificial, posteriormente comercializado pela empresa alemã Plath com o nome "Sistema Gago Coutinho". Juntos inventaram ainda um "corretor de rumos" para compensar o desvio causado pelo vento. Para testar essas ferramentas de navegação aérea, realizaram em 1921 a travessia aérea Lisboa-Funchal.

Em 1922, no contexto das comemorações do centenário da Independência do Brasil, os dois aviadores realizaram a primeira travessia aérea do Atlântico Sul, sendo recebidos entusiasticamente em várias cidades do Brasil (Rio de Janeiro, São Paulo, Recife), bem como no regresso a Portugal.

Gago Coutinho recebeu largo reconhecimento devido a este feito, tendo sido promovido a contra-almirante e condecorado com as mais altas e prestigiosas distinções do Estado Português, além de ter recebido várias outras condecorações estrangeiras. Retirou-se da vida militar em 1939. Em 1954 a TAP convidou-o para um voo experimental ao Rio de Janeiro num DC-4, antecipando a futura linha regular que se estabeleceria em 1961.

A partir de 1925 dedicou-se à História Náutica, tendo desenvolvido vasta obra de investigação científica, publicando significativa variedade de trabalhos geográficos e históricos, principalmente acerca das navegações portuguesas, como, por exemplo, "O Roteiro da Viagem de Vasco da Gama", vários dos seus trabalhos encontram-se compilados na "Náutica dos Descobrimentos". Por decisão da Assembleia Nacional foi promovido a Almirante em 1958. Faleceu no dia seguinte a completar 90 anos, sendo sepultado no Cemitério da Ajuda em Lisboa.
PUBLICADO digitalblueradio às 14:46 | LINK DO POST
tags:
  Chefe é sempre chefe...não discuta...
Um guarda-noturno trabalhava numa empresa especializada em lapidação de diamantes.

Uma manhã ele contou ao seu chefe um sonho que tinha tido na noite anterior.

Disse que o avião em que o chefe ia viajar sofreria um acidente e, em consequência, todos os passageiros morreriam.
O chefe, jovem executivo, dinâmico e empreendedor, tinha um verdadeiro pânico de andar de avião.
Assustado com a informação do empregado, decidiu cancelar o vôo.
Três dias mais tarde, leu nas manchetes dos principais jornais que aquele avião caíra ao mar e não havia notícia de sobreviventes...!
Imediatamente chamou o guarda-noturno, mostrou-lhe a notícia do jornal, agradeceu efusivamente pelo aviso que lhe salvara a vida e, a seguir, sem nenhuma explicação, despediu-o da companhia.
O guarda não compreendeu porque tinha sido despedido depois de salvar a vida do seu chefe.
Pergunta: - Por que é o guarda foi mandado embora?
Pense um pouco...antes de ler a resposta
Resposta: O empregado era guarda-noturno.
Se teve um sonho à noite, é porque estava a dormir em serviço...!
Conclusão:Chefe é chefe...

Num hotel da Suíça para esquiadores havia um cartaz que informava as condições da neve:
Neuchatel, 12 cm, mole.
Lausanne, 18 cm, escorregadia.
Schaffhausen, 15 cm, consistente.
Por baixo alguém escreveu
Sebastião da Silva (emigrante), 24 cm, dura
Chegam uns recém casados a um hotel e a inocente rapariga diz ao marido: 
M- Amor, eu não sei nada destas coisas, vais ter que me ensinar.
H- Minha vida, a partir deste momento, à 'tua coisita' vamos chamar-lhe "prisão" e a 'este' vamos chamar o "prisioneiro", vamos meter o prisioneiro na prisão.
E lá começam eles mete o "prisioneiro", tira o "prisioneiro", mete,..tira,..mete..tira...Até que exausto o homem deita-se na cama, mas a rapariga entusiasmada diz ao marido: 

M-'Amor, o prisioneiro está fora da prisão'.
O esposo não muito entusiasmado diz:
H-Vamos metê-lo na prisão outra vez. 
 E seguem com a 2ª a 3ª, a 4ª....Mas a rapariga é bastante gulosa e diz-lhe: 
M-Amor, o prisioneiro está fora outra vez!!
Levanta-se o tipo como pode, com as pernas a tremer, desesperado diz o marido: 
H- oh, pá,..não chateies,,...outra vez??? também não é prisão perpétua ...!!!
Um criador de galinhas vai a um bar, senta-se ao lado de uma mulher e pede uma taça de champanhe.
A mulher comenta: 
M- Que tal vai isso? Eu também pedi uma taça de champanhe.
H- Que coincidência! Hoje é um dia especial para mim. Eu a festejar.
M- Que engraçado, hoje também é um dia especial para mim! Eu também estou a festejar.
H- Que coincidência! - diz o homem.
Quando 'batem' as taças, ele pergunta:
H- E já agora o que é que a senhora está a celebrar?
M- Sabe, eu e o meu marido andamos a tentar há muito tempo ter um filho e hoje o meu ginecologista disse-me que estou grávida.
H- Que coincidência! - diz o homem. Sou criador de galinhas e durante muitos anos as minhas galinhas não eram férteis. 
Mas consegui, elas hoje já põem ovos.
M- Isso é óptimo - diz a mulher. Como conseguiu que as galinhas ficassem férteis?
H- Usei um galo diferente - diz ele.
A mulher sorri, brinda novamente e diz:
M- Outra coincidência!!!

Ti Maneli, alentejano pensou bem e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro a tribunal. No tribunal, o advogado do réu começou por perguntar ao Ti Maneli:

AD- Desculpe, mas o senhor na altura do acidente não disse "Estou óptimo"?

Ti Maneli responde: Bem, eu vou contar o que aconteceu. Eu tinha acabado de colocar a minha mula na caminete...

AD- Eu não pedi detalhes! - Interrompeu o advogado. -Responda somente à questão: O Senhor não disse na cena do acidente: "Estou óptimo"?

TM- Bem, eu coloquei a mula na caminete e estava descendo a rua...

O advogado interrompe novamente e diz:

- Meritíssimo, estou a tentar estabelecer os factos. Na cena do acidente este homem disse ao soldado da GNR que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está a processar o meu cliente, e isto não pode ser. Por favor, poderia dizer-lhe que deve responder somente à minha pergunta.

Mas, nesta altura, o Juiz mostra-se muito interessado na resposta do Ti Maneli e diz ao advogado: Eu quero ouvir a versão dele.

Ti Maneli agradece ao Juiz e prossegue:

- Como ê estava dizendo, coloqi a mula na caminete e estava descendo a rua quando uma pick up passou o sinal vermelho e bateu num lado da minha caminete. Eu fui lançado fora do carro para um lado da rua e a mula foi lançada pro outro lado. Eu fiquei muito ferido e mal me podia mexer. Mas eu conseguia ouvir a mula zurrando e grunhindo e, pelo barulho, percebi que ela estava muito ferida. Em seguida chegou o soldado da GNR. Ele ouviu a mula gritando e zurrando e foi ver como ela estava. Depois de ter olhado bem para a mula, abanou a cabeça, pegou na pistola e deu-lhe três tiros. Depois atravessou a estrada com a arma na mão, olhou para mim e disse:
P- A sua mula estava muito mal, tive que a abater. E o senhor, como é que se está a sentir?

TM- Aí ê pensi bem e disse: ..... Eu ? Estou óptimo....
Porra ia dizer que tava mal, não ???
PUBLICADO digitalblueradio às 11:40 | LINK DO POST
tags:
  Chefe é sempre chefe...não discuta...
Um guarda-noturno trabalhava numa empresa especializada em lapidação de diamantes.

Uma manhã ele contou ao seu chefe um sonho que tinha tido na noite anterior.

Disse que o avião em que o chefe ia viajar sofreria um acidente e, em consequência, todos os passageiros morreriam.
O chefe, jovem executivo, dinâmico e empreendedor, tinha um verdadeiro pânico de andar de avião.
Assustado com a informação do empregado, decidiu cancelar o vôo.
Três dias mais tarde, leu nas manchetes dos principais jornais que aquele avião caíra ao mar e não havia notícia de sobreviventes...!
Imediatamente chamou o guarda-noturno, mostrou-lhe a notícia do jornal, agradeceu efusivamente pelo aviso que lhe salvara a vida e, a seguir, sem nenhuma explicação, despediu-o da companhia.
O guarda não compreendeu porque tinha sido despedido depois de salvar a vida do seu chefe.
Pergunta: - Por que é o guarda foi mandado embora?
Pense um pouco...antes de ler a resposta
Resposta: O empregado era guarda-noturno.
Se teve um sonho à noite, é porque estava a dormir em serviço...!
Conclusão:Chefe é chefe...

Num hotel da Suíça para esquiadores havia um cartaz que informava as condições da neve:
Neuchatel, 12 cm, mole.
Lausanne, 18 cm, escorregadia.
Schaffhausen, 15 cm, consistente.
Por baixo alguém escreveu
Sebastião da Silva (emigrante), 24 cm, dura
Chegam uns recém casados a um hotel e a inocente rapariga diz ao marido: 
M- Amor, eu não sei nada destas coisas, vais ter que me ensinar.
H- Minha vida, a partir deste momento, à 'tua coisita' vamos chamar-lhe "prisão" e a 'este' vamos chamar o "prisioneiro", vamos meter o prisioneiro na prisão.
E lá começam eles mete o "prisioneiro", tira o "prisioneiro", mete,..tira,..mete..tira...Até que exausto o homem deita-se na cama, mas a rapariga entusiasmada diz ao marido: 

M-'Amor, o prisioneiro está fora da prisão'.
O esposo não muito entusiasmado diz:
H-Vamos metê-lo na prisão outra vez. 
 E seguem com a 2ª a 3ª, a 4ª....Mas a rapariga é bastante gulosa e diz-lhe: 
M-Amor, o prisioneiro está fora outra vez!!
Levanta-se o tipo como pode, com as pernas a tremer, desesperado diz o marido: 
H- oh, pá,..não chateies,,...outra vez??? também não é prisão perpétua ...!!!
Um criador de galinhas vai a um bar, senta-se ao lado de uma mulher e pede uma taça de champanhe.
A mulher comenta: 
M- Que tal vai isso? Eu também pedi uma taça de champanhe.
H- Que coincidência! Hoje é um dia especial para mim. Eu a festejar.
M- Que engraçado, hoje também é um dia especial para mim! Eu também estou a festejar.
H- Que coincidência! - diz o homem.
Quando 'batem' as taças, ele pergunta:
H- E já agora o que é que a senhora está a celebrar?
M- Sabe, eu e o meu marido andamos a tentar há muito tempo ter um filho e hoje o meu ginecologista disse-me que estou grávida.
H- Que coincidência! - diz o homem. Sou criador de galinhas e durante muitos anos as minhas galinhas não eram férteis. 
Mas consegui, elas hoje já põem ovos.
M- Isso é óptimo - diz a mulher. Como conseguiu que as galinhas ficassem férteis?
H- Usei um galo diferente - diz ele.
A mulher sorri, brinda novamente e diz:
M- Outra coincidência!!!

Ti Maneli, alentejano pensou bem e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro a tribunal. No tribunal, o advogado do réu começou por perguntar ao Ti Maneli:

AD- Desculpe, mas o senhor na altura do acidente não disse "Estou óptimo"?

Ti Maneli responde: Bem, eu vou contar o que aconteceu. Eu tinha acabado de colocar a minha mula na caminete...

AD- Eu não pedi detalhes! - Interrompeu o advogado. -Responda somente à questão: O Senhor não disse na cena do acidente: "Estou óptimo"?

TM- Bem, eu coloquei a mula na caminete e estava descendo a rua...

O advogado interrompe novamente e diz:

- Meritíssimo, estou a tentar estabelecer os factos. Na cena do acidente este homem disse ao soldado da GNR que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está a processar o meu cliente, e isto não pode ser. Por favor, poderia dizer-lhe que deve responder somente à minha pergunta.

Mas, nesta altura, o Juiz mostra-se muito interessado na resposta do Ti Maneli e diz ao advogado: Eu quero ouvir a versão dele.

Ti Maneli agradece ao Juiz e prossegue:

- Como ê estava dizendo, coloqi a mula na caminete e estava descendo a rua quando uma pick up passou o sinal vermelho e bateu num lado da minha caminete. Eu fui lançado fora do carro para um lado da rua e a mula foi lançada pro outro lado. Eu fiquei muito ferido e mal me podia mexer. Mas eu conseguia ouvir a mula zurrando e grunhindo e, pelo barulho, percebi que ela estava muito ferida. Em seguida chegou o soldado da GNR. Ele ouviu a mula gritando e zurrando e foi ver como ela estava. Depois de ter olhado bem para a mula, abanou a cabeça, pegou na pistola e deu-lhe três tiros. Depois atravessou a estrada com a arma na mão, olhou para mim e disse:
P- A sua mula estava muito mal, tive que a abater. E o senhor, como é que se está a sentir?

TM- Aí ê pensi bem e disse: ..... Eu ? Estou óptimo....
Porra ia dizer que tava mal, não ???
PUBLICADO digitalblueradio às 11:40 | LINK DO POST
tags:
  Chefe é sempre chefe...não discuta...
Um guarda-noturno trabalhava numa empresa especializada em lapidação de diamantes.

Uma manhã ele contou ao seu chefe um sonho que tinha tido na noite anterior.

Disse que o avião em que o chefe ia viajar sofreria um acidente e, em consequência, todos os passageiros morreriam.
O chefe, jovem executivo, dinâmico e empreendedor, tinha um verdadeiro pânico de andar de avião.
Assustado com a informação do empregado, decidiu cancelar o vôo.
Três dias mais tarde, leu nas manchetes dos principais jornais que aquele avião caíra ao mar e não havia notícia de sobreviventes...!
Imediatamente chamou o guarda-noturno, mostrou-lhe a notícia do jornal, agradeceu efusivamente pelo aviso que lhe salvara a vida e, a seguir, sem nenhuma explicação, despediu-o da companhia.
O guarda não compreendeu porque tinha sido despedido depois de salvar a vida do seu chefe.
Pergunta: - Por que é o guarda foi mandado embora?
Pense um pouco...antes de ler a resposta
Resposta: O empregado era guarda-noturno.
Se teve um sonho à noite, é porque estava a dormir em serviço...!
Conclusão:Chefe é chefe...

Num hotel da Suíça para esquiadores havia um cartaz que informava as condições da neve:
Neuchatel, 12 cm, mole.
Lausanne, 18 cm, escorregadia.
Schaffhausen, 15 cm, consistente.
Por baixo alguém escreveu
Sebastião da Silva (emigrante), 24 cm, dura
Chegam uns recém casados a um hotel e a inocente rapariga diz ao marido: 
M- Amor, eu não sei nada destas coisas, vais ter que me ensinar.
H- Minha vida, a partir deste momento, à 'tua coisita' vamos chamar-lhe "prisão" e a 'este' vamos chamar o "prisioneiro", vamos meter o prisioneiro na prisão.
E lá começam eles mete o "prisioneiro", tira o "prisioneiro", mete,..tira,..mete..tira...Até que exausto o homem deita-se na cama, mas a rapariga entusiasmada diz ao marido: 

M-'Amor, o prisioneiro está fora da prisão'.
O esposo não muito entusiasmado diz:
H-Vamos metê-lo na prisão outra vez. 
 E seguem com a 2ª a 3ª, a 4ª....Mas a rapariga é bastante gulosa e diz-lhe: 
M-Amor, o prisioneiro está fora outra vez!!
Levanta-se o tipo como pode, com as pernas a tremer, desesperado diz o marido: 
H- oh, pá,..não chateies,,...outra vez??? também não é prisão perpétua ...!!!
Um criador de galinhas vai a um bar, senta-se ao lado de uma mulher e pede uma taça de champanhe.
A mulher comenta: 
M- Que tal vai isso? Eu também pedi uma taça de champanhe.
H- Que coincidência! Hoje é um dia especial para mim. Eu a festejar.
M- Que engraçado, hoje também é um dia especial para mim! Eu também estou a festejar.
H- Que coincidência! - diz o homem.
Quando 'batem' as taças, ele pergunta:
H- E já agora o que é que a senhora está a celebrar?
M- Sabe, eu e o meu marido andamos a tentar há muito tempo ter um filho e hoje o meu ginecologista disse-me que estou grávida.
H- Que coincidência! - diz o homem. Sou criador de galinhas e durante muitos anos as minhas galinhas não eram férteis. 
Mas consegui, elas hoje já põem ovos.
M- Isso é óptimo - diz a mulher. Como conseguiu que as galinhas ficassem férteis?
H- Usei um galo diferente - diz ele.
A mulher sorri, brinda novamente e diz:
M- Outra coincidência!!!

Ti Maneli, alentejano pensou bem e decidiu que os ferimentos que sofreu num acidente de trânsito eram sérios o suficiente para levar o dono do outro carro a tribunal. No tribunal, o advogado do réu começou por perguntar ao Ti Maneli:

AD- Desculpe, mas o senhor na altura do acidente não disse "Estou óptimo"?

Ti Maneli responde: Bem, eu vou contar o que aconteceu. Eu tinha acabado de colocar a minha mula na caminete...

AD- Eu não pedi detalhes! - Interrompeu o advogado. -Responda somente à questão: O Senhor não disse na cena do acidente: "Estou óptimo"?

TM- Bem, eu coloquei a mula na caminete e estava descendo a rua...

O advogado interrompe novamente e diz:

- Meritíssimo, estou a tentar estabelecer os factos. Na cena do acidente este homem disse ao soldado da GNR que estava bem. Agora, várias semanas após o acidente ele está a processar o meu cliente, e isto não pode ser. Por favor, poderia dizer-lhe que deve responder somente à minha pergunta.

Mas, nesta altura, o Juiz mostra-se muito interessado na resposta do Ti Maneli e diz ao advogado: Eu quero ouvir a versão dele.

Ti Maneli agradece ao Juiz e prossegue:

- Como ê estava dizendo, coloqi a mula na caminete e estava descendo a rua quando uma pick up passou o sinal vermelho e bateu num lado da minha caminete. Eu fui lançado fora do carro para um lado da rua e a mula foi lançada pro outro lado. Eu fiquei muito ferido e mal me podia mexer. Mas eu conseguia ouvir a mula zurrando e grunhindo e, pelo barulho, percebi que ela estava muito ferida. Em seguida chegou o soldado da GNR. Ele ouviu a mula gritando e zurrando e foi ver como ela estava. Depois de ter olhado bem para a mula, abanou a cabeça, pegou na pistola e deu-lhe três tiros. Depois atravessou a estrada com a arma na mão, olhou para mim e disse:
P- A sua mula estava muito mal, tive que a abater. E o senhor, como é que se está a sentir?

TM- Aí ê pensi bem e disse: ..... Eu ? Estou óptimo....
Porra ia dizer que tava mal, não ???
PUBLICADO digitalblueradio às 11:40 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
31994042009
Perfeito. Me sinto da mesma forma. Parece que desc...
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs