O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Sinopse: Roy Neary (Richard Dreyfuss) vê a sua vida tranquila abalada quando uma força misteriosa faz com que ele tenha visões e estranhas ligações com cinco notas musicais. Tudo, na verdade, anuncia a chegada de alienígenas na Terra...Um filme excelente, com uma magnifica banda sonora.
PUBLICADO digitalblueradio às 18:09 | LINK DO POST
tags:
A Sexta-feira no dia 13 de qualquer mês, é considerada popularmente como um dia de azar.  O número 12 é considerado completo, por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 signos do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de sorte (sexta) com o número de azar (13) tem-se o mais azarado dos dias.

Existem histórias e superstições.
Há quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituidos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.

 Outra possibilidade para esta crença está no fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira 13, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico. Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas.


Note-se também que, no Tarô, a carta de número 13 representa a Morte.
 Mu, terra de nossos ancestrais, foi destruída numa sexta-feira 13, e esta seria a origem do medo deste dia. O pior incêndio de florestas na história da Austrália ocorreu numa sexta-feira 13 de 1939, onde aproximadamente 20 mil quilômetros de terra foram queimados e 71 pessoas morreram.
A queda do avião que levava a equipe uruguaia de rúgbi nos Andes foi numa sexta-feira 13 de 1972. 

 Sexta-Feira 13 Santa, Sexta-Feira 13 da Paixão ou ainda Sexta-Feira 13 de morte são nomes dados às Sextas-feiras Santas que acontecem no dia 13, normalmente em março ou abril. São consideradas ainda mais azaradas e perigosas que as sextas-feiras 13 comuns. A última delas ocorreu a 13 de abril de 2001 e a próxima será a 13 de abril de 2063.

Em Portugal, muitas cidades e vilas celebram a Sexta-feira 13. A maior festa acontece no castelo de Montalegre, Trás-os-Montes. Em Montalegre, todas as sextas-feiras 13 há uma grande festa, onde não faltam as bruxas, os bruxos, feitiços, teatro e a famosa queimada.
 

Na vila de Vinhais, na aldeia de Cidões, também se festeja a sexta-feira 13. Nesta festa, as pessoas reúnem-se á volta de uma grande fogueira. Há também um banquete com produtos locais.

Em Cavalinhos, Leiria, as mulheres juntam-se num encontro onde os homens não podem participar. A noite é das mulheres, que aproveitam para passarem uma noite com muita adrenalina á mistura.

Noutras cidades portuguesas, como Braga, Loulé ou Porto, a sexta-feira 13 é celebrada com muita animação e com muitas bruxas á mistura.

A sexta-feira 13 e a noite das bruxas estão ligadas a numerosas superstições e lendas que, apesar das diversas teorias, ninguém sabe ao certo de onde provêm. É, no entanto, inequívoco que este mundo desconhecido nos transporta para uma dimensão mágica onde o que nos assombra e provoca medo, também nos seduz !...
 Embora ninguém acredite nelas as bruxas têm existido, nas histórias, nos livros e personagens da TV, e mesmo ao longo da história muito se fala na caça ás bruxas. 

Algumas bruxas históricas adquiriram alguma notoriedade, como é o caso chamadas Bruxas de Salem, a Bruxa de Evóra e Dame Alice Kytler (bruxa inglesa). São também bastante populares na literatura de ficção, como nos livros da popular série Harry Potter, nos livros de Marion Zimmer Bradley (autora de As Brumas de Avalon), ou a trilogia sobre as bruxas Mayfair, de Anne Rice.

As bruxas foram implacavelmente caçadas durante a inquisição na Idade Média. Um dos métodos usados pelos inquisidores para identificar uma bruxa nos julgamentos do Santo Ofício consistia na comparação do peso da ré com o peso de uma Bíblia gigante. Aquelas que fossem mais leves eram consideradas bruxas, pois dizia-se que as bruxas adquiriam uma leveza sobrenatural. Frequentemente as bruxas são associadas a gatos pretos, que dentre as Bruxas Tradicionais são os chamados Puckerel, muitas vezes tidos como espíritos guardiões da Arte da Bruxas, que habitam o corpo de um animal. 
Diziam que as bruxas voavam em vassouras á noite e principalmente em noites de lua cheia, que faziam feitiços e transformavam as pessoas em animais e que eram más.
Hoje em dia essas antigas superstições como a da bruxa na vassoura em noite de lua cheia já foram suavizadas, devido à maior tolerância entre religiões, sincretismo religioso e divulgação do paganismo.
 
 Verdades, Mitos ou crenças?! As superstições, por exemplo algumas estão relacionadas com animais.
Pata de coelho - ter uma pata de coelho, trás sorte.
Aranhas - Aranhas, grilos e lagartixas são bem-vindos pois trazem boa sorte para o lar.
Burro - “Se ouvir 1 burro a zurrar, choverá antes de o dia terminar”
Elefante - Ter um elefante sobre um móvel com a tromba erguida mas de costas para a porta de entrada, evita a falta de dinheiro.
Gato Preto1 – Cruzarmo-nos com um gato preto é azar na certa! Esta ideia nasce na idade média, na qual se acreditava que os gatos eram bruxas transformadas em animais.
Gato preto 2 – Matar um gato preto trás sete anos de azar
Aranhiços – Não se devem matar aranhiços pequenos, porque são sinal de dinheiro
Coruja – Quando a coruja “canta” no telhado das casas, é sinal de que alguém está para morrer.
Andorinhas – Quando as andorinhas andam rasteiras é sinal de chuva.
Cão – Quando um cão uiva é sinal de morte próxima
Osso da galinha – O osso da sorte da galinha dá sorte. Cada pessoa agarra uma ponta do osso e puxa-a até partir, enquanto formula um desejo, a pessoa que ficar com a parte maior verá o seu desejo concretizado.
 Bruxas - Quando se passa por alguém que se julgue com poderes de bruxaria, devem cruzar-se os dedos (indicador e médio).
Depois da meia-noite é perigoso passar por encruzilhadas, pois este é o local onde se encontram bruxas e lobisomens.
Nas encruzilhadas, os cruzeiros e as cruzes afugentam os demónios, as bruxas e outras assombrações.
Para fazer fugir uma bruxa cruzam-se os dedos de uma das mãos e diz-se: -Tu és ferro, Eu sou aço, Tu és o diabo, E eu te embaço.
O número 13 – é um numero amaldiçoado. Treze pessoas à mesa – É considerado mau agoiro ter treze pessoas sentadas à mesa, contudo este azar pode ser neutralizado se uma das pessoas tiver um gato ao colo.

Ao ouvir a palavra Sexta-feira 13 muita gente sente um certo tremor e recorda todas as velhas superstições de que sempre ouvimos falar e que com o passar do tempo entram na vida até dos mais cépticos! Quem é que nunca entrou numa casa nova com o pé direito ou não bateu três vezes na madeira para isolar o azar? Quase toda a gente admite ter feito figas pelo menos 1 vez na vida.A palavra superstição significa “vidente ou profeta”. As superstições, os mitos e crenças, aparecem como forma de explicar coisas que acontecem e que desconhecemos. Nascem na crendice popular e vai passando de avós para netos, de geração a geração… Muitas das superstições relaciona-se com formas de obter aquilo que queremos, por exemplo uma ferradura atrás duma porta, trás sorte!
Quando as coisas não correm como queremos, é o azar!, quando tudo corre bem, somos uns sortudos! Daí nascem as superstições! É uma forma de encontrarmos culpados para os nossos insucessos ou fracassos, para os nossos erros e desconhecimentos, mas que muitas vezes resultam apenas da nossa própria falta de cuidado e esforço.

Vamos agora recordar algumas superstições, mitos ou crenças que todos conhecem e outras menos conhecidas, mas bastante curiosas:Pé direito – Devemos entrar em qualquer lugar, sempre com o pé direito, para não ter azar.
Casamento – A maior parte das noivas ainda fazem o que a velha superstição manda: usar algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul no dia do casamento. O noivo não pode ver a noiva antes da cerimónia, senão não será um casamento feliz, quem quer arriscar?!.
Teatro – A obra “Macbeth” de Shakespeare, é conhecida como a peça que mais azar dá, quando é posta em cena há sempre problemas e os actores nunca a chamam pelo seu nome, mas sim por “peça escocesa”.
Despedidas – Nunca se deve despedir de um amigo numa ponte pois jamais o verá!
Queijo – Quem come muito queijo perde a memória, fica esquecido.
Sal grosso – Deixar sal grosso no canto da sala, traz sorte.
Pão 1- Ao amassar do pão, a padeira desenha 3 cruzes na massa e reza: Deus te abençoe, Deus te faça pão, Deus te dê a sua bênção, E te acrescente.
Pão 2 - Quando o pão cai no chão, deve ser beijado por quem o deixou cair, porque está lá Nosso Senhor.
Arrepio – Se sentir um arrepio repentino isso significa que alguém acabou de passar por cima da sua futura sepultura.
Escada – Passar por baixo de uma escada trás azar.
Vassoura – Para mandar embora uma visita indesejada, é só deixar uma vassoura de cabeça para baixo atrás da porta.
Estrela Cadente – Ao ver uma estrela cadente, peça um desejo, pois vai realizar-se!.
Buda – O buda, virado para a parede, trás fortuna.
Orelha Quente – Se a sua orelha aquecer de repente, é porque alguém está a falar mal de si. Nesse caso, vá dizendo o nome dos suspeitos até a orelha parar de arder. Para aumentar a eficiência do contra-ataque, morda o dedo mínimo da mão esquerda: quem está a dizer mal morderá a própria língua.
Espelho partido – sete anos de azar!!
Guarda-chuva – Nunca abra um guarda-chuva dentro de casa, pois trás infortúnio e problemas aos familiares.
Roupa do avesso – Se alguém vestir uma peça de roupa do avesso vai receber uma prenda! Se calçar a meia do avesso, vai receber uma boa notícia.
Sexo do bebe – Existem algumas crenças para tentar adivinhar o sexo do bebe, por exemplo pedir à futura mamã que mostre a mão se ela a estender com a palma para baixo, será menino, se a palma estiver para cima, nascerá uma menina. Se uma futura mamã tiver o ventre pontudo e saliente vai ter um menino, se for arredondado será menina.
Copo -  não se deve brindar com água, isso reverte os seus desejos; partir um copo em dia de festa, trás felicidade!
Chapéu -  Colocar o chapéu sobre a cama dá azar
Ferradura -  Pendurar uma ferradura acima da porta trás boa sorte
Janelas -  Quando alguém morre, as janelas devem abrir-se para a alma poder sair
Chifre -  ter um chifre em estabelecimento comercial, atrai clientes e dá boa sorte.
Figa -  ter o símbolo de uma figa atrás da porta, dá boa sorte.
Árvore de Natal: queimar ou cortar uma árvore de Natal traz má sorte.
Cadeira -  virar as cadeiras de pernas para o ar, faz com que visitas indesejáveis desapareçam.
Facas -  cruzar facas numa mesa aquando de uma refeição, atrai infelicidade ou des desgraça.
Madeira -  bater 3 vezes na madeira, afasta os maus espíritos.


Aqui deixámos algumas crenças e superstições que se encontram bem enraizadas na nossas vidas, se pensarmos bem acabamos por usar algumas delas sem nos apercebermos! fazem mesmo parte do nosso dia-a-dia!! 
 Sexta-feira 13 nos próximos anos
 No ano de 2012 temos em Janeiro, Abril e Julho.
No ano de 2013 em Setembro, em 2014 em Junho
No ano de 2015 temos em Fevereiro, Março e Novembro
No ano de 2016 em Maio
Nos anos seguintes, e até 2028, será sexta -feira 13 nos seguintes meses: Em 2017 em Janeiro e Outubro, 2018 em Abril e Julho
2019 em Setembro e Dezembro, 2020 Março e Novembro
2021 Agosto, 2022 Maio, 2023 Janeiro e Outubro 

2024 Setembro, Dezembro, 2025 Junho
2026 Fevereiro, Março, Novembro
2027 Agosto, 2028 Outubro

 O número treze, por si só, é considerado um sinal de infortúnio e a sexta-feira, o dia de azar da semana, ora quando associados obtemos uma sexta-feira treze o dia de azar por excelência!!!
O número 13 assume um significado negativo na crença popular, significando o fim e até mesmo a morte!!
Para os místicos este dia está associado a evolução de todo ser e também é um dos dias mais poderosos,
pois o numero 13 somado é igual a 4 ( 1+3=4 ) e o numero 4 significa o tudo existente, os quatro elementos,
água, fogo, terra e ar.
 
AGORA ACREDITE SE QUISER.  


PUBLICADO digitalblueradio às 15:30 | LINK DO POST
A Sexta-feira no dia 13 de qualquer mês, é considerada popularmente como um dia de azar.  O número 12 é considerado completo, por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 signos do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de sorte (sexta) com o número de azar (13) tem-se o mais azarado dos dias.

Existem histórias e superstições.
Há quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituidos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.

 Outra possibilidade para esta crença está no fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira 13, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico. Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas.


Note-se também que, no Tarô, a carta de número 13 representa a Morte.
 Mu, terra de nossos ancestrais, foi destruída numa sexta-feira 13, e esta seria a origem do medo deste dia. O pior incêndio de florestas na história da Austrália ocorreu numa sexta-feira 13 de 1939, onde aproximadamente 20 mil quilômetros de terra foram queimados e 71 pessoas morreram.
A queda do avião que levava a equipe uruguaia de rúgbi nos Andes foi numa sexta-feira 13 de 1972. 

 Sexta-Feira 13 Santa, Sexta-Feira 13 da Paixão ou ainda Sexta-Feira 13 de morte são nomes dados às Sextas-feiras Santas que acontecem no dia 13, normalmente em março ou abril. São consideradas ainda mais azaradas e perigosas que as sextas-feiras 13 comuns. A última delas ocorreu a 13 de abril de 2001 e a próxima será a 13 de abril de 2063.

Em Portugal, muitas cidades e vilas celebram a Sexta-feira 13. A maior festa acontece no castelo de Montalegre, Trás-os-Montes. Em Montalegre, todas as sextas-feiras 13 há uma grande festa, onde não faltam as bruxas, os bruxos, feitiços, teatro e a famosa queimada.
 

Na vila de Vinhais, na aldeia de Cidões, também se festeja a sexta-feira 13. Nesta festa, as pessoas reúnem-se á volta de uma grande fogueira. Há também um banquete com produtos locais.

Em Cavalinhos, Leiria, as mulheres juntam-se num encontro onde os homens não podem participar. A noite é das mulheres, que aproveitam para passarem uma noite com muita adrenalina á mistura.

Noutras cidades portuguesas, como Braga, Loulé ou Porto, a sexta-feira 13 é celebrada com muita animação e com muitas bruxas á mistura.

A sexta-feira 13 e a noite das bruxas estão ligadas a numerosas superstições e lendas que, apesar das diversas teorias, ninguém sabe ao certo de onde provêm. É, no entanto, inequívoco que este mundo desconhecido nos transporta para uma dimensão mágica onde o que nos assombra e provoca medo, também nos seduz !...
 Embora ninguém acredite nelas as bruxas têm existido, nas histórias, nos livros e personagens da TV, e mesmo ao longo da história muito se fala na caça ás bruxas. 

Algumas bruxas históricas adquiriram alguma notoriedade, como é o caso chamadas Bruxas de Salem, a Bruxa de Evóra e Dame Alice Kytler (bruxa inglesa). São também bastante populares na literatura de ficção, como nos livros da popular série Harry Potter, nos livros de Marion Zimmer Bradley (autora de As Brumas de Avalon), ou a trilogia sobre as bruxas Mayfair, de Anne Rice.

As bruxas foram implacavelmente caçadas durante a inquisição na Idade Média. Um dos métodos usados pelos inquisidores para identificar uma bruxa nos julgamentos do Santo Ofício consistia na comparação do peso da ré com o peso de uma Bíblia gigante. Aquelas que fossem mais leves eram consideradas bruxas, pois dizia-se que as bruxas adquiriam uma leveza sobrenatural. Frequentemente as bruxas são associadas a gatos pretos, que dentre as Bruxas Tradicionais são os chamados Puckerel, muitas vezes tidos como espíritos guardiões da Arte da Bruxas, que habitam o corpo de um animal. 
Diziam que as bruxas voavam em vassouras á noite e principalmente em noites de lua cheia, que faziam feitiços e transformavam as pessoas em animais e que eram más.
Hoje em dia essas antigas superstições como a da bruxa na vassoura em noite de lua cheia já foram suavizadas, devido à maior tolerância entre religiões, sincretismo religioso e divulgação do paganismo.
 
 Verdades, Mitos ou crenças?! As superstições, por exemplo algumas estão relacionadas com animais.
Pata de coelho - ter uma pata de coelho, trás sorte.
Aranhas - Aranhas, grilos e lagartixas são bem-vindos pois trazem boa sorte para o lar.
Burro - “Se ouvir 1 burro a zurrar, choverá antes de o dia terminar”
Elefante - Ter um elefante sobre um móvel com a tromba erguida mas de costas para a porta de entrada, evita a falta de dinheiro.
Gato Preto1 – Cruzarmo-nos com um gato preto é azar na certa! Esta ideia nasce na idade média, na qual se acreditava que os gatos eram bruxas transformadas em animais.
Gato preto 2 – Matar um gato preto trás sete anos de azar
Aranhiços – Não se devem matar aranhiços pequenos, porque são sinal de dinheiro
Coruja – Quando a coruja “canta” no telhado das casas, é sinal de que alguém está para morrer.
Andorinhas – Quando as andorinhas andam rasteiras é sinal de chuva.
Cão – Quando um cão uiva é sinal de morte próxima
Osso da galinha – O osso da sorte da galinha dá sorte. Cada pessoa agarra uma ponta do osso e puxa-a até partir, enquanto formula um desejo, a pessoa que ficar com a parte maior verá o seu desejo concretizado.
 Bruxas - Quando se passa por alguém que se julgue com poderes de bruxaria, devem cruzar-se os dedos (indicador e médio).
Depois da meia-noite é perigoso passar por encruzilhadas, pois este é o local onde se encontram bruxas e lobisomens.
Nas encruzilhadas, os cruzeiros e as cruzes afugentam os demónios, as bruxas e outras assombrações.
Para fazer fugir uma bruxa cruzam-se os dedos de uma das mãos e diz-se: -Tu és ferro, Eu sou aço, Tu és o diabo, E eu te embaço.
O número 13 – é um numero amaldiçoado. Treze pessoas à mesa – É considerado mau agoiro ter treze pessoas sentadas à mesa, contudo este azar pode ser neutralizado se uma das pessoas tiver um gato ao colo.

Ao ouvir a palavra Sexta-feira 13 muita gente sente um certo tremor e recorda todas as velhas superstições de que sempre ouvimos falar e que com o passar do tempo entram na vida até dos mais cépticos! Quem é que nunca entrou numa casa nova com o pé direito ou não bateu três vezes na madeira para isolar o azar? Quase toda a gente admite ter feito figas pelo menos 1 vez na vida.A palavra superstição significa “vidente ou profeta”. As superstições, os mitos e crenças, aparecem como forma de explicar coisas que acontecem e que desconhecemos. Nascem na crendice popular e vai passando de avós para netos, de geração a geração… Muitas das superstições relaciona-se com formas de obter aquilo que queremos, por exemplo uma ferradura atrás duma porta, trás sorte!
Quando as coisas não correm como queremos, é o azar!, quando tudo corre bem, somos uns sortudos! Daí nascem as superstições! É uma forma de encontrarmos culpados para os nossos insucessos ou fracassos, para os nossos erros e desconhecimentos, mas que muitas vezes resultam apenas da nossa própria falta de cuidado e esforço.

Vamos agora recordar algumas superstições, mitos ou crenças que todos conhecem e outras menos conhecidas, mas bastante curiosas:Pé direito – Devemos entrar em qualquer lugar, sempre com o pé direito, para não ter azar.
Casamento – A maior parte das noivas ainda fazem o que a velha superstição manda: usar algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul no dia do casamento. O noivo não pode ver a noiva antes da cerimónia, senão não será um casamento feliz, quem quer arriscar?!.
Teatro – A obra “Macbeth” de Shakespeare, é conhecida como a peça que mais azar dá, quando é posta em cena há sempre problemas e os actores nunca a chamam pelo seu nome, mas sim por “peça escocesa”.
Despedidas – Nunca se deve despedir de um amigo numa ponte pois jamais o verá!
Queijo – Quem come muito queijo perde a memória, fica esquecido.
Sal grosso – Deixar sal grosso no canto da sala, traz sorte.
Pão 1- Ao amassar do pão, a padeira desenha 3 cruzes na massa e reza: Deus te abençoe, Deus te faça pão, Deus te dê a sua bênção, E te acrescente.
Pão 2 - Quando o pão cai no chão, deve ser beijado por quem o deixou cair, porque está lá Nosso Senhor.
Arrepio – Se sentir um arrepio repentino isso significa que alguém acabou de passar por cima da sua futura sepultura.
Escada – Passar por baixo de uma escada trás azar.
Vassoura – Para mandar embora uma visita indesejada, é só deixar uma vassoura de cabeça para baixo atrás da porta.
Estrela Cadente – Ao ver uma estrela cadente, peça um desejo, pois vai realizar-se!.
Buda – O buda, virado para a parede, trás fortuna.
Orelha Quente – Se a sua orelha aquecer de repente, é porque alguém está a falar mal de si. Nesse caso, vá dizendo o nome dos suspeitos até a orelha parar de arder. Para aumentar a eficiência do contra-ataque, morda o dedo mínimo da mão esquerda: quem está a dizer mal morderá a própria língua.
Espelho partido – sete anos de azar!!
Guarda-chuva – Nunca abra um guarda-chuva dentro de casa, pois trás infortúnio e problemas aos familiares.
Roupa do avesso – Se alguém vestir uma peça de roupa do avesso vai receber uma prenda! Se calçar a meia do avesso, vai receber uma boa notícia.
Sexo do bebe – Existem algumas crenças para tentar adivinhar o sexo do bebe, por exemplo pedir à futura mamã que mostre a mão se ela a estender com a palma para baixo, será menino, se a palma estiver para cima, nascerá uma menina. Se uma futura mamã tiver o ventre pontudo e saliente vai ter um menino, se for arredondado será menina.
Copo -  não se deve brindar com água, isso reverte os seus desejos; partir um copo em dia de festa, trás felicidade!
Chapéu -  Colocar o chapéu sobre a cama dá azar
Ferradura -  Pendurar uma ferradura acima da porta trás boa sorte
Janelas -  Quando alguém morre, as janelas devem abrir-se para a alma poder sair
Chifre -  ter um chifre em estabelecimento comercial, atrai clientes e dá boa sorte.
Figa -  ter o símbolo de uma figa atrás da porta, dá boa sorte.
Árvore de Natal: queimar ou cortar uma árvore de Natal traz má sorte.
Cadeira -  virar as cadeiras de pernas para o ar, faz com que visitas indesejáveis desapareçam.
Facas -  cruzar facas numa mesa aquando de uma refeição, atrai infelicidade ou des desgraça.
Madeira -  bater 3 vezes na madeira, afasta os maus espíritos.


Aqui deixámos algumas crenças e superstições que se encontram bem enraizadas na nossas vidas, se pensarmos bem acabamos por usar algumas delas sem nos apercebermos! fazem mesmo parte do nosso dia-a-dia!! 
 Sexta-feira 13 nos próximos anos
 No ano de 2012 temos em Janeiro, Abril e Julho.
No ano de 2013 em Setembro, em 2014 em Junho
No ano de 2015 temos em Fevereiro, Março e Novembro
No ano de 2016 em Maio
Nos anos seguintes, e até 2028, será sexta -feira 13 nos seguintes meses: Em 2017 em Janeiro e Outubro, 2018 em Abril e Julho
2019 em Setembro e Dezembro, 2020 Março e Novembro
2021 Agosto, 2022 Maio, 2023 Janeiro e Outubro 

2024 Setembro, Dezembro, 2025 Junho
2026 Fevereiro, Março, Novembro
2027 Agosto, 2028 Outubro

 O número treze, por si só, é considerado um sinal de infortúnio e a sexta-feira, o dia de azar da semana, ora quando associados obtemos uma sexta-feira treze o dia de azar por excelência!!!
O número 13 assume um significado negativo na crença popular, significando o fim e até mesmo a morte!!
Para os místicos este dia está associado a evolução de todo ser e também é um dos dias mais poderosos,
pois o numero 13 somado é igual a 4 ( 1+3=4 ) e o numero 4 significa o tudo existente, os quatro elementos,
água, fogo, terra e ar.
 
AGORA ACREDITE SE QUISER.  


PUBLICADO digitalblueradio às 15:30 | LINK DO POST
A Sexta-feira no dia 13 de qualquer mês, é considerada popularmente como um dia de azar.  O número 12 é considerado completo, por exemplo: 12 meses no ano, 12 tribos de Israel, 12 apóstolos de Jesus ou 12 signos do Zodíaco. Já o 13 é considerado um número irregular, sinal de infortúnio. A sexta-feira foi o dia em que Jesus foi crucificado e também é considerado um dia de azar. Somando o dia da semana de sorte (sexta) com o número de azar (13) tem-se o mais azarado dos dias.

Existem histórias e superstições.
Há quem acredite que convidar 13 pessoas para um jantar é uma desgraça, simplesmente porque os conjuntos de mesa são constituidos, regra geral, por 12 copos, 12 talheres e 12 pratos.

 Outra possibilidade para esta crença está no fato de que Jesus Cristo provavelmente foi morto numa sexta-feira 13, uma vez que a Páscoa judaica é celebrada no dia 14 do mês de Nissan, no calendário hebraico. Recorde-se ainda que na Santa Ceia sentaram-se à mesa treze pessoas.


Note-se também que, no Tarô, a carta de número 13 representa a Morte.
 Mu, terra de nossos ancestrais, foi destruída numa sexta-feira 13, e esta seria a origem do medo deste dia. O pior incêndio de florestas na história da Austrália ocorreu numa sexta-feira 13 de 1939, onde aproximadamente 20 mil quilômetros de terra foram queimados e 71 pessoas morreram.
A queda do avião que levava a equipe uruguaia de rúgbi nos Andes foi numa sexta-feira 13 de 1972. 

 Sexta-Feira 13 Santa, Sexta-Feira 13 da Paixão ou ainda Sexta-Feira 13 de morte são nomes dados às Sextas-feiras Santas que acontecem no dia 13, normalmente em março ou abril. São consideradas ainda mais azaradas e perigosas que as sextas-feiras 13 comuns. A última delas ocorreu a 13 de abril de 2001 e a próxima será a 13 de abril de 2063.

Em Portugal, muitas cidades e vilas celebram a Sexta-feira 13. A maior festa acontece no castelo de Montalegre, Trás-os-Montes. Em Montalegre, todas as sextas-feiras 13 há uma grande festa, onde não faltam as bruxas, os bruxos, feitiços, teatro e a famosa queimada.
 

Na vila de Vinhais, na aldeia de Cidões, também se festeja a sexta-feira 13. Nesta festa, as pessoas reúnem-se á volta de uma grande fogueira. Há também um banquete com produtos locais.

Em Cavalinhos, Leiria, as mulheres juntam-se num encontro onde os homens não podem participar. A noite é das mulheres, que aproveitam para passarem uma noite com muita adrenalina á mistura.

Noutras cidades portuguesas, como Braga, Loulé ou Porto, a sexta-feira 13 é celebrada com muita animação e com muitas bruxas á mistura.

A sexta-feira 13 e a noite das bruxas estão ligadas a numerosas superstições e lendas que, apesar das diversas teorias, ninguém sabe ao certo de onde provêm. É, no entanto, inequívoco que este mundo desconhecido nos transporta para uma dimensão mágica onde o que nos assombra e provoca medo, também nos seduz !...
 Embora ninguém acredite nelas as bruxas têm existido, nas histórias, nos livros e personagens da TV, e mesmo ao longo da história muito se fala na caça ás bruxas. 

Algumas bruxas históricas adquiriram alguma notoriedade, como é o caso chamadas Bruxas de Salem, a Bruxa de Evóra e Dame Alice Kytler (bruxa inglesa). São também bastante populares na literatura de ficção, como nos livros da popular série Harry Potter, nos livros de Marion Zimmer Bradley (autora de As Brumas de Avalon), ou a trilogia sobre as bruxas Mayfair, de Anne Rice.

As bruxas foram implacavelmente caçadas durante a inquisição na Idade Média. Um dos métodos usados pelos inquisidores para identificar uma bruxa nos julgamentos do Santo Ofício consistia na comparação do peso da ré com o peso de uma Bíblia gigante. Aquelas que fossem mais leves eram consideradas bruxas, pois dizia-se que as bruxas adquiriam uma leveza sobrenatural. Frequentemente as bruxas são associadas a gatos pretos, que dentre as Bruxas Tradicionais são os chamados Puckerel, muitas vezes tidos como espíritos guardiões da Arte da Bruxas, que habitam o corpo de um animal. 
Diziam que as bruxas voavam em vassouras á noite e principalmente em noites de lua cheia, que faziam feitiços e transformavam as pessoas em animais e que eram más.
Hoje em dia essas antigas superstições como a da bruxa na vassoura em noite de lua cheia já foram suavizadas, devido à maior tolerância entre religiões, sincretismo religioso e divulgação do paganismo.
 
 Verdades, Mitos ou crenças?! As superstições, por exemplo algumas estão relacionadas com animais.
Pata de coelho - ter uma pata de coelho, trás sorte.
Aranhas - Aranhas, grilos e lagartixas são bem-vindos pois trazem boa sorte para o lar.
Burro - “Se ouvir 1 burro a zurrar, choverá antes de o dia terminar”
Elefante - Ter um elefante sobre um móvel com a tromba erguida mas de costas para a porta de entrada, evita a falta de dinheiro.
Gato Preto1 – Cruzarmo-nos com um gato preto é azar na certa! Esta ideia nasce na idade média, na qual se acreditava que os gatos eram bruxas transformadas em animais.
Gato preto 2 – Matar um gato preto trás sete anos de azar
Aranhiços – Não se devem matar aranhiços pequenos, porque são sinal de dinheiro
Coruja – Quando a coruja “canta” no telhado das casas, é sinal de que alguém está para morrer.
Andorinhas – Quando as andorinhas andam rasteiras é sinal de chuva.
Cão – Quando um cão uiva é sinal de morte próxima
Osso da galinha – O osso da sorte da galinha dá sorte. Cada pessoa agarra uma ponta do osso e puxa-a até partir, enquanto formula um desejo, a pessoa que ficar com a parte maior verá o seu desejo concretizado.
 Bruxas - Quando se passa por alguém que se julgue com poderes de bruxaria, devem cruzar-se os dedos (indicador e médio).
Depois da meia-noite é perigoso passar por encruzilhadas, pois este é o local onde se encontram bruxas e lobisomens.
Nas encruzilhadas, os cruzeiros e as cruzes afugentam os demónios, as bruxas e outras assombrações.
Para fazer fugir uma bruxa cruzam-se os dedos de uma das mãos e diz-se: -Tu és ferro, Eu sou aço, Tu és o diabo, E eu te embaço.
O número 13 – é um numero amaldiçoado. Treze pessoas à mesa – É considerado mau agoiro ter treze pessoas sentadas à mesa, contudo este azar pode ser neutralizado se uma das pessoas tiver um gato ao colo.

Ao ouvir a palavra Sexta-feira 13 muita gente sente um certo tremor e recorda todas as velhas superstições de que sempre ouvimos falar e que com o passar do tempo entram na vida até dos mais cépticos! Quem é que nunca entrou numa casa nova com o pé direito ou não bateu três vezes na madeira para isolar o azar? Quase toda a gente admite ter feito figas pelo menos 1 vez na vida.A palavra superstição significa “vidente ou profeta”. As superstições, os mitos e crenças, aparecem como forma de explicar coisas que acontecem e que desconhecemos. Nascem na crendice popular e vai passando de avós para netos, de geração a geração… Muitas das superstições relaciona-se com formas de obter aquilo que queremos, por exemplo uma ferradura atrás duma porta, trás sorte!
Quando as coisas não correm como queremos, é o azar!, quando tudo corre bem, somos uns sortudos! Daí nascem as superstições! É uma forma de encontrarmos culpados para os nossos insucessos ou fracassos, para os nossos erros e desconhecimentos, mas que muitas vezes resultam apenas da nossa própria falta de cuidado e esforço.

Vamos agora recordar algumas superstições, mitos ou crenças que todos conhecem e outras menos conhecidas, mas bastante curiosas:Pé direito – Devemos entrar em qualquer lugar, sempre com o pé direito, para não ter azar.
Casamento – A maior parte das noivas ainda fazem o que a velha superstição manda: usar algo velho, algo novo, algo emprestado e algo azul no dia do casamento. O noivo não pode ver a noiva antes da cerimónia, senão não será um casamento feliz, quem quer arriscar?!.
Teatro – A obra “Macbeth” de Shakespeare, é conhecida como a peça que mais azar dá, quando é posta em cena há sempre problemas e os actores nunca a chamam pelo seu nome, mas sim por “peça escocesa”.
Despedidas – Nunca se deve despedir de um amigo numa ponte pois jamais o verá!
Queijo – Quem come muito queijo perde a memória, fica esquecido.
Sal grosso – Deixar sal grosso no canto da sala, traz sorte.
Pão 1- Ao amassar do pão, a padeira desenha 3 cruzes na massa e reza: Deus te abençoe, Deus te faça pão, Deus te dê a sua bênção, E te acrescente.
Pão 2 - Quando o pão cai no chão, deve ser beijado por quem o deixou cair, porque está lá Nosso Senhor.
Arrepio – Se sentir um arrepio repentino isso significa que alguém acabou de passar por cima da sua futura sepultura.
Escada – Passar por baixo de uma escada trás azar.
Vassoura – Para mandar embora uma visita indesejada, é só deixar uma vassoura de cabeça para baixo atrás da porta.
Estrela Cadente – Ao ver uma estrela cadente, peça um desejo, pois vai realizar-se!.
Buda – O buda, virado para a parede, trás fortuna.
Orelha Quente – Se a sua orelha aquecer de repente, é porque alguém está a falar mal de si. Nesse caso, vá dizendo o nome dos suspeitos até a orelha parar de arder. Para aumentar a eficiência do contra-ataque, morda o dedo mínimo da mão esquerda: quem está a dizer mal morderá a própria língua.
Espelho partido – sete anos de azar!!
Guarda-chuva – Nunca abra um guarda-chuva dentro de casa, pois trás infortúnio e problemas aos familiares.
Roupa do avesso – Se alguém vestir uma peça de roupa do avesso vai receber uma prenda! Se calçar a meia do avesso, vai receber uma boa notícia.
Sexo do bebe – Existem algumas crenças para tentar adivinhar o sexo do bebe, por exemplo pedir à futura mamã que mostre a mão se ela a estender com a palma para baixo, será menino, se a palma estiver para cima, nascerá uma menina. Se uma futura mamã tiver o ventre pontudo e saliente vai ter um menino, se for arredondado será menina.
Copo -  não se deve brindar com água, isso reverte os seus desejos; partir um copo em dia de festa, trás felicidade!
Chapéu -  Colocar o chapéu sobre a cama dá azar
Ferradura -  Pendurar uma ferradura acima da porta trás boa sorte
Janelas -  Quando alguém morre, as janelas devem abrir-se para a alma poder sair
Chifre -  ter um chifre em estabelecimento comercial, atrai clientes e dá boa sorte.
Figa -  ter o símbolo de uma figa atrás da porta, dá boa sorte.
Árvore de Natal: queimar ou cortar uma árvore de Natal traz má sorte.
Cadeira -  virar as cadeiras de pernas para o ar, faz com que visitas indesejáveis desapareçam.
Facas -  cruzar facas numa mesa aquando de uma refeição, atrai infelicidade ou des desgraça.
Madeira -  bater 3 vezes na madeira, afasta os maus espíritos.


Aqui deixámos algumas crenças e superstições que se encontram bem enraizadas na nossas vidas, se pensarmos bem acabamos por usar algumas delas sem nos apercebermos! fazem mesmo parte do nosso dia-a-dia!! 
 Sexta-feira 13 nos próximos anos
 No ano de 2012 temos em Janeiro, Abril e Julho.
No ano de 2013 em Setembro, em 2014 em Junho
No ano de 2015 temos em Fevereiro, Março e Novembro
No ano de 2016 em Maio
Nos anos seguintes, e até 2028, será sexta -feira 13 nos seguintes meses: Em 2017 em Janeiro e Outubro, 2018 em Abril e Julho
2019 em Setembro e Dezembro, 2020 Março e Novembro
2021 Agosto, 2022 Maio, 2023 Janeiro e Outubro 

2024 Setembro, Dezembro, 2025 Junho
2026 Fevereiro, Março, Novembro
2027 Agosto, 2028 Outubro

 O número treze, por si só, é considerado um sinal de infortúnio e a sexta-feira, o dia de azar da semana, ora quando associados obtemos uma sexta-feira treze o dia de azar por excelência!!!
O número 13 assume um significado negativo na crença popular, significando o fim e até mesmo a morte!!
Para os místicos este dia está associado a evolução de todo ser e também é um dos dias mais poderosos,
pois o numero 13 somado é igual a 4 ( 1+3=4 ) e o numero 4 significa o tudo existente, os quatro elementos,
água, fogo, terra e ar.
 
AGORA ACREDITE SE QUISER.  


PUBLICADO digitalblueradio às 15:30 | LINK DO POST
Dizem que um dos grandes males dos dias de hoje é a SOLIDÃO.
Vivemos muitas vezes rodeados de gente, de amigos como se a verdadeira amizade não fosse como o amor, um sentimento raro.
Ao fim e ao cabo, por muitos conhecidos que tenhamos só podemos contar verdadeiramente com muito poucos,... sentimo-nos tantas vezes sós, por vezes sem motivo aparente, simplesmente porque estamos carentes de afeto. É dificil aprender a solidão, a viver nela e com ela. Muitas vezes rimos e sorrimos, vazios por dentro,...A solidão vivida junto daqueles que amamos ou queremos amar é a mais dura das solidões. Muitos perdem os sonhos e não têm mais que a solidão por companhia. 
Como era bonito se a solidão, o desespero e a angustia não existisse,...Como é triste ver almas cheias de vida, com uma completa vida para viver, sentirem-se perdidas nesta vida que nada tem para lhes oferecer. A visão que nos acompanha neste estado de alma é de desalento. A estrada da vida é diferente para todos os que a têm de percorrer, uns caminham com alegria outros aos trambolhões. 
Quantos sacrificios e maus bocados passam alguns infinitamente pela vida fora, enquanto outros regalados rindo daquele que já cansado chora. 
Olhemos o mundo,...quanta solidão que se esconde, desespero e lágrimas!

Desencanto, fome e dor, falta de amor, crianças despedidas de esperança e velhinhos sem um naco de pão!
Os jovens a quem prometem tudo, um mundo lindo e livre, mas que não têm saida nos cursos, não têm trabalho, nem lugar para o saber, muitos entregam-se á depressão, á solidão, á tristeza, á droga, ao desespero, ao roubo, ao crime,...
E o homem que não têm trabalho, anda p´las ruas de olhar prostado no chão, sem saber o que fazer á vida, sem ter dinheiro para pôr em casa o pão! 
E falam-lhes a eles de quanto bela é a VIDA!
Contem aos nada têm para comer, aos que vivem em barracas em vez de casas, aos sem abrigo apenas com um farrapo como cobertor, digam quanto bela é a VIDA!
Digam a quem passou p´lo amor e sentiu a traição, aos que têm amor p´ra dar e não têm a quem, digam que a VIDA é bela a quem não conhece o desalento, tormento, que viveu belos momentos que cabem na palma da mão, mas que não sabem o que é a felicidade, pois não se compra, nem está ali ao alcance da mão! Cada um tem a sua verdade, certa ou errada dos momentos passados na VIDA, herdamo-la vestindo a realidade e a fantasia. Mas a vida é apenas um momento, por vezes vestindo VIDA outros DESALENTO.
PUBLICADO digitalblueradio às 15:01 | LINK DO POST
tags:
Black Lace - Agadoo
Blondie - Call me
bobbysocks - La det swinge
 Bobby McFerrin - Don't Worry Be Happy
Bob Segar - Old Time Rock N' Roll
PUBLICADO digitalblueradio às 12:01 | LINK DO POST
tags:
Black Lace - Agadoo
Blondie - Call me
bobbysocks - La det swinge
 Bobby McFerrin - Don't Worry Be Happy
Bob Segar - Old Time Rock N' Roll
PUBLICADO digitalblueradio às 12:01 | LINK DO POST
tags:
Black Lace - Agadoo
Blondie - Call me
bobbysocks - La det swinge
 Bobby McFerrin - Don't Worry Be Happy
Bob Segar - Old Time Rock N' Roll
PUBLICADO digitalblueradio às 12:01 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
31994042009
Perfeito. Me sinto da mesma forma. Parece que desc...
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs