O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
                              

A vida é feita de distâncias, feita de momentos 
A vida é feita é feita de vontades, mas ainda assim é vida 
Um jogo de empates, ora se ganha ora se perde
Há quem nasça em berço de ouro e há quem nasça sem berço
Há quem coma caviar e quem não coma nada
Mas a vida é assim, cheia de desigualdades
Mas somos todos iguais, nascemos e morremos
uns com sorte outros com falta dela
uns com abraços outros sem amparo
Mas a vida é assim, cheia de contrastes
A vida é feita de momentos
feita de sonhos, feitos e desfeitos
A vida é assim madrasta para uns mãe para outros
mas ainda assim digna de ser vivida.

 
 É impossivel haver progresso na nossa vida
sem primeiro haver mudança.
Quem não consegue mudar-se a si próprio
jamais mudará coisa alguma
                  Fazes-me falta quando adormeço sem ti 
Fazes-me falta quando acordo e tu não estás
Fazes-me falta quando estou contigo
Fazes-me falta quando peço que não vás.
Fazes-me falta quando não me tocas
não me beijas e mal me olhas.
Fazes-me falta nos momentos de caricia que trocamos
no amor que fazemos e no que desejamos
Fazes-me falta quando penso que te posso perder
Fazes-me falta quando a tristeza me invade
Faz-me falta o muito te querer
Faz-me falta a tua saudade
Fazes-me falta quando o cansaço aperta
Faz-me falta o calor dos teus abraços
Faz-me falta o sabor quente do teu beijo 
Faz-me falta aquela nossa praia deserta
Fazes-me falta mesmo quando não o digo...
E se um dia mais tarde o negar, sou eu, a deixar, a falta que me fazes a falar,....

PUBLICADO digitalblueradio às 20:15 | LINK DO POST
tags:
                              

A vida é feita de distâncias, feita de momentos 
A vida é feita é feita de vontades, mas ainda assim é vida 
Um jogo de empates, ora se ganha ora se perde
Há quem nasça em berço de ouro e há quem nasça sem berço
Há quem coma caviar e quem não coma nada
Mas a vida é assim, cheia de desigualdades
Mas somos todos iguais, nascemos e morremos
uns com sorte outros com falta dela
uns com abraços outros sem amparo
Mas a vida é assim, cheia de contrastes
A vida é feita de momentos
feita de sonhos, feitos e desfeitos
A vida é assim madrasta para uns mãe para outros
mas ainda assim digna de ser vivida.

 
 É impossivel haver progresso na nossa vida
sem primeiro haver mudança.
Quem não consegue mudar-se a si próprio
jamais mudará coisa alguma
                  Fazes-me falta quando adormeço sem ti 
Fazes-me falta quando acordo e tu não estás
Fazes-me falta quando estou contigo
Fazes-me falta quando peço que não vás.
Fazes-me falta quando não me tocas
não me beijas e mal me olhas.
Fazes-me falta nos momentos de caricia que trocamos
no amor que fazemos e no que desejamos
Fazes-me falta quando penso que te posso perder
Fazes-me falta quando a tristeza me invade
Faz-me falta o muito te querer
Faz-me falta a tua saudade
Fazes-me falta quando o cansaço aperta
Faz-me falta o calor dos teus abraços
Faz-me falta o sabor quente do teu beijo 
Faz-me falta aquela nossa praia deserta
Fazes-me falta mesmo quando não o digo...
E se um dia mais tarde o negar, sou eu, a deixar, a falta que me fazes a falar,....

PUBLICADO digitalblueradio às 20:15 | LINK DO POST
tags:
                              

A vida é feita de distâncias, feita de momentos 
A vida é feita é feita de vontades, mas ainda assim é vida 
Um jogo de empates, ora se ganha ora se perde
Há quem nasça em berço de ouro e há quem nasça sem berço
Há quem coma caviar e quem não coma nada
Mas a vida é assim, cheia de desigualdades
Mas somos todos iguais, nascemos e morremos
uns com sorte outros com falta dela
uns com abraços outros sem amparo
Mas a vida é assim, cheia de contrastes
A vida é feita de momentos
feita de sonhos, feitos e desfeitos
A vida é assim madrasta para uns mãe para outros
mas ainda assim digna de ser vivida.

 
 É impossivel haver progresso na nossa vida
sem primeiro haver mudança.
Quem não consegue mudar-se a si próprio
jamais mudará coisa alguma
                  Fazes-me falta quando adormeço sem ti 
Fazes-me falta quando acordo e tu não estás
Fazes-me falta quando estou contigo
Fazes-me falta quando peço que não vás.
Fazes-me falta quando não me tocas
não me beijas e mal me olhas.
Fazes-me falta nos momentos de caricia que trocamos
no amor que fazemos e no que desejamos
Fazes-me falta quando penso que te posso perder
Fazes-me falta quando a tristeza me invade
Faz-me falta o muito te querer
Faz-me falta a tua saudade
Fazes-me falta quando o cansaço aperta
Faz-me falta o calor dos teus abraços
Faz-me falta o sabor quente do teu beijo 
Faz-me falta aquela nossa praia deserta
Fazes-me falta mesmo quando não o digo...
E se um dia mais tarde o negar, sou eu, a deixar, a falta que me fazes a falar,....

PUBLICADO digitalblueradio às 20:15 | LINK DO POST
tags:
FILME COMPLETO
PUBLICADO digitalblueradio às 18:30 | LINK DO POST
tags:
FILME COMPLETO
PUBLICADO digitalblueradio às 18:30 | LINK DO POST
tags:
FILME COMPLETO
PUBLICADO digitalblueradio às 18:30 | LINK DO POST
tags:
A 13 de Maio de 1917, três crianças apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Vila Nova de Ourém, chamavam-se Lúcia de Jesus, de 10 anos, e Francisco e Jacinta Marto, seus primos, de 9 e 7 anos. Por volta do meio dia, depois de rezarem o terço, como habitualmente faziam, entretinham-se a construir uma pequena casa de pedras soltas, no local onde hoje se encontra a Basílica. De repente, viram uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir-se embora, mas, logo abaixo, outro clarão iluminou o espaço, e viram em cima de uma pequena azinheira (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma "Senhora mais brilhante que o sol", de cujas mãos pendia um terço branco.
A Senhora disse aos três pastorinhos que era necessário rezar muito e convidou-os a voltar à Cova da Iria durante mais cinco meses consecutivos, no dia 13 e àquela hora. As crianças assim fizeram, e nos dias 13 de Junho, Julho, Setembro e Outubro, a Senhora voltou a aparecer-lhes e a falar-lhes, na Cova da Iria. A 19 de Agosto, a aparição deu-se no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque, no dia 13, as crianças tinham sido levadas pelo Administrador do Concelho, para Vila Nova de Ourém.
Na última aparição, a 13 de Outubro, estando presentes cerca de 70.000 pessoas, a Senhora disse-lhes que era a "Senhora do Rosário" e que fizessem ali uma capela em Sua honra. Depois da aparição, todos os presentes observaram o milagre prometido às três crianças em Julho e Setembro: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra. 
Posteriormente, sendo Lúcia religiosa de Santa Doroteia, Nossa Senhora apareceu-lhe novamente em Espanha (10 de Dezembro de 1925 e 15 de Fevereiro de 1926, no Convento de Pontevedra, e na noite de 13/14 de Junho de 1929, no Convento de Tuy), pedindo a devoção dos cinco primeiros sábados (rezar o terço, meditar nos mistérios do Rosário, confessar-se e receber a Sagrada Comunhão, em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria) e a Consagração da Rússia ao mesmo Imaculado Coração. Este pedido já Nossa Senhora o anunciara em 13 de Julho de 1917.
Anos mais tarde, a Irmã Lúcia conta ainda que, entre Abril e Outubro de 1916, tinha aparecido um Anjo aos três videntes, por três vezes, duas na Loca do Cabeço e outra junto ao poço do quintal da casa de Lúcia, convidando-os à oração e penitência. 
Desde 1917, não mais cessaram de ir à Cova da Iria milhares e milhares de peregrinos de todo o mundo, nos dias 13 de cada mês.


Ao longo dos tempos sempre existiu alguém que não acreditava nestas aparições, dizendo tratar-se de um logro, uma mentira criada, o que é certo é que os supostos segredos só foram revelados depois de terem acontecido. Assista a este video.
                                A história das aparições
           
Cada um de nós têm a sua Fé, e é livre de acreditar ou não. É certo no entanto que ao longo dos tempos a existência do Altar do Mundo têm ajudado muita gente que acreditando na sua Fé ali se desloca, fazendo promessas e recebendo os seus milagres, milhões de pessoas já passaram por Fátima (Santuário), depositando neste local as suas angustias, e esperanças. A Fé Move Montanhas.
 Santuário de Fátima (Página Oficial)
PUBLICADO digitalblueradio às 16:57 | LINK DO POST
A 13 de Maio de 1917, três crianças apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Vila Nova de Ourém, chamavam-se Lúcia de Jesus, de 10 anos, e Francisco e Jacinta Marto, seus primos, de 9 e 7 anos. Por volta do meio dia, depois de rezarem o terço, como habitualmente faziam, entretinham-se a construir uma pequena casa de pedras soltas, no local onde hoje se encontra a Basílica. De repente, viram uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir-se embora, mas, logo abaixo, outro clarão iluminou o espaço, e viram em cima de uma pequena azinheira (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma "Senhora mais brilhante que o sol", de cujas mãos pendia um terço branco.
A Senhora disse aos três pastorinhos que era necessário rezar muito e convidou-os a voltar à Cova da Iria durante mais cinco meses consecutivos, no dia 13 e àquela hora. As crianças assim fizeram, e nos dias 13 de Junho, Julho, Setembro e Outubro, a Senhora voltou a aparecer-lhes e a falar-lhes, na Cova da Iria. A 19 de Agosto, a aparição deu-se no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque, no dia 13, as crianças tinham sido levadas pelo Administrador do Concelho, para Vila Nova de Ourém.
Na última aparição, a 13 de Outubro, estando presentes cerca de 70.000 pessoas, a Senhora disse-lhes que era a "Senhora do Rosário" e que fizessem ali uma capela em Sua honra. Depois da aparição, todos os presentes observaram o milagre prometido às três crianças em Julho e Setembro: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra. 
Posteriormente, sendo Lúcia religiosa de Santa Doroteia, Nossa Senhora apareceu-lhe novamente em Espanha (10 de Dezembro de 1925 e 15 de Fevereiro de 1926, no Convento de Pontevedra, e na noite de 13/14 de Junho de 1929, no Convento de Tuy), pedindo a devoção dos cinco primeiros sábados (rezar o terço, meditar nos mistérios do Rosário, confessar-se e receber a Sagrada Comunhão, em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria) e a Consagração da Rússia ao mesmo Imaculado Coração. Este pedido já Nossa Senhora o anunciara em 13 de Julho de 1917.
Anos mais tarde, a Irmã Lúcia conta ainda que, entre Abril e Outubro de 1916, tinha aparecido um Anjo aos três videntes, por três vezes, duas na Loca do Cabeço e outra junto ao poço do quintal da casa de Lúcia, convidando-os à oração e penitência. 
Desde 1917, não mais cessaram de ir à Cova da Iria milhares e milhares de peregrinos de todo o mundo, nos dias 13 de cada mês.


Ao longo dos tempos sempre existiu alguém que não acreditava nestas aparições, dizendo tratar-se de um logro, uma mentira criada, o que é certo é que os supostos segredos só foram revelados depois de terem acontecido. Assista a este video.
                                A história das aparições
           
Cada um de nós têm a sua Fé, e é livre de acreditar ou não. É certo no entanto que ao longo dos tempos a existência do Altar do Mundo têm ajudado muita gente que acreditando na sua Fé ali se desloca, fazendo promessas e recebendo os seus milagres, milhões de pessoas já passaram por Fátima (Santuário), depositando neste local as suas angustias, e esperanças. A Fé Move Montanhas.
 Santuário de Fátima (Página Oficial)
PUBLICADO digitalblueradio às 16:57 | LINK DO POST
A 13 de Maio de 1917, três crianças apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, freguesia de Fátima, concelho de Vila Nova de Ourém, chamavam-se Lúcia de Jesus, de 10 anos, e Francisco e Jacinta Marto, seus primos, de 9 e 7 anos. Por volta do meio dia, depois de rezarem o terço, como habitualmente faziam, entretinham-se a construir uma pequena casa de pedras soltas, no local onde hoje se encontra a Basílica. De repente, viram uma luz brilhante; julgando ser um relâmpago, decidiram ir-se embora, mas, logo abaixo, outro clarão iluminou o espaço, e viram em cima de uma pequena azinheira (onde agora se encontra a Capelinha das Aparições), uma "Senhora mais brilhante que o sol", de cujas mãos pendia um terço branco.
A Senhora disse aos três pastorinhos que era necessário rezar muito e convidou-os a voltar à Cova da Iria durante mais cinco meses consecutivos, no dia 13 e àquela hora. As crianças assim fizeram, e nos dias 13 de Junho, Julho, Setembro e Outubro, a Senhora voltou a aparecer-lhes e a falar-lhes, na Cova da Iria. A 19 de Agosto, a aparição deu-se no sítio dos Valinhos, a uns 500 metros do lugar de Aljustrel, porque, no dia 13, as crianças tinham sido levadas pelo Administrador do Concelho, para Vila Nova de Ourém.
Na última aparição, a 13 de Outubro, estando presentes cerca de 70.000 pessoas, a Senhora disse-lhes que era a "Senhora do Rosário" e que fizessem ali uma capela em Sua honra. Depois da aparição, todos os presentes observaram o milagre prometido às três crianças em Julho e Setembro: o sol, assemelhando-se a um disco de prata, podia fitar-se sem dificuldade e girava sobre si mesmo como uma roda de fogo, parecendo precipitar-se na terra. 
Posteriormente, sendo Lúcia religiosa de Santa Doroteia, Nossa Senhora apareceu-lhe novamente em Espanha (10 de Dezembro de 1925 e 15 de Fevereiro de 1926, no Convento de Pontevedra, e na noite de 13/14 de Junho de 1929, no Convento de Tuy), pedindo a devoção dos cinco primeiros sábados (rezar o terço, meditar nos mistérios do Rosário, confessar-se e receber a Sagrada Comunhão, em reparação dos pecados cometidos contra o Imaculado Coração de Maria) e a Consagração da Rússia ao mesmo Imaculado Coração. Este pedido já Nossa Senhora o anunciara em 13 de Julho de 1917.
Anos mais tarde, a Irmã Lúcia conta ainda que, entre Abril e Outubro de 1916, tinha aparecido um Anjo aos três videntes, por três vezes, duas na Loca do Cabeço e outra junto ao poço do quintal da casa de Lúcia, convidando-os à oração e penitência. 
Desde 1917, não mais cessaram de ir à Cova da Iria milhares e milhares de peregrinos de todo o mundo, nos dias 13 de cada mês.


Ao longo dos tempos sempre existiu alguém que não acreditava nestas aparições, dizendo tratar-se de um logro, uma mentira criada, o que é certo é que os supostos segredos só foram revelados depois de terem acontecido. Assista a este video.
                                A história das aparições
           
Cada um de nós têm a sua Fé, e é livre de acreditar ou não. É certo no entanto que ao longo dos tempos a existência do Altar do Mundo têm ajudado muita gente que acreditando na sua Fé ali se desloca, fazendo promessas e recebendo os seus milagres, milhões de pessoas já passaram por Fátima (Santuário), depositando neste local as suas angustias, e esperanças. A Fé Move Montanhas.
 Santuário de Fátima (Página Oficial)
PUBLICADO digitalblueradio às 16:57 | LINK DO POST
 Para quem quiser ver e ouvir
Aqui fica o link da capelinha das aparições 
para ver e ouvir em direto
PUBLICADO digitalblueradio às 09:43 | LINK DO POST
 Para quem quiser ver e ouvir
Aqui fica o link da capelinha das aparições 
para ver e ouvir em direto
PUBLICADO digitalblueradio às 09:43 | LINK DO POST
 Para quem quiser ver e ouvir
Aqui fica o link da capelinha das aparições 
para ver e ouvir em direto
PUBLICADO digitalblueradio às 09:43 | LINK DO POST
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
31994042009
Perfeito. Me sinto da mesma forma. Parece que desc...
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs