O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Boadiceia ou Boudica, foi uma rainha celta que liderou os icenos, juntamente com outras tribos, num levante contra as forças romanas que ocupavam a Grã-Bretanha em 60 ou 61 d.C. durante o reinado do imperador Nero. 

Boadiceia era alta, terrível de olhar e possuia uma voz poderosa. Uma cascata de cabelos vermelhos; usava um colar dourado composto de ornamentos, uma veste multicolorida e sobre esta um casaco grosso preso por um broche. Carregava uma lança comprida para assustar todos os que lhe deitassem os olhos. Ela tinha uma veneração por uma deusa chamada Andraste, (que significa Vitória). 

Boadiceia era casada com o rei dos icenos, aliado do Império Romano. Com a sua morte, Boadiceia assumiu a liderança do seu povo. Contudo, os romanos ignoraram o testamento e do rei e apropriaram-se de toda a herança do rei falecido. Quando Boadiceia protestou contra tal abuso, as tropas romanas usaram a força e açoitaram a rainha e violaram as filhas. Ela ficou revoltada, unindo os povos próximos da sua cidade decidiu lutar pela libertação do julgo romano. Eles chegaram a tomar e massacrar algumas cidades que estavam sob controle do Império Romano.

Depois de algumas perdas, o exército romano reorganizou-se e atraiu os rebeldes liderados por Boadiceia para um terreno adequado as táticas militares romanas e conseguiu derrotá-los. Esta revolta foi uma das mais violentas contra o Império Romano. A fama de Boadiceia tomou proporções lendárias na Grã-Bretanha, e a rainha Vitória foi vista como sua equivalente em termos de grandeza.

A estátua de bronze de Boadiceia, ao lado da ponte de Westminster e do Palácio de Westminster foi inaugurada pelo príncipe Alberto e executada por Thomas Thornycroft. Representa Boadiceia em sua carruagem de guerra junto com suas filhas.
Pouco se sabe sobre a rainha Boudica (ou em latim Boudicéia) porque os fatos ocorridos com ela aconteceram há muito tempo atrás. Acredita-se que viveu entre (20 - 62 d.C.).  
O primeiro ataque de Boudica foi em Camulodunum, a batalha durou três dias. Alguns romanos conseguiram fugir da cidade. Os que ficaram foram brutalmente massacrados. Boudica então ordena que os seus homens marchem para Londinium, Gaius Suetonius Paulinus governador da Bretanha ao saber que o exército bárbaro se aproximava reuniu as suas tropas e abandonou a cidade que foi pilhada, queimada e novamente não sobraram sobreviventes. Após isso Boudica marcha para Verulamium onde os habitantes ao descobrirem da chegada dos bárbaros fugiram os que ficaram foram mortos e pendurados nos muros da cidade. 
Boudica resolve parar o seu exército e dar descanso aos seus homens, enquanto os romanos reuniam mais homens. Os romanos põem então em prática o plano de atrair Boudica para um campo onde as estratégias romanas funcionariam. Nesse campo 178 mil romanos lutaram contra os 100 mil homens de Boudica, a Inglaterra nunca tinha visto uma batalha de tamanho porte que passou a ser conhecida como “A Batalha de Watling Street”. 
As tropas de Boudica que não eram boas em batalhas de campo aberto foram derrotadas, os bárbaros foram duramente massacrados. Boudica foi morta durante o combate, quando o seu cavalo foi derrubado por arqueiros e um soldado a matou com um golpe de machado. Algumas rebeliões ainda ocorreram após a morte de Boudica, mas todas foram abafadas. Porém Watling Street foi realmente uma das piores rebeliões na história do Império Romano. Boudica até hoje é considerada heroína nacional em Inglaterra. 
PUBLICADO digitalblueradio às 11:43 | LINK DO POST
tags:
POEMA DELE E A RESPOSTA DELA
*Poema escrito por ele*

Que feliz sou eu, meu amor!
Daqui a pouco estaremos casados,
Até já sinto o sabor do café da manhã na cama,
Um bom sumo e o pão torrado
 
Os ovos bem mexidinhos
Tudo pronto bem cedinho,
Depois irei para o trabalho
E tu meu amor, para o mercado
 
Arrumas as camas,
correndo amor, arrumas tudo
E corres pro teu dia-a-dia,
Já sabes que de noite
Gosto de jantar cedo
De te ver bonita
Alegre e sorridente
Para terminar bem o dia. 

Á noite, depois de um jantar soculento
Bebo um café e um copo
pra ficar descontraido 
no meu sofá preferido
Assisto tv contigo

Nada do que outros fazem
isso não é romantismo
Fazes as lides da casa
e ficas bonita pro teu marido

Ir ao cinema! Só de vez enquando
Nada de shoppings
Nem restaurantes caros
Ir a locais desses só em momentos raros. 
Comidinha boa é a tua, meu amor
até lhe sinto o cheirinho.
Não te esqueças querida
logo, logo serei o teu maridinho.

* Poema escrito por ela*

Que sincero meu amor!
Que oportunas as tuas palavras!
Esperas tanto de mim
Que me sinto intimidada

Não sei fazer ovos mexidos
Como a tua mãe adorada,
O pão torrado queima-se
De cozinha não sei nada!

Gosto muito de dormir
Até tarde, relaxada
Ir ao shopping fazer compras
Com o Visa tarja dourada

Sair com as minhas amigas,
Comprar só roupas de marca
Sapatos só exclusivos
E as langerie mais cara

Pense bem, que ainda há tempo
A igreja não está paga
Eu devolvo o meu vestido
E tu o terno de gala

E domingo bem cedinho
Prá começar a semana,
Põe um aviso no jornal
Com letras bem destacadas:
HOMEM JOVEM E BONITO
PROCURA UMA ESCRAVA LERDA
PORQUE A SUA EX-FUTURA ESPOSA
MANDOU-O IR À MERDA!
PUBLICADO digitalblueradio às 15:22 | LINK DO POST
tags:
POEMA DELE E A RESPOSTA DELA
*Poema escrito por ele*

Que feliz sou eu, meu amor!
Daqui a pouco estaremos casados,
Até já sinto o sabor do café da manhã na cama,
Um bom sumo e o pão torrado
 
Os ovos bem mexidinhos
Tudo pronto bem cedinho,
Depois irei para o trabalho
E tu meu amor, para o mercado
 
Arrumas as camas,
correndo amor, arrumas tudo
E corres pro teu dia-a-dia,
Já sabes que de noite
Gosto de jantar cedo
De te ver bonita
Alegre e sorridente
Para terminar bem o dia. 

Á noite, depois de um jantar soculento
Bebo um café e um copo
pra ficar descontraido 
no meu sofá preferido
Assisto tv contigo

Nada do que outros fazem
isso não é romantismo
Fazes as lides da casa
e ficas bonita pro teu marido

Ir ao cinema! Só de vez enquando
Nada de shoppings
Nem restaurantes caros
Ir a locais desses só em momentos raros. 
Comidinha boa é a tua, meu amor
até lhe sinto o cheirinho.
Não te esqueças querida
logo, logo serei o teu maridinho.

* Poema escrito por ela*

Que sincero meu amor!
Que oportunas as tuas palavras!
Esperas tanto de mim
Que me sinto intimidada

Não sei fazer ovos mexidos
Como a tua mãe adorada,
O pão torrado queima-se
De cozinha não sei nada!

Gosto muito de dormir
Até tarde, relaxada
Ir ao shopping fazer compras
Com o Visa tarja dourada

Sair com as minhas amigas,
Comprar só roupas de marca
Sapatos só exclusivos
E as langerie mais cara

Pense bem, que ainda há tempo
A igreja não está paga
Eu devolvo o meu vestido
E tu o terno de gala

E domingo bem cedinho
Prá começar a semana,
Põe um aviso no jornal
Com letras bem destacadas:
HOMEM JOVEM E BONITO
PROCURA UMA ESCRAVA LERDA
PORQUE A SUA EX-FUTURA ESPOSA
MANDOU-O IR À MERDA!
PUBLICADO digitalblueradio às 15:22 | LINK DO POST
tags:
POEMA DELE E A RESPOSTA DELA
*Poema escrito por ele*

Que feliz sou eu, meu amor!
Daqui a pouco estaremos casados,
Até já sinto o sabor do café da manhã na cama,
Um bom sumo e o pão torrado
 
Os ovos bem mexidinhos
Tudo pronto bem cedinho,
Depois irei para o trabalho
E tu meu amor, para o mercado
 
Arrumas as camas,
correndo amor, arrumas tudo
E corres pro teu dia-a-dia,
Já sabes que de noite
Gosto de jantar cedo
De te ver bonita
Alegre e sorridente
Para terminar bem o dia. 

Á noite, depois de um jantar soculento
Bebo um café e um copo
pra ficar descontraido 
no meu sofá preferido
Assisto tv contigo

Nada do que outros fazem
isso não é romantismo
Fazes as lides da casa
e ficas bonita pro teu marido

Ir ao cinema! Só de vez enquando
Nada de shoppings
Nem restaurantes caros
Ir a locais desses só em momentos raros. 
Comidinha boa é a tua, meu amor
até lhe sinto o cheirinho.
Não te esqueças querida
logo, logo serei o teu maridinho.

* Poema escrito por ela*

Que sincero meu amor!
Que oportunas as tuas palavras!
Esperas tanto de mim
Que me sinto intimidada

Não sei fazer ovos mexidos
Como a tua mãe adorada,
O pão torrado queima-se
De cozinha não sei nada!

Gosto muito de dormir
Até tarde, relaxada
Ir ao shopping fazer compras
Com o Visa tarja dourada

Sair com as minhas amigas,
Comprar só roupas de marca
Sapatos só exclusivos
E as langerie mais cara

Pense bem, que ainda há tempo
A igreja não está paga
Eu devolvo o meu vestido
E tu o terno de gala

E domingo bem cedinho
Prá começar a semana,
Põe um aviso no jornal
Com letras bem destacadas:
HOMEM JOVEM E BONITO
PROCURA UMA ESCRAVA LERDA
PORQUE A SUA EX-FUTURA ESPOSA
MANDOU-O IR À MERDA!
PUBLICADO digitalblueradio às 15:22 | LINK DO POST
tags:
Dany Silva - Mexe, Mexe
Tonicha - Vai de ruz truz truz
Taxi - Sozinho
Luis Represas - Ao Canto da Noite
Pedro Abrunhosa e os  Bandemónio  
Se Eu Fosse Um Dia o Teu Olhar
João Portugal - Quero-te Abraçar
Quinta do Bill - Se Te Amo
Quinta do Bill - Filhos da Nação
Peste e Sida - Sol da Caparica
Trabalhadores do Comércio  
Tás Quietinho ou Levas no Focinho
João Afonso - Carteiro em Bicicleta
Pedro Abrunhosa e os Bandemónio - Tudo o Que Eu Te Dou
Luis Represas - Como Eu Te Amei Ninguem Te Amou
PUBLICADO digitalblueradio às 12:43 | LINK DO POST
tags:
Dany Silva - Mexe, Mexe
Tonicha - Vai de ruz truz truz
Taxi - Sozinho
Luis Represas - Ao Canto da Noite
Pedro Abrunhosa e os  Bandemónio  
Se Eu Fosse Um Dia o Teu Olhar
João Portugal - Quero-te Abraçar
Quinta do Bill - Se Te Amo
Quinta do Bill - Filhos da Nação
Peste e Sida - Sol da Caparica
Trabalhadores do Comércio  
Tás Quietinho ou Levas no Focinho
João Afonso - Carteiro em Bicicleta
Pedro Abrunhosa e os Bandemónio - Tudo o Que Eu Te Dou
Luis Represas - Como Eu Te Amei Ninguem Te Amou
PUBLICADO digitalblueradio às 12:43 | LINK DO POST
tags:
Dany Silva - Mexe, Mexe
Tonicha - Vai de ruz truz truz
Taxi - Sozinho
Luis Represas - Ao Canto da Noite
Pedro Abrunhosa e os  Bandemónio  
Se Eu Fosse Um Dia o Teu Olhar
João Portugal - Quero-te Abraçar
Quinta do Bill - Se Te Amo
Quinta do Bill - Filhos da Nação
Peste e Sida - Sol da Caparica
Trabalhadores do Comércio  
Tás Quietinho ou Levas no Focinho
João Afonso - Carteiro em Bicicleta
Pedro Abrunhosa e os Bandemónio - Tudo o Que Eu Te Dou
Luis Represas - Como Eu Te Amei Ninguem Te Amou
PUBLICADO digitalblueradio às 12:43 | LINK DO POST
tags:
SHREK EXISTIU !! 
Shrek existiu, e falava 14 idiomas.
O personagem de desenho animado que é sucesso em todo mundo foi criado a partir de uma máscara mortuária do francês Maurice Tillet.  Poeta e actor, Tillet nasceu em 1903. Na adolescência, contraiu uma doença rara, chamada acromegalia , que causa a desfiguração de partes do corpo.
 
A transformação para um quase "monstro" não o abateu, emigrou para os Estados Unidos e converteu-se num profissional de Luta livre, com o nome de "Assustador ogre do ringue". 
Lutou enquanto pôde. Morreu em 1954, com 51 anos, de ataque cardíaco. Pouco antes, o seu parceiro de partidas de xadrez, Bobby Managain, pediu para lhe fazer um lifecast ( máscara mortuária). 
Tillet concordou e Bobby fez cópias em gesso da cabeça do amigo. Uma delas foi para o Museu internacional de Luta Livre, em Iowa. A outra foi para o Hall of Fame do York Barbell Building para mostrar os primórdios das formas da luta livre moderna e do halterofilismo. Foi esta réplica que serviu de modelo para a construção de Shrek.
PUBLICADO digitalblueradio às 13:45 | LINK DO POST
SHREK EXISTIU !! 
Shrek existiu, e falava 14 idiomas.
O personagem de desenho animado que é sucesso em todo mundo foi criado a partir de uma máscara mortuária do francês Maurice Tillet.  Poeta e actor, Tillet nasceu em 1903. Na adolescência, contraiu uma doença rara, chamada acromegalia , que causa a desfiguração de partes do corpo.
 
A transformação para um quase "monstro" não o abateu, emigrou para os Estados Unidos e converteu-se num profissional de Luta livre, com o nome de "Assustador ogre do ringue". 
Lutou enquanto pôde. Morreu em 1954, com 51 anos, de ataque cardíaco. Pouco antes, o seu parceiro de partidas de xadrez, Bobby Managain, pediu para lhe fazer um lifecast ( máscara mortuária). 
Tillet concordou e Bobby fez cópias em gesso da cabeça do amigo. Uma delas foi para o Museu internacional de Luta Livre, em Iowa. A outra foi para o Hall of Fame do York Barbell Building para mostrar os primórdios das formas da luta livre moderna e do halterofilismo. Foi esta réplica que serviu de modelo para a construção de Shrek.
PUBLICADO digitalblueradio às 13:45 | LINK DO POST
SHREK EXISTIU !! 
Shrek existiu, e falava 14 idiomas.
O personagem de desenho animado que é sucesso em todo mundo foi criado a partir de uma máscara mortuária do francês Maurice Tillet.  Poeta e actor, Tillet nasceu em 1903. Na adolescência, contraiu uma doença rara, chamada acromegalia , que causa a desfiguração de partes do corpo.
 
A transformação para um quase "monstro" não o abateu, emigrou para os Estados Unidos e converteu-se num profissional de Luta livre, com o nome de "Assustador ogre do ringue". 
Lutou enquanto pôde. Morreu em 1954, com 51 anos, de ataque cardíaco. Pouco antes, o seu parceiro de partidas de xadrez, Bobby Managain, pediu para lhe fazer um lifecast ( máscara mortuária). 
Tillet concordou e Bobby fez cópias em gesso da cabeça do amigo. Uma delas foi para o Museu internacional de Luta Livre, em Iowa. A outra foi para o Hall of Fame do York Barbell Building para mostrar os primórdios das formas da luta livre moderna e do halterofilismo. Foi esta réplica que serviu de modelo para a construção de Shrek.
PUBLICADO digitalblueradio às 13:45 | LINK DO POST
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
31994042009
Perfeito. Me sinto da mesma forma. Parece que desc...
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs