O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS
Elizabeth II do Reino Unido (nome completo: Elizabeth Alexandra Mary, nasceu em Londres a 21 de Abril de 1926, monarca e chefe de Estado do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. A rainha é também chefe da Comunidade Britânica, governante suprema da Igreja Anglicana e comandante-chefe das Forças Armadas do Reino Unido.
Isabel nasceu no número 21 da Rua Bruton, em Mayfair, um bairro de Londres, a 21 de abril de 1926. O seu pai, o príncipe Alberto, Duque de York (mais tarde rei Jorge VI), era o segundo filho mais velho do rei Jorge V e da Rainha Maria, sua mãe era a Duquesa de York, depois rainha-consorte Isabel, mais tardiamente Rainha mãe, filha do Lorde Claude George Bowes-Lyon, Conde de Strathmore e Kinghorne e sua esposa, a Condessa de Strathmore. Ela recebeu o nome de sua mãe, enquanto que os seus dois nomes do meio são da sua bisavó paterna Rainha Alexandra e avó Rainha Maria, respectivamente.

Isabel II com a irmã Margarida (á frente) e a sua avó Maria de Teck (ao lado)

Como neta do soberano, adquiriu a condição de Princesa da Grã-Bretanha, recebendo o tratamento de Sua Alteza Real. Era a Princesa Isabel de York, quando nasceu, terceira na linha sucessória, atrás do seu pai e seu tio, o Príncipe de Gales, mais tarde Rei Eduardo VIII.

1933, retratando Isabel com sete anos

A jovem princesa Isabel foi educada em casa sob a supervisão da sua mãe, a então Duquesa de York. Estudou história e línguas modernas. Foi instruída em religião pelo Arcebispo de Cantuária e sempre teve grande crença na Igreja de Inglaterra.
Como neta do monarca na linha de sucessão, ela foi chamada desde o seu nascimento de Sua Alteza Real Princesa Isabel de York. Ela era a terceira na linha de sucessão ao trono Britânico, atrás do seu tio, Eduardo, Príncipe de Gales e do seu pai. Não era esperado que ela se tornasse Rainha, pois o Príncipe de Gales era jovem, assumiria o trono e teria filhos mas em 1936, quando o seu avo paterno, o Rei, morreu e o seu tio Eduardo o sucedeu, ela tornou-se a segunda na linha de sucessão ao trono, atrás do seu pai. Após um ano, Eduardo abdicou, porque a família real decidiu não aceitar o seu casamento com Wallis Simpson, uma americana divorciada. O pai de Isabel tornou-se rei e ela tornou-se a herdeira.
Em 1943, com 16 anos de idade, Isabel fez a sua primeira aparição pública, sozinha e em 1945 ingressou no Serviço Territorial Auxiliar das Mulheres, como uma honorária Segunda Subalterna, com o número de serviço de 230873. Ela foi treinada como motorista e mecânica, conduzindo um camião militar, e foi promovida a Comandande Junior cinco meses depois. Segundo se diz no fim da guerra, no Dia da Vitória na Europa, Isabel e a sua irmã misturaram-se anonimante com a multidão que saia ás ruas para celebrar. 

Isabel conheceu o seu futuro marido Filipe, Duque de Edimburgo, com apenas 13 anos de idade apaixonou-se por ele e começaram a trocar cartas. Casaram dia 20 de novembro de 1947 na Abadia de Westminster. Antes do casamento, Filipe renunciou ao seus títulos Gregos e Dinamarqueses, convertendo-se da Igreja Ortodoxa Grega ao Anglicanismo e adotou o nome de Filipe Mountbatten, sendo o sobrenome britânico de sua mãe. Mas antes do casamento, foi-lhe dado o título de Duque de Edimburgo.

O casamento não aconteceu sem controvérsias: Filipe não tinha nenhum suporte financeiro, era um estrangeiro e a sua irmã tinha casado com um nobre alemão, com ligações aos Nazistas. 

Após o casamento, Isabel e Filipe mudaram-se para Clarence House, Londres. Em 1948 nasceu o primeiro filho, Príncipe Carlos de Edimburgo. Além de Carlos, tiveram mais três filhos: Ana, Princesa Real, André, Duque de York e Eduardo, Conde de Wessex. Apesar da casa real ser oficialmente chamada Windsor, foi decretado em 1960 que os descendentes da rainha Isabel II e do Príncipe Filipe teriam o sobrenome Mountbatten-Windsor.

A saúde de Jorge VI do Reino Unido começou a declinar em 1951 e Isabel foi representar o seu pai em eventos públicos com frequência. Em 1952 o rei morreu, Isabel foi proclamada rainha ela e o Duque de Edimburgo mudaram-se então para o Palácio de Buckingham. Com a ascensão de Isabel a casa real deveria ter o nome do seu marido Mountbatten, mas foi decidido que a casa fosse Casa de Windsor. O Duque reclamou: "Eu sou o único homem no país que não pode dar o seu nome aos filhos".

Estandarte pessoal da rainha Isabel II

Em 1951 a rainha visitou Portugal. Em 1981 foram disparados tiros contra a Rainha, enquanto cavalgava, o atirador, Marcus Sarjeant, um jovem de 17 anos foi preso e condenado a cinco anos de prisão. Em 1982 a Rainha encontrou-se novamente numa situação delicada, quando acordou e encontrou no seu quarto, no Palácio de Buckingham um intruso, Michael Fagan, foi chamada a guarda e enquanto esta não chegou, Isabel conversou com Fagan até ser preso. Tirando algumas dezenas de controvérsias sobre os problemas da família real, particularmente os casamentos fracassados dos seus filhos nas décadas de 1980 e 1990, a rainha permaneceu sempre como uma figura marcante e respeitada pela população. No entanto em 1997, ela e outros membros da família real foram recebidos de forma fria quando não presenciaram algumas cerimônias da morte de Diana, Princesa de Gales. A rainha Isabel tinha sentimentos negativos em relação a Diana e acreditava que ela tinha causado um grande dano à monarquia.

Em 2002, comemorou-se o Jubileu de Ouro, marcando os cinquenta anos da sua ascensão ao trono. Em 2003, a rainha sofreu três intervenções cirúrgicas. 
 Descendência
Príncipe Charles, Príncipe de Gales (Charles Philip Arthur George, nasceu a 14 de novembro de 1948) - casou em 1981 e divorciou-se em 1996 de Lady Diana Frances Spencer; casou pela segunda vez em 2005 com Camilla Rosemary Shand. 
Príncipe William, Duque de Cambridge nasceu em 1982, casou em 2011 com Catherine Elizabeth Middleton.
Príncipe Henry, "Harry" de Gales nasceu em 1984
Princesa Anne, Princesa Real (Anne Elizabeth Alice Louise, nasceu a 15 de agosto de 1950) casou em 1973 e divorciou-se em 1992 de Mark Anthony Peter Philips; casou pela segunda vez em 1992 com Timothy James Hamilton Laurence.

Peter Philips nasceu a 15 de novembro de 1977, casado com Autumn Patricia Kelly é o neto mais velho da Rainha Elizabeth II e do Duque de Edimburgo. 
Savannah Phillips nasceu a 28 de dezembro de 2010, bisneta da rainha, a menina é 12 º na linha de sucessão ao trono.
Zara Philips nasceu a 15 de maio de 1981, casada com Michael James Tindall é uma hipista de elite. Ela é a única filha de Anne, Princesa Real. Como é a neta da Rainha Elizabeth II, Zara Phillips é a décima terceira na linha de sucessão ao trono britânico.
Príncipe Andrew, Duque de York (Andrew Albert Christian Edward, nasceu a 19 de fevereiro de 1960) casou em 1986 e divorciou-se em 1996 de Sarah Margaret Ferguson.
Princesa Beatrice de York nasceu a 8 de agosto de 1988. Ela é neta da Rainha Elizabeth II e do Príncipe Philip. Beatriz é a quinta na linha de sucessão ao trono britânico. 
Princesa Eugenie de York nasceu a 23 de março de 1990. A Princesa é a sexta na linha de sucessão ao trono britânico.
Príncipe Edward, Conde de Wessex (Edward Anthony Richard Louis, nasceu a 10 de março de 1964) casou em 1999 com Sophie Helen Rhys-Jones.
Lady Louise Windsor nasceu a 8 de novembro de 2003.
 James Windsor, Visconde Severn nasceu a 17 de dezembro de 2007
Rainha Elizabeth II uma vida, uma história
PUBLICADO digitalblueradio às 11:33 | LINK DO POST
tags:
Elizabeth II do Reino Unido (nome completo: Elizabeth Alexandra Mary, nasceu em Londres a 21 de Abril de 1926, monarca e chefe de Estado do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. A rainha é também chefe da Comunidade Britânica, governante suprema da Igreja Anglicana e comandante-chefe das Forças Armadas do Reino Unido.
Isabel nasceu no número 21 da Rua Bruton, em Mayfair, um bairro de Londres, a 21 de abril de 1926. O seu pai, o príncipe Alberto, Duque de York (mais tarde rei Jorge VI), era o segundo filho mais velho do rei Jorge V e da Rainha Maria, sua mãe era a Duquesa de York, depois rainha-consorte Isabel, mais tardiamente Rainha mãe, filha do Lorde Claude George Bowes-Lyon, Conde de Strathmore e Kinghorne e sua esposa, a Condessa de Strathmore. Ela recebeu o nome de sua mãe, enquanto que os seus dois nomes do meio são da sua bisavó paterna Rainha Alexandra e avó Rainha Maria, respectivamente.

Isabel II com a irmã Margarida (á frente) e a sua avó Maria de Teck (ao lado)

Como neta do soberano, adquiriu a condição de Princesa da Grã-Bretanha, recebendo o tratamento de Sua Alteza Real. Era a Princesa Isabel de York, quando nasceu, terceira na linha sucessória, atrás do seu pai e seu tio, o Príncipe de Gales, mais tarde Rei Eduardo VIII.

1933, retratando Isabel com sete anos

A jovem princesa Isabel foi educada em casa sob a supervisão da sua mãe, a então Duquesa de York. Estudou história e línguas modernas. Foi instruída em religião pelo Arcebispo de Cantuária e sempre teve grande crença na Igreja de Inglaterra.
Como neta do monarca na linha de sucessão, ela foi chamada desde o seu nascimento de Sua Alteza Real Princesa Isabel de York. Ela era a terceira na linha de sucessão ao trono Britânico, atrás do seu tio, Eduardo, Príncipe de Gales e do seu pai. Não era esperado que ela se tornasse Rainha, pois o Príncipe de Gales era jovem, assumiria o trono e teria filhos mas em 1936, quando o seu avo paterno, o Rei, morreu e o seu tio Eduardo o sucedeu, ela tornou-se a segunda na linha de sucessão ao trono, atrás do seu pai. Após um ano, Eduardo abdicou, porque a família real decidiu não aceitar o seu casamento com Wallis Simpson, uma americana divorciada. O pai de Isabel tornou-se rei e ela tornou-se a herdeira.
Em 1943, com 16 anos de idade, Isabel fez a sua primeira aparição pública, sozinha e em 1945 ingressou no Serviço Territorial Auxiliar das Mulheres, como uma honorária Segunda Subalterna, com o número de serviço de 230873. Ela foi treinada como motorista e mecânica, conduzindo um camião militar, e foi promovida a Comandande Junior cinco meses depois. Segundo se diz no fim da guerra, no Dia da Vitória na Europa, Isabel e a sua irmã misturaram-se anonimante com a multidão que saia ás ruas para celebrar. 

Isabel conheceu o seu futuro marido Filipe, Duque de Edimburgo, com apenas 13 anos de idade apaixonou-se por ele e começaram a trocar cartas. Casaram dia 20 de novembro de 1947 na Abadia de Westminster. Antes do casamento, Filipe renunciou ao seus títulos Gregos e Dinamarqueses, convertendo-se da Igreja Ortodoxa Grega ao Anglicanismo e adotou o nome de Filipe Mountbatten, sendo o sobrenome britânico de sua mãe. Mas antes do casamento, foi-lhe dado o título de Duque de Edimburgo.

O casamento não aconteceu sem controvérsias: Filipe não tinha nenhum suporte financeiro, era um estrangeiro e a sua irmã tinha casado com um nobre alemão, com ligações aos Nazistas. 

Após o casamento, Isabel e Filipe mudaram-se para Clarence House, Londres. Em 1948 nasceu o primeiro filho, Príncipe Carlos de Edimburgo. Além de Carlos, tiveram mais três filhos: Ana, Princesa Real, André, Duque de York e Eduardo, Conde de Wessex. Apesar da casa real ser oficialmente chamada Windsor, foi decretado em 1960 que os descendentes da rainha Isabel II e do Príncipe Filipe teriam o sobrenome Mountbatten-Windsor.

A saúde de Jorge VI do Reino Unido começou a declinar em 1951 e Isabel foi representar o seu pai em eventos públicos com frequência. Em 1952 o rei morreu, Isabel foi proclamada rainha ela e o Duque de Edimburgo mudaram-se então para o Palácio de Buckingham. Com a ascensão de Isabel a casa real deveria ter o nome do seu marido Mountbatten, mas foi decidido que a casa fosse Casa de Windsor. O Duque reclamou: "Eu sou o único homem no país que não pode dar o seu nome aos filhos".

Estandarte pessoal da rainha Isabel II

Em 1951 a rainha visitou Portugal. Em 1981 foram disparados tiros contra a Rainha, enquanto cavalgava, o atirador, Marcus Sarjeant, um jovem de 17 anos foi preso e condenado a cinco anos de prisão. Em 1982 a Rainha encontrou-se novamente numa situação delicada, quando acordou e encontrou no seu quarto, no Palácio de Buckingham um intruso, Michael Fagan, foi chamada a guarda e enquanto esta não chegou, Isabel conversou com Fagan até ser preso. Tirando algumas dezenas de controvérsias sobre os problemas da família real, particularmente os casamentos fracassados dos seus filhos nas décadas de 1980 e 1990, a rainha permaneceu sempre como uma figura marcante e respeitada pela população. No entanto em 1997, ela e outros membros da família real foram recebidos de forma fria quando não presenciaram algumas cerimônias da morte de Diana, Princesa de Gales. A rainha Isabel tinha sentimentos negativos em relação a Diana e acreditava que ela tinha causado um grande dano à monarquia.

Em 2002, comemorou-se o Jubileu de Ouro, marcando os cinquenta anos da sua ascensão ao trono. Em 2003, a rainha sofreu três intervenções cirúrgicas. 
 Descendência
Príncipe Charles, Príncipe de Gales (Charles Philip Arthur George, nasceu a 14 de novembro de 1948) - casou em 1981 e divorciou-se em 1996 de Lady Diana Frances Spencer; casou pela segunda vez em 2005 com Camilla Rosemary Shand. 
Príncipe William, Duque de Cambridge nasceu em 1982, casou em 2011 com Catherine Elizabeth Middleton.
Príncipe Henry, "Harry" de Gales nasceu em 1984
Princesa Anne, Princesa Real (Anne Elizabeth Alice Louise, nasceu a 15 de agosto de 1950) casou em 1973 e divorciou-se em 1992 de Mark Anthony Peter Philips; casou pela segunda vez em 1992 com Timothy James Hamilton Laurence.

Peter Philips nasceu a 15 de novembro de 1977, casado com Autumn Patricia Kelly é o neto mais velho da Rainha Elizabeth II e do Duque de Edimburgo. 
Savannah Phillips nasceu a 28 de dezembro de 2010, bisneta da rainha, a menina é 12 º na linha de sucessão ao trono.
Zara Philips nasceu a 15 de maio de 1981, casada com Michael James Tindall é uma hipista de elite. Ela é a única filha de Anne, Princesa Real. Como é a neta da Rainha Elizabeth II, Zara Phillips é a décima terceira na linha de sucessão ao trono britânico.
Príncipe Andrew, Duque de York (Andrew Albert Christian Edward, nasceu a 19 de fevereiro de 1960) casou em 1986 e divorciou-se em 1996 de Sarah Margaret Ferguson.
Princesa Beatrice de York nasceu a 8 de agosto de 1988. Ela é neta da Rainha Elizabeth II e do Príncipe Philip. Beatriz é a quinta na linha de sucessão ao trono britânico. 
Princesa Eugenie de York nasceu a 23 de março de 1990. A Princesa é a sexta na linha de sucessão ao trono britânico.
Príncipe Edward, Conde de Wessex (Edward Anthony Richard Louis, nasceu a 10 de março de 1964) casou em 1999 com Sophie Helen Rhys-Jones.
Lady Louise Windsor nasceu a 8 de novembro de 2003.
 James Windsor, Visconde Severn nasceu a 17 de dezembro de 2007
Rainha Elizabeth II uma vida, uma história
PUBLICADO digitalblueradio às 11:33 | LINK DO POST
tags:
Elizabeth II do Reino Unido (nome completo: Elizabeth Alexandra Mary, nasceu em Londres a 21 de Abril de 1926, monarca e chefe de Estado do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte. A rainha é também chefe da Comunidade Britânica, governante suprema da Igreja Anglicana e comandante-chefe das Forças Armadas do Reino Unido.
Isabel nasceu no número 21 da Rua Bruton, em Mayfair, um bairro de Londres, a 21 de abril de 1926. O seu pai, o príncipe Alberto, Duque de York (mais tarde rei Jorge VI), era o segundo filho mais velho do rei Jorge V e da Rainha Maria, sua mãe era a Duquesa de York, depois rainha-consorte Isabel, mais tardiamente Rainha mãe, filha do Lorde Claude George Bowes-Lyon, Conde de Strathmore e Kinghorne e sua esposa, a Condessa de Strathmore. Ela recebeu o nome de sua mãe, enquanto que os seus dois nomes do meio são da sua bisavó paterna Rainha Alexandra e avó Rainha Maria, respectivamente.

Isabel II com a irmã Margarida (á frente) e a sua avó Maria de Teck (ao lado)

Como neta do soberano, adquiriu a condição de Princesa da Grã-Bretanha, recebendo o tratamento de Sua Alteza Real. Era a Princesa Isabel de York, quando nasceu, terceira na linha sucessória, atrás do seu pai e seu tio, o Príncipe de Gales, mais tarde Rei Eduardo VIII.

1933, retratando Isabel com sete anos

A jovem princesa Isabel foi educada em casa sob a supervisão da sua mãe, a então Duquesa de York. Estudou história e línguas modernas. Foi instruída em religião pelo Arcebispo de Cantuária e sempre teve grande crença na Igreja de Inglaterra.
Como neta do monarca na linha de sucessão, ela foi chamada desde o seu nascimento de Sua Alteza Real Princesa Isabel de York. Ela era a terceira na linha de sucessão ao trono Britânico, atrás do seu tio, Eduardo, Príncipe de Gales e do seu pai. Não era esperado que ela se tornasse Rainha, pois o Príncipe de Gales era jovem, assumiria o trono e teria filhos mas em 1936, quando o seu avo paterno, o Rei, morreu e o seu tio Eduardo o sucedeu, ela tornou-se a segunda na linha de sucessão ao trono, atrás do seu pai. Após um ano, Eduardo abdicou, porque a família real decidiu não aceitar o seu casamento com Wallis Simpson, uma americana divorciada. O pai de Isabel tornou-se rei e ela tornou-se a herdeira.
Em 1943, com 16 anos de idade, Isabel fez a sua primeira aparição pública, sozinha e em 1945 ingressou no Serviço Territorial Auxiliar das Mulheres, como uma honorária Segunda Subalterna, com o número de serviço de 230873. Ela foi treinada como motorista e mecânica, conduzindo um camião militar, e foi promovida a Comandande Junior cinco meses depois. Segundo se diz no fim da guerra, no Dia da Vitória na Europa, Isabel e a sua irmã misturaram-se anonimante com a multidão que saia ás ruas para celebrar. 

Isabel conheceu o seu futuro marido Filipe, Duque de Edimburgo, com apenas 13 anos de idade apaixonou-se por ele e começaram a trocar cartas. Casaram dia 20 de novembro de 1947 na Abadia de Westminster. Antes do casamento, Filipe renunciou ao seus títulos Gregos e Dinamarqueses, convertendo-se da Igreja Ortodoxa Grega ao Anglicanismo e adotou o nome de Filipe Mountbatten, sendo o sobrenome britânico de sua mãe. Mas antes do casamento, foi-lhe dado o título de Duque de Edimburgo.

O casamento não aconteceu sem controvérsias: Filipe não tinha nenhum suporte financeiro, era um estrangeiro e a sua irmã tinha casado com um nobre alemão, com ligações aos Nazistas. 

Após o casamento, Isabel e Filipe mudaram-se para Clarence House, Londres. Em 1948 nasceu o primeiro filho, Príncipe Carlos de Edimburgo. Além de Carlos, tiveram mais três filhos: Ana, Princesa Real, André, Duque de York e Eduardo, Conde de Wessex. Apesar da casa real ser oficialmente chamada Windsor, foi decretado em 1960 que os descendentes da rainha Isabel II e do Príncipe Filipe teriam o sobrenome Mountbatten-Windsor.

A saúde de Jorge VI do Reino Unido começou a declinar em 1951 e Isabel foi representar o seu pai em eventos públicos com frequência. Em 1952 o rei morreu, Isabel foi proclamada rainha ela e o Duque de Edimburgo mudaram-se então para o Palácio de Buckingham. Com a ascensão de Isabel a casa real deveria ter o nome do seu marido Mountbatten, mas foi decidido que a casa fosse Casa de Windsor. O Duque reclamou: "Eu sou o único homem no país que não pode dar o seu nome aos filhos".

Estandarte pessoal da rainha Isabel II

Em 1951 a rainha visitou Portugal. Em 1981 foram disparados tiros contra a Rainha, enquanto cavalgava, o atirador, Marcus Sarjeant, um jovem de 17 anos foi preso e condenado a cinco anos de prisão. Em 1982 a Rainha encontrou-se novamente numa situação delicada, quando acordou e encontrou no seu quarto, no Palácio de Buckingham um intruso, Michael Fagan, foi chamada a guarda e enquanto esta não chegou, Isabel conversou com Fagan até ser preso. Tirando algumas dezenas de controvérsias sobre os problemas da família real, particularmente os casamentos fracassados dos seus filhos nas décadas de 1980 e 1990, a rainha permaneceu sempre como uma figura marcante e respeitada pela população. No entanto em 1997, ela e outros membros da família real foram recebidos de forma fria quando não presenciaram algumas cerimônias da morte de Diana, Princesa de Gales. A rainha Isabel tinha sentimentos negativos em relação a Diana e acreditava que ela tinha causado um grande dano à monarquia.

Em 2002, comemorou-se o Jubileu de Ouro, marcando os cinquenta anos da sua ascensão ao trono. Em 2003, a rainha sofreu três intervenções cirúrgicas. 
 Descendência
Príncipe Charles, Príncipe de Gales (Charles Philip Arthur George, nasceu a 14 de novembro de 1948) - casou em 1981 e divorciou-se em 1996 de Lady Diana Frances Spencer; casou pela segunda vez em 2005 com Camilla Rosemary Shand. 
Príncipe William, Duque de Cambridge nasceu em 1982, casou em 2011 com Catherine Elizabeth Middleton.
Príncipe Henry, "Harry" de Gales nasceu em 1984
Princesa Anne, Princesa Real (Anne Elizabeth Alice Louise, nasceu a 15 de agosto de 1950) casou em 1973 e divorciou-se em 1992 de Mark Anthony Peter Philips; casou pela segunda vez em 1992 com Timothy James Hamilton Laurence.

Peter Philips nasceu a 15 de novembro de 1977, casado com Autumn Patricia Kelly é o neto mais velho da Rainha Elizabeth II e do Duque de Edimburgo. 
Savannah Phillips nasceu a 28 de dezembro de 2010, bisneta da rainha, a menina é 12 º na linha de sucessão ao trono.
Zara Philips nasceu a 15 de maio de 1981, casada com Michael James Tindall é uma hipista de elite. Ela é a única filha de Anne, Princesa Real. Como é a neta da Rainha Elizabeth II, Zara Phillips é a décima terceira na linha de sucessão ao trono britânico.
Príncipe Andrew, Duque de York (Andrew Albert Christian Edward, nasceu a 19 de fevereiro de 1960) casou em 1986 e divorciou-se em 1996 de Sarah Margaret Ferguson.
Princesa Beatrice de York nasceu a 8 de agosto de 1988. Ela é neta da Rainha Elizabeth II e do Príncipe Philip. Beatriz é a quinta na linha de sucessão ao trono britânico. 
Princesa Eugenie de York nasceu a 23 de março de 1990. A Princesa é a sexta na linha de sucessão ao trono britânico.
Príncipe Edward, Conde de Wessex (Edward Anthony Richard Louis, nasceu a 10 de março de 1964) casou em 1999 com Sophie Helen Rhys-Jones.
Lady Louise Windsor nasceu a 8 de novembro de 2003.
 James Windsor, Visconde Severn nasceu a 17 de dezembro de 2007
Rainha Elizabeth II uma vida, uma história
PUBLICADO digitalblueradio às 11:33 | LINK DO POST
tags:
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
Perfeito. Me sinto da mesma forma. Parece que desc...
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
Que feio!Foi no meu blog, pegou meu texto, modific...
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
subscrever feeds
SAPO Blogs