O MELHOR DE TODOS OS TEMPOS

Artur Garcia, nasceu a 15 de Abril de 1937, na popular freguesia de Alcântara. 
Perto dos 20 anos e enquanto trabalhava como empregado de balcão  entra no Centro de Preparação dos Artistas da Rádio. 
Prestou provas e ficou apurado logo à primeira. 
Artur Garcia tem  uma história curiosa de segundos lugares em Festivais RTP da Canção: Ficou em segundo no ano de Oração, de Calvário, em segundo ficou no Festival que deu a vitória, a O Vento Mudou (Oiçam...), de Eduardo Nascimento e pelo segundo se ficou no ano que consagra Sol de Inverno, de Simone de Oliveira. 

No teatro estreou-se em 1965 no Maria Vitória, na revista Todos ao Mesmo, com Camilo de Oliveira. 
Fará depois carreira no ABC. 
Inicia a sua carreira na televisão na opereta Romance na Serra, seguindo-se-lhe O Pátio dos Milagres, com Simone de Oliveira e em O Kim, baseado numa peça de Alexandre Dumas, onde interpretava o papel de um rapaz de 14 anos.
Mais tarde interrompe a carreira e torna-se proprietário de uma discoteca, e anos mais tarde dedica-se á uma loja de discos, mas voltará aos palcos do teatro e da música.
Artur Garcia da Silva, que nasceu no bairro Lisboeta de Alcântara.
Em 1967, é eleito Rei da Rádio, façanha que repetiu no ano seguinte. 
Artur Garcia conquistou um lugar cimeiro na canção ligeira portuguesa dos anos sessenta.
Intérprete de canções como A Cidade ao Sol, O Homem do Leme, Sonhando Contigo, Como o Tempo Passa e Olhos de Veludo. 
 Marcos principais da carreira:

1951 Começa a cantar como amador.
1956 Ingressa no Centro de Preparação de Artistas da Rádio.
1964 Participa no l9 Grande Prémio TV (depois Festival RTP da Canção), ganho por António Calvário.
1965 Estreia-se como actor na revista Todos ao Mesmo, no Teatro Maria Vitória. É, também, atracção no Teatro ABC. Conquista o segundo lugar no Grande Prémio TV, com a canção Amor. Venceu Simone de Oliveira com Sol de Inverno.
1967 É eleito Rei da Rádio. Vence o Festival de Aranda del Duero.
Recebe o Prémio da Imprensa em Moçambique.
1968 Vence o primeiro Prémio do Festival da Figueira da Foz, êxito que alcançou por duas vezes com as canções Olhos de Veludo e Homem do Leme. Volta a ser eleito Rei da Rádio.
1969 É eleito Príncipe do Espectáculo.
1977 Realiza uma digressão pelos Estados Unidos e Canadá ao lado de Amália Rodrigues.

PUBLICADO digitalblueradio às 22:05 | LINK DO POST
QUEM SOU EU
PESQUISAR NO BLOG
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
COMENTÁRIOS
31994042009
Perfeito. Me sinto da mesma forma. Parece que desc...
acho que deve ser respeitada... http://www.goiasc...
vc que é de maior tem face e whatsaap vem encontra...
a discografia tem um ep com o titulo errado, onde ...
Armando Gama fomos contemporâneos no Salvador Corr...
A juventude nos leva a caminhos ruins , e procuram...
A primeira fotografia é da Praça Marquês de Pombal...
Eu gosto de ti Beto adorei cd foi muito bom ele é ...
GANHA MENSALMENTE COMO PRESIDENTE DA COMISSÃO EURO...
MAIS COMENTADOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
COMENTÁRIOS
SAPO Blogs